Ouro fecha no menor nível desde agosto

Os contratos futuros de ouro negociados na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), fecharam no menor nível desde agosto. Os preços foram pressionados pelo recuo do euro ante o dólar e a expectativa pela reunião do G-20, na sexta-feira, que pode dar alguma indicação sobre política cambial.

O contrato de ouro mais negociado, com entrega para abril, perdeu US$ 4,50 (0,27%), fechando a US$ 1.645,10 a onça-troy, menor nível desde 22 de agosto.

A queda do euro ante o dólar motivou os investidores a realizarem lucros, após uma sessão volátil. A moeda europeia caiu a US$ 1,3453 depois de tocar altas de US$ 1,3520 ao longo do dia. O ouro se torna mais caro para compradores europeus quando o euro perde terreno ante o dólar, o que os motiva a vender o metal precioso.

A expectativa pela reunião do G-20 também pressionou o ouro. Os investidores aguardam um direcionamento sobre o câmbio, uma vez que proliferam declarações das mais variadas sobre a chamada guerra cambial.

Na semana passada, o presidente francês, François Hollande, subiu o tom e defendeu a criação de uma política cambial para a zona do euro, de forma a conter oscilações e evitar que um euro forte anule os esforços de tornar as economias locais mais competitivas. Foi então que os investidores voltaram a atenção para as palavras do presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi. Ele afirmou que a alta do euro poderia afetar a perspectiva de inflação na zona do euro. As informações são da Dow Jones.

Carregando...