Mercado fechará em 4 h 46 min
  • BOVESPA

    131.058,93
    +1.617,90 (+1,25%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.141,19
    -145,27 (-0,28%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,57
    +0,66 (+0,93%)
     
  • OURO

    1.867,90
    -11,70 (-0,62%)
     
  • BTC-USD

    40.487,56
    +4.498,12 (+12,50%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.006,20
    +37,36 (+3,86%)
     
  • S&P500

    4.239,64
    -7,80 (-0,18%)
     
  • DOW JONES

    34.304,63
    -174,97 (-0,51%)
     
  • FTSE

    7.169,01
    +34,95 (+0,49%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    14.018,00
    +23,75 (+0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1315
    -0,0611 (-0,99%)
     

Apple e Tesla impulsionam Nasdaq; inflação segue em foco

·1 minuto de leitura
Bolsa de valores de Nova York, EUA

Por Ambar Warrick e Shashank Nayar

(Reuters) - A Apple fornecia o maior impulso para o Nasdaq nesta terça-feira, após uma reportagem afirmar que a empresa está em negociações com fornecedores de baterias sobre seu veículo elétrico, enquanto os índices S&P 500 e Dow Jones tinham pouca movimentação antes de dados importantes de inflação desta semana.

As ações da fabricante do iPhone saltavam 1,9% depois que fontes disseram à Reuters que a empresa está em negociações iniciais com as chinesas CATL e BYD sobre o fornecimento de baterias para seu planejado veículo elétrico.

A Tesla também estava entre os principais impulsos para o Nasdaq, depois que as vendas de seus veículos elétricos fabricados na China aumentaram 29% em maio em relação ao mês anterior, segundo dados.

As gigantes da tecnologia registravam alta, com Alphabet, Amazon e Netflix subindo entre 0,4% e 1,2%.

Ainda assim, Wall Street parece ter caído numa calmaria esta semana, tendo mudado pouco na segunda-feira depois de atingir máximas recordes no mês passado em meio a uma temporada de balanços fortes.

Os investidores estão agora à espera de mais pistas sobre um possível aperto monetário pelo Federal Reserve. Na quinta-feira, serão divulgados dados sobre a inflação norte-americana, com a expectativa de uma leitura forte.

Às 11:31 (horário de Brasília), o índice Dow Jones caía 0,19%, a 34.563 pontos, enquanto o S&P 500 perdia 0,043771%, a 4.225 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 0,35%, a 13.930 pontos.