Otimismo das pequenas empresas nos EUA sobe

O índice de confiança das pequenas empresas dos Estados Unidos, medido pela Federação Nacional de Empresas Independentes (NFIB, na sigla em inglês), subiu para 88,9 em janeiro, de 88,0 em dezembro. Mesmo assim, o índice permaneceu perto do menor nível nos 38 anos de história dessa pesquisa.

Entre os subíndices, os maiores ganhos foram observados na tendência de lucros, de vendas esperadas e de condições empresariais esperadas. A leitura da tendência de lucros subiu três pontos porcentuais, para -26% em janeiro, e o resultado das vendas esperadas avançou um ponto porcentual, para -1%. Já o subíndice de expectativas para as condições empresariais ganhou cinco pontos porcentuais, para -30%. Mesmo assim, os números negativos significam que mais proprietários de empresas têm visões negativas sobre esses tópicos do que aqueles com análises positivas.

Segundo a NFIB, as pequenas empresas estão gradualmente aumentando sua demanda por mão de obra. O subíndice de novos empregos subiu dois pontos porcentuais em janeiro, para 3%, enquanto o subíndice de vagas abertas difíceis de preencher aumentou dois pontos porcentuais, para 18%. No mês passado, os proprietários de pequenas empresas reportaram uma contratação média de 0,09 funcionário, ante uma contratação de 0,03 funcionário em dezembro. As informações são da Dow Jones.

Carregando...