Mercado abrirá em 2 h 23 min
  • BOVESPA

    120.933,78
    -180,15 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.072,62
    -654,36 (-1,34%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,00
    +0,62 (+0,98%)
     
  • OURO

    1.768,50
    -2,10 (-0,12%)
     
  • BTC-USD

    55.910,04
    -1.148,60 (-2,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.263,31
    -35,65 (-2,74%)
     
  • S&P500

    4.163,26
    -22,21 (-0,53%)
     
  • DOW JONES

    34.077,63
    -123,04 (-0,36%)
     
  • FTSE

    6.933,88
    -66,20 (-0,95%)
     
  • HANG SENG

    29.135,73
    +29,58 (+0,10%)
     
  • NIKKEI

    29.100,38
    -584,99 (-1,97%)
     
  • NASDAQ

    13.838,00
    -59,25 (-0,43%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6842
    +0,0085 (+0,13%)
     

Ouça o primeiro áudio do Perseverance se deslocando na superfície de Marte

Wyllian Torres
·2 minuto de leitura

Desde que pousou na cratera Jezero, em fevereiro deste ano, o rover Perseverance tem feito uma série de testes em Marte, certificando-se de que tudo está funcionando como o planejado para, então, iniciar a coleta e análise de amostras. Até o momento, o rover já enviou para a Terra os primeiros sons capturados no Planeta Vermelho e imagens em alta definição. A da vez novidade, divulgada ontem (17) pela NASA, é o registro em áudio das rodas do rover sobre as rochas marcianas enquanto se deslocava.

O registro do Perseverance foi feito no último dia 7 de março acionando suas seis rodas metálicas. O engenheiro sênior do Laboratório de Propulsão a Jato (JPL), Vandi Verma, diz que muitas pessoas, quando veem as imagens do rover, não apreciam o fato de as rodas serem de metal. “Quando você está dirigindo com essas rodas sobre pedras, é realmente muito barulhento", explica Verma sobre o ruído presente no registro. Confira:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

NASA · Sounds of Perseverance Mars Rover Driving – Sol 16 (90-second highlights)

O rover possui dois microfones. O primeiro faz parte do equipamento SuperCam que, recentemente, enviou o som do vento marciano e o barulho do laser pulverizando a rocha, mostrando sua grande potência. O segundo é o microfone de entrada, descida e aterrissagem (EDL, siga em inglês), foi o responsável por gravar cerca de 16 minutos de áudio enquanto o Perseverance percorria um trecho de 27,3 metros — de um total de 45 quilômetros da cratera Jezero —, no dia 7 de março.

Esta é a primeira vez que um robô captura e envia para Terra um áudio direto da superfície marciana. Até então, só havia registros de som baseados em sensores — como é o caso da sonda InSight, que é estacionária e vem estudando os "martemotos" — equivalentes aos terremotos em nosso planeta. Os microfones do rover Perseverance nos brindam uma nova maneira de explorar o planeta Marte e também servem como monitores sobre a performance do rover.

Trecho percorrido pelo Perseverance enquanto o som era registrado. A imagem foi capturada no dia 7 de março — ou o Sol 16, como se contam os dias por lá (Imagem: Reprodução/NASA/JPL-Caltech)
Trecho percorrido pelo Perseverance enquanto o som era registrado. A imagem foi capturada no dia 7 de março — ou o Sol 16, como se contam os dias por lá (Imagem: Reprodução/NASA/JPL-Caltech)

A próxima etapa da missão é fazer um voo de teste com o helicóptero Ingenuity, que viajou para Marte acoplado ao Perseverance — a equipe pretende registrar o voo com as MastCam-Z, do rover. Nada impede que os sons capturados nesse processo possam ser usados com as imagens, proporcionando uma experiência mais completa de algo tão inédito. De todo modo, falta pouco para o rover se dedicar 100% à procura por sinais de vida no passado distante de Marte.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: