Mercado fechará em 6 h 47 min
  • BOVESPA

    119.646,40
    -989,99 (-0,82%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.125,71
    -369,70 (-0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    53,06
    -0,25 (-0,47%)
     
  • OURO

    1.870,30
    +3,80 (+0,20%)
     
  • BTC-USD

    31.701,76
    -1.800,34 (-5,37%)
     
  • CMC Crypto 200

    628,80
    -71,82 (-10,25%)
     
  • S&P500

    3.851,85
    +52,94 (+1,39%)
     
  • DOW JONES

    31.188,38
    +257,86 (+0,83%)
     
  • FTSE

    6.753,10
    +12,71 (+0,19%)
     
  • HANG SENG

    29.927,76
    -34,71 (-0,12%)
     
  • NIKKEI

    28.756,86
    +233,60 (+0,82%)
     
  • NASDAQ

    13.352,25
    +58,00 (+0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3694
    -0,0386 (-0,60%)
     

S&P 500 e Nasdaq avançam com balanços de empresas de tecnologia

Por April Joyner
.

Por April Joyner

NOVA YORK (Reuters) - O S&P 500 e o Nasdaq avançaram nesta quinta-feira, após fortes balanços trimestrais de diversas empresas de tecnologia, incluindo a Microsoft <MSFT.O>, mas resultados fracos da 3M <MMM.N> derrubaram o índice Dow Jones.

O Dow Jones <.DJI> teve queda de 0,11%, 26.805,53 pontos, enquanto o S&P 500 <.SPX> avançou 0,19%, para 3.010,29 pontos, e o Nasdaq Composto <.IXIC> subiu 0,81%, para 8.185,80 pontos.

As ações da Microsoft registraram ganho de 2,0%, conforme o panorama da gigante da tecnologia para seus serviços em nuvem superou as expectativas de analistas, enquanto as ações da PayPal <PYPL.O> subiram 8,6% devido à forte estimativa da empresa de pagamentos para seus lucros anuais. Microsoft e PayPal foram as principais influências de alta no S&P 500 e no Nasdaq.

Por outro lado, as ações da 3M cederam após o conglomerado industrial não atingir sua estimativa de vendas no terceiro trimestre e reduzir sua previsão de lucro anual. As vendas da companhia nos Estados Unidos recuaram em 1,1%, enquanto a comercialização na Ásia-Pacífico cedeu 5%, na esteira de uma desaceleração na produção industrial.

Os resultados corporativos tiveram forte influência sobre a direção dos principais índices de Wall Street nesta semana. Mais de 80% das 168 empresas do S&P 500 que já divulgaram seus balanços apresentaram resultados acima das expectativas, de acordo com dados da Refinitv.

Ainda assim, a temporada de balanços também refletiu sinais de vulnerabilidade econômica, disse John Carey, diretor-gerente da Amundi Pioneer Asset Management.

"No geral, os relatórios de lucros sustentaram uma visão de que a economia está desacelerando", disse.

Os resultados da 3M, em particular, apontaram para as contínuas consequências da guerra comercial entre EUA e China, disse J.J. Kinahan, estrategista-chefe de mercado da TD Ameritrade.

"Nos mostra que a situação tarifária continua sendo uma grande preocupação para empresas no que diz respeito a como elas gastam seu dinheiro", afirmou.

(Reportagem de April Joyner, com reportagem adicional de Shreyashi Sanyal e Arjun Panchadar em Bengaluru)