Mercado abrirá em 1 h 45 min
  • BOVESPA

    113.430,54
    +1.157,53 (+1,03%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.564,27
    +42,84 (+0,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,85
    -0,02 (-0,03%)
     
  • OURO

    1.940,50
    -4,80 (-0,25%)
     
  • BTC-USD

    23.018,68
    +142,12 (+0,62%)
     
  • CMC Crypto 200

    524,33
    +5,54 (+1,07%)
     
  • S&P500

    4.076,60
    +58,83 (+1,46%)
     
  • DOW JONES

    34.086,04
    +368,95 (+1,09%)
     
  • FTSE

    7.779,29
    +7,59 (+0,10%)
     
  • HANG SENG

    22.072,18
    +229,85 (+1,05%)
     
  • NIKKEI

    27.346,88
    +19,77 (+0,07%)
     
  • NASDAQ

    12.118,25
    -33,75 (-0,28%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5290
    +0,0134 (+0,24%)
     

Outlook e Microsoft Teams saem do ar durante a madrugada de quarta (25)

O Outlook e o Microsoft Teams enfrentaram uma grave instabilidade nesta quarta (25), relatam usuários. Por volta das 4h30 (horário de Brasília), os serviços ficaram inacessíveis por boa parte dos consumidores, interferindo significativamente no fluxo de trabalho de empresas que dependem dos serviços do ecossistema Microsoft 365.

Assim que as queixas começaram a se acumular, a Microsoft se manifestou e reportou o problema. "Estamos investigando um problema que está impactando múltiplos serviços do Microsoft 365", comunicou a companhia.

Ainda segundo o comunicado, a instabilidade afetava os serviços Microsoft Teams, Exchange Online, Outlook, SharePoint Online, OneDrive for Business, Microsoft Graph, PowerBi e Microsoft 365 Admin Center. Contudo, o erro pode ter impactado de forma diferente em cada região.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Através do perfil oficial Microsoft 365 Status do Twitter, a empresa afirmou que "desfez uma alteração de rede que deve ter causado o problema". Aparentemente, a solução surtiu efeito e os usuários conseguiram voltar a acessar as plataformas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: