Mercado fechará em 3 h 8 min
  • BOVESPA

    115.850,25
    -613,81 (-0,53%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.130,68
    -922,88 (-2,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    53,02
    +0,41 (+0,78%)
     
  • OURO

    1.843,80
    -7,10 (-0,38%)
     
  • BTC-USD

    30.396,76
    -633,51 (-2,04%)
     
  • CMC Crypto 200

    614,08
    -25,84 (-4,04%)
     
  • S&P500

    3.806,98
    -42,64 (-1,11%)
     
  • DOW JONES

    30.608,22
    -328,82 (-1,06%)
     
  • FTSE

    6.553,89
    -100,12 (-1,50%)
     
  • HANG SENG

    29.297,53
    -93,73 (-0,32%)
     
  • NIKKEI

    28.635,21
    +89,03 (+0,31%)
     
  • NASDAQ

    13.347,00
    -138,50 (-1,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5328
    +0,0220 (+0,34%)
     

Oxford Economics vê recuperação em duas velocidades na zona do euro

Dow Jones Newswires
·1 minuto de leitura

Alemanha apresentou pacote de estímulos “considerável”, mas outros países estão atrasados É provável que haja uma recuperação econômica em duas velocidades na zona do euro, liderada pela Alemanha, disse nesta sexta-feira Rosie Colthorpe, economista da Oxford Economics para a Europa. A Alemanha deu uma forte resposta inicial com um “pacote de estímulos considerável e abrangente” para dar suporte à economia, enquanto as outras quatro grandes economias estão atrasadas. Krisztian Bocsi/Bloomberg Ainda segundo Colthorpe, os planos orçamentários da união monetária continuam desiguais, apesar de menos desequilibrados do que a Oxford Economics receava inicialmente. “Os dados preliminares sugerem grandes diferenças na rapidez e extensão dos pacotes de suporte que foram implementados”, afirmou, acrescentando que essas diferenças irão se refletir no prolongamento das contrações econômicas. “Estas diferenças apenas reforçam a necessidade de acordo em relação a uma resposta fiscal comum significativa, o fundo de recuperação da União Europeia”, concluiu.