Mercado abrirá em 3 h 49 min

Wall Street renova recordes; S&P 500 tem 5ª semana seguida de altas

Por Caroline Valetkevitch
.

Por Caroline Valetkevitch

NOVA YORK (Reuters) - Os três principais índices acionários dos Estados Unidos renovaram máximas recordes de fechamento nesta sexta-feira, com o S&P 500 registrando sua quinta semana seguida de ganhos, à medida que investidores deixaram de lado dúvidas sobre o progresso nas negociações comerciais entre EUA e China e as ações da Walt Disney avançaram.

O Dow Jones teve alta de 0,02%, a 27.681 pontos, enquanto o S&P 500 subiu 0,26%, para 3.093 pontos, e o Nasdaq avançou 0,48%, a 8.475 pontos.

Na semana, o S&P 500 teve ganho de 0,8%. O Nasdaq subiu 1,1%, em sua sexta semana seguida de alta, e o Dow avançou 1,2%.

Dúvidas sobre os avanços comerciais ressurgiram no início do dia, quando o presidente norte-americano, Donald Trump, disse a repórteres na Casa Branca que não concordou em reverter tarifas impostas à China.

Na quinta-feira, autoridades de ambos os países haviam dito que EUA e China haviam chegado a um acordo para retirar tarifas retaliatórias.

Tim Ghriskey, estrategista-chefe de investimentos do Inverness Counsel, afirmou que embora inicialmente tenha se mostrado volátil devido à fala de Trump, o mercado conseguiu se recuperar e avançar.

"O sentimento agora é de que até o final do ano veremos algum tipo de acordo", disse Ghriskey, mesmo que seja um acerto parcial.

O índice de volatilidade da Cboe registrou seu menor nível de fechamento desde 24 de julho.

Ajudando a alavancar o S&P 500, a Walt Disney ganhou 3,8% um dia após divulgar seu balanço trimestral, que mostrou que a empresa gastou menos que o projetado em seu serviço de streaming online, o Disney+. Os populares parques temáticos da Disney e o remake de "O Rei Leão" impulsionaram suas receitas.

(Reportagem de Caroline Valetkevitch, com reportagem adicional de Arjun Panchadar e Agamoni Ghosh)