Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +413,26 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,07
    -0,39 (-0,61%)
     
  • OURO

    1.777,30
    +10,50 (+0,59%)
     
  • BTC-USD

    62.024,96
    -1.679,06 (-2,64%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,97
    +7,26 (+0,52%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,68 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.969,71
    +176,57 (+0,61%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,68 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    14.024,00
    +10,00 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6872
    -0,0339 (-0,50%)
     

S&P 500 cai, mas segue perto de recordes

Chuck Mikolajczak
·1 minuto de leitura
Bolsa de Nova York

Por Chuck Mikolajczak

NOVA YORK (Reuters) - O índice S&P 500 caiu nesta terça-feira, mas permaneceu próximo de recordes marcados nas últimas sessões, com investidores ponderando dados econômicos norte-americanos mais fortes e nervosismo sobre os balanços corporativos por vir.

As vagas de emprego nos Estados Unidos aumentaram em fevereiro para uma máxima em dois anos, enquanto as contratações cresceram. Os dados vieram na esteira do forte relatório de geração de postos de trabalho divulgado na sexta-feira e de um dado na segunda-feira mostrando que a atividade no setor de serviços atingiu um recorde em março.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) elevou sua previsão de crescimento global de 5,5% para 6% neste ano, taxa não vista desde os anos 1970.

Mas, com a próxima temporada de balanços devendo mostrar crescimento nos lucros das empresas do S&P 500 de 24,2% em relação a um ano antes, de acordo com dados da Refinitiv, investidores podem estar esperando para ver o quão fortes os resultados realmente serão.

"A grande questão sem resposta é o quão aberta a economia está agora e quantas pessoas estão lá fora", disse Stephen Massocca, vice-presidente sênior da Wedbush Securities em San Francisco.

O índice Dow Jones caiu 0,29%, a 33.430 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,097354%, a 4.074 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 0,05%, a 13.698 pontos.