Mercado fechado

Otimismo comercial impulsiona S&P e Nasdaq para máximas recordes

Por Arjun Panchadar

Por Arjun Panchadar

(Reuters) - As ações da Apple e de semicondutores elevavam os índices S&P 500 e Nasdaq para máximas recordes nesta segunda-feira, após uma notícia sinalizar que os Estados Unidos e a China estão se aproximando de uma trégua comercial, com o sentimento também elevado por uma série de mega acordos.

Às 13:18 (horário de Brasília), o índice Dow Jones subia 0,42%, a 27.993 pontos, enquanto o S&P 500 ganhava 0,588048%, a 3.129 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 1,16%, a 8.619 pontos.

A Apple subia 1,3% e era o maior impulso para todos os três principais índices.

A Intel Corp e a Applied Materials, sensíveis ao comércio, ajudavam a elevar o índice da Philadelphia em 2,1%, após um tablóide chinês apoiado pelo Estado dizer que Pequim e Washington estão "muito perto" de um pacto inicial.

Isso elevou o otimismo decorrente dos comentários feitos por um alto funcionário dos EUA no final de semana de que um acordo ainda era possível até o final do ano, dissipando os temores de que as negociações possam se arrastar até 2020.

Em fusões e aquisições, a Tiffany saltava 6,2% depois que a joalheria de luxo concordou fechou um acordo de 16,2 bilhões com a francesa LVMH.