Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.202,23
    +2.512,05 (+2,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.342,54
    +338,35 (+0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,28
    +2,45 (+3,84%)
     
  • OURO

    1.698,20
    -2,50 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    50.687,22
    +3.106,65 (+6,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    982,93
    +39,75 (+4,21%)
     
  • S&P500

    3.841,94
    +73,47 (+1,95%)
     
  • DOW JONES

    31.496,30
    +572,16 (+1,85%)
     
  • FTSE

    6.630,52
    -20,36 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    29.098,29
    -138,50 (-0,47%)
     
  • NIKKEI

    28.864,32
    -65,78 (-0,23%)
     
  • NASDAQ

    12.652,50
    +197,50 (+1,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7780
    -0,0079 (-0,12%)
     

S&P 500 e Nasdaq têm maior ganho semanal desde o início de novembro

Caroline Valetkevitch
·1 minuto de leitura
Escultura "A Garota Destemida" é vista em frente à Bolsa de Nova York durante uma tempestade de neve na cidade de Nova York, EUA

Por Caroline Valetkevitch

(Reuters) - Os mercados acionários dos Estados Unidos subiram nesta sexta-feira e os índices S&P e Nasdaq registraram seus maiores ganhos percentuais semanais desde as eleições norte-americanas, no início de novembro, impulsionados pelo otimismo com balanços trimestrais, tratativas acerca de um estímulo nos EUA e progresso na distribuição de vacinas.

O S&P 500 subiu pela quinta sessão consecutiva em sua mais longa sequência de ganhos desde agosto. O índice de referência e o Nasdaq registraram máximas recordes de fechamento pelo segundo dia.

Segundo dados preliminares, o Dow Jones subiu 0,28%, para 31.143,31 pontos, o S&P 500 ganhou 0,39%, para 3.886,8 pontos, e o Nasdaq teve alta de 0,57%, para 13.856,30 pontos.