Ouro fecha semana em baixa com realização de lucro

Os contratos futuros de ouro negociados na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), fecharam em baixa nesta sexta-feira e encerraram a semana em forte queda, com dados econômicos positivos e a chegada do feriado de uma semana do Ano Novo Lunar chinês levando à realização de lucros pelos investidores.

O contrato de ouro mais negociado, com entrega para abril, perdeu US$ 4,40 (0,26%), fechando a US$ 1.666,90 a onça-troy. Na semana, os preços caíram 0,2%. O volume de negociação já está bem menor devido ao feriado chinês.

A demanda pelo metal precioso tem sido prejudicada por sinais de aceleração na recuperação econômica global, o que aumenta o apelo de ativos de maior risco. Os mercados de ação estão em alta e a economia da China parece estar se recuperando.

Dentre os indicadores positivos desta sexta-feira está o resultado do déficit comercial dos Estados Unidos, que sofreu uma queda mais intensa do que se previa em dezembro, para US$ 38,54 bilhões, segundo divulgou nesta sexta o Departamento do Comércio. O dado veio bem abaixo da estimativa de analistas consultados pela Dow Jones, que previam déficit de US$ 45,5 bilhões.

Na China, o ânimo veio com o superávit comercial da China, que diminuiu ligeiramente em janeiro, para US$ 29,2 bilhões, de US$ 31,6 bilhões em dezembro, mas superou a previsão média de US$ 26,6 bilhões de 18 economistas entrevistados pela Dow Jones.

As exportações aumentaram 25,0% em janeiro em relação ao mês igual do ano anterior, mostraram os dados da Administração Geral de Alfândegas nesta sexta-feira. O resultado foi maior que o aumento de 14,1% de dezembro e a previsão médias dos economistas de 17,7%. As importações subiram 28,8%, mais de que os 6,0% de dezembro e acima da previsão média dos economistas de 21,4%. O país é o maior consumidor mundial de metais industriais.

Os dados levaram os investidores aos mercados acionários. "O ouro está sem apoio estrutural no momento", disse um analista do Barclays. As informações são da Dow Jones.

Carregando...