Mercado fechado

S&P 500 e Dow Jones batem novas máximas com queda em novos casos de coronavírus

Por Medha Singh

Por Medha Singh

(Reuters) - Os índices S&P 500 e Dow Jones atingiram níveis máximos históricos nesta quarta-feira, com investidores recebendo algum conforto da queda no número de novos casos de infecções por coronavírus na China.

A China divulgou nesta quarta-feira o menor número de novos casos de coronavírus desde janeiro, o que reforça a previsão de seu principal assessor médico de que o surto terminará em abril.

No entanto, ainda não está claro até que ponto o crescimento econômico seria afetado pelo vírus, que matou mais de 1.100 pessoas, interrompeu negócios na China e brevemente abalou o rali dos mercados de ações nas últimas semanas.

"As estimativas para o impacto na economia chinesa são muito amplas, mas principalmente há otimismo de que o impacto na economia dos EUA será mínimo", disse Randy Frederick, vice-presidente de operações e derivativos da Charles Schwab em Austin, Texas.

"Em última análise, se a taxa de crescimento da contagem de casos continuar lenta, esse otimismo continuará."

Na terça-feira, S&P 500 e Nasdaq alcançaram recordes históricos de fechamento.

Às 12:54 (horário de Brasília), o índice Dow Jones subia 0,67%, a 29.472 pontos, enquanto o S&P 500 ganhava 0,452982%, a 3.373 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 0,44%, a 9.681 pontos.