Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.689,31
    +983,41 (+0,81%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.194,79
    +365,48 (+0,75%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,40
    +1,58 (+2,48%)
     
  • OURO

    1.843,10
    +19,10 (+1,05%)
     
  • BTC-USD

    50.241,46
    +1.403,30 (+2,87%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.406,56
    +48,00 (+3,53%)
     
  • S&P500

    4.173,82
    +61,32 (+1,49%)
     
  • DOW JONES

    34.382,07
    +360,62 (+1,06%)
     
  • FTSE

    7.043,61
    +80,28 (+1,15%)
     
  • HANG SENG

    28.027,57
    +308,90 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.418,25
    +318,00 (+2,43%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3997
    -0,0128 (-0,20%)
     

Wall St encerra em queda após Fed manter juros

Noel Randewich e Shreyashi Sanyal
·2 minuto de leitura
Placa com sinalização de Wall Street. 09/03/2020. REUTERS/Carlo Allegri.

Por Noel Randewich e Shreyashi Sanyal

(Reuters) - Wall Street encerrou em baixa nesta quarta-feira, após o Federal Reserve (Fed, banco central dos Estados Unidos) manter as taxas de juros e seu programa mensal de compra de títulos ​​e não dar nenhum sinal de que está pronto para reduzir seu apoio à recuperação econômica.

Apesar da melhora da economia, o Fed reiterou a diretriz que vem utilizando desde dezembro, mencionando que deve enxergar "um progresso substancial" em direção a suas metas de inflação e emprego antes de reduzir suas compras mensais de títulos.

"O Fed ressaltou que ainda há muitas incertezas. Nesse tipo de cenário, com a inflação sendo transitória, eles continuarão a ser pé de chumbo em termos de mudanças na política monetária", disse Kevin Flanagan, estrategista-chefe de renda fixa da WisdomTree Fundos.

O S&P 500 ainda chegou a bater uma máxima recorde intradiária após o chair do Fed, Jerome Powell, afirmar em entrevista coletiva que não era "ainda a hora" de discutir redução do apoio do Fed à economia em recuperação.

O presidente dos EUA, Joe Biden, deve anunciar um pacote abrangente de 1,8 trilhão de dólares para famílias e educação em seu primeiro discurso conjunto no Congresso nesta quarta-feira, afirmaram funcionários do alto escalão da Casa Branca.

A Alphabet Inc, holding que controla o Google, teve alta de 2,9% e encerrou em uma máxima recorde, depois de anunciar na terça-feira lucro recorde pelo segundo trimestre consecutivo e recompra de ações no valor de 50 bilhões de dólares.

No pregão estendido, as ações do Facebook saltavam quase 6%, depois que a companhia de mídia social registrou receita trimestral com folga acima das expectativas dos analistas.

Os papéis da Apple subiam 4% no pós-mercado, na esteira da divulgação de seu balanço trimestral.

O índice Dow Jones caiu 0,48%, a 33.820 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,084553%, a 4.183 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 0,28%, a 14.051 pontos.