Mercado abrirá em 7 h 24 min
  • BOVESPA

    129.264,96
    +859,61 (+0,67%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.315,69
    -3,88 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,63
    -0,03 (-0,04%)
     
  • OURO

    1.781,40
    -1,50 (-0,08%)
     
  • BTC-USD

    32.613,43
    -1.468,22 (-4,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    783,24
    -67,10 (-7,89%)
     
  • S&P500

    4.224,79
    +58,34 (+1,40%)
     
  • DOW JONES

    33.876,97
    +586,89 (+1,76%)
     
  • FTSE

    7.062,29
    +44,82 (+0,64%)
     
  • HANG SENG

    28.467,77
    -21,23 (-0,07%)
     
  • NIKKEI

    28.842,94
    +832,01 (+2,97%)
     
  • NASDAQ

    14.137,25
    +7,25 (+0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9709
    -0,0044 (-0,07%)
     

S&P 500 e Dow Jones recuam com receios sobre pandemia ofuscando euforia com tecnologia

·2 minuto de leitura

Por Medha Singh e Devik Jain

(Reuters) - Os índices S&P 500 e o Dow Jones apagavam os ganhos iniciais nesta sexta-feira, visto que preocupações com danos econômicos da pandemia de Covid-19 substituíam euforia inicial gerada por impressionantes balanços trimestrais de Apple, Amazon.com e Facebook.

Apple saltava 6,4%, com ganhos na receita na base anual em todas as categorias e regiões.

Amazon.com subia 4,4% depois de registrar o maior lucro em 26 anos de história, enquanto Facebook ganhava 7,7% após informar receita maior do que a esperada.

Por outro lado, Alphabet, controladora do Google, caía 4,2%, com as vendas trimestrais em queda pela primeira vez em seus 16 anos como empresa listada em bolsa.

Investidores que apostam em mais estímulos do governo norte-americano, antes que um benefício federal de 600 dólares por semana expire nesta sexta-feira, também ficaram decepcionados com a pausa do Senado no fim de semana e o retorno na segunda-feira.

"Há um pouco de ponderação entre os aspectos positivos e negativos, uma avalanche de balanços fortes no setor de tecnologia e a dificuldade no Congresso para tentar aprovar o pacote de estímulo contra Covid-19", disse Dan Eye, chefe de alocação de ativos e pesquisa de patrimônio no Fort Pitt Capital Group em Harrisburg, Pensilvânia.

Um aumento no preço das ações dos titãs de tecnologia, que representam quase um quinto do valor do S&P 500, e agressivo estímulo fiscal e monetário fizeram com que o Nasdaq --que tem forte peso de papéis de tecnologia-- batesse recordes e colocava o S&P 500 a caminho do quarto ganho mensal consecutivo.

Agora, o S&P 500 está cerca de 4% abaixo da máxima recorde alcançada em fevereiro, mas dados macroeconômicos fracos e casos crescentes de Covid-19 estão deixando investidores novamente cautelosos.

Dados na quinta-feira confirmaram a maior contração do PIB dos EUA desde a Grande Depressão, enquanto os crescentes pedidos de auxílio-desemprego sugeriram que a recuperação no mercado de trabalho está estagnando.

Às 12:23 (horário de Brasília), o índice Dow Jones caía 0,28%, a 26.241 pontos, enquanto o S&P 500 perdia 0,184522%, a 3.240 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 0,83%, a 10.676 pontos.

(Reportagem de Medha Singh e Devik Jain)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos