Mercado abrirá em 4 h 21 min
  • BOVESPA

    122.937,87
    +1.057,05 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.371,98
    +152,72 (+0,31%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,73
    +0,46 (+0,69%)
     
  • OURO

    1.869,20
    +1,60 (+0,09%)
     
  • BTC-USD

    45.298,44
    -97,16 (-0,21%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.259,71
    +61,79 (+5,16%)
     
  • S&P500

    4.163,29
    -10,56 (-0,25%)
     
  • DOW JONES

    34.327,79
    -54,34 (-0,16%)
     
  • FTSE

    7.064,53
    +31,68 (+0,45%)
     
  • HANG SENG

    28.593,81
    +399,72 (+1,42%)
     
  • NIKKEI

    28.406,84
    +582,01 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    13.403,50
    +100,00 (+0,75%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4277
    +0,0178 (+0,28%)
     

Oscar 2021 | Onde assistir aos vencedores

Beatriz Vaccari
·9 minuto de leitura

A 93ª edição do Oscar foi, sem dúvidas, única: além de acontecer três meses após o previsto e com poucos convidados, o evento ainda contou com muita diversidade entre os indicados e principalmente entre os premiados. Surpreendendo nas categorias de atuação, com Youn Yuh-Jung sendo a primeira mulher sul-coreana a ganhar uma estatueta de Melhor Atriz Coadjuvante por Minari e seguindo para as técnicas, com Mia Neal e Jamika Wilson, de A Voz Suprema do Blues, fazendo história como as primeiras mulheres negras a vencerem o Oscar de Melhor Cabelo e Maquiagem.

Chloé Zhao também entrou para a história com Nomadland, tornando-se a segunda mulher e a primeira asiática em 93 edições do prêmio a levar a categoria de Melhor Direção. Além disso, o longa também rendeu o terceiro Oscar para Frances McDormand, que agora é uma das atrizes mais premiadas da história da Academia, empatada apenas com Meryl Streep e Ingrid Bergman e atrás de Katherine Hepburn, que tem 4 vitórias.

Agora que o evento passou, é hora de riscar da lista os principais vencedores e assistir aos filmes que não deu tempo de maratonar antes da entrega de prêmios. Pensando nisso, o Canaltech listou todos os premiados e indicou onde cada um está disponível para assistir. Agora é só escolher o que você deseja e ter uma boa sessão!

Nomadland

(Imagem: Divulgação / Searchlight Pictures)
(Imagem: Divulgação / Searchlight Pictures)

O grande destaque da noite foi Nomadland, que levou para casa três estatuetas, as maiores da noite: Melhor Filme, Melhor Atriz para Frances McDormand e Melhor Direção para Chloé Zhao. O longa é de cunho social e político, com uma história que aborda diversos interesses e questões de uma sociedade pós-moderna, acompanhando a história de idosos que vivem em veículos automobilísticos nos Estados Unidos, sem trabalho e sem garantia financeira de aposentadoria.

Nomadland está em cartaz nos cinemas.

Bela Vingança

(Imagem: Divulgação / Focus Features)
(Imagem: Divulgação / Focus Features)

Bela Vingança foi o primeiro vencedor do Oscar 2021. Anunciado logo no início da cerimônia, o longa venceu a categoria de Melhor Roteiro Original, superando Judas e o Messias Negro, O Som do Silêncio, Minari e Os 7 de Chicago. O filme acompanha Cassie, uma mulher perversamente inteligente, tentadoramente astuta e que ainda vive uma vida dupla à noite, com dificuldades de superar uma tragédia de seu passado.

Bela Vingança deve chegar aos cinemas brasileiros em maio.

Meu Pai

(Imagem: Divulgação / Lionsgate)
(Imagem: Divulgação / Lionsgate)

Meu Pai conseguiu bater fortes concorrentes na categoria de Melhor Roteiro Adaptado, incluindo Nomadland. No entanto, a vitória mais surpreendente do longa foi na categoria de atuação, em que Anthony Hopkins levou o prêmio para casa, superando até mesmo Chadwick Boseman, o grande favorito da noite. O filme acompanha Anthony, que tem 81 anos de idade e mora sozinho em seu apartamento em Londres, recusando todos os cuidadores que sua filha, Anne, tenta impor a ele. Porém, um dia, Anne entra num novo relacionamento e se muda para Paris, e seu pai agora precisa lidar com a realidade de passar mais tempo sozinho do que o usual.

Meu Pai pode ser comprado no YouTube e Google, alugado no Net NOW e assistido no Belas Artes à la Carte.

Druk

(Imagem: Divulgação / Nordisk Film)
(Imagem: Divulgação / Nordisk Film)

Druk, ou como está sendo distribuído globalmente, Another Round, foi o grande vencedor na categoria de Melhor Filme Internacional, com o diretor Thomas Vinterberg aceitando o prêmio com um discurso emocionante dedicado à filha Ida, que faleceu em 2019. O filme é estrelado por Mads Mikkelsen e acompanha um grupo de amigos que resolvem testar um experimento em suas vidas: partindo do pressuposto de que o corpo humano nasce com uma deficiência alcoólica, Martin e os colegas passam a ingerir uma pequena dose de bebida por dia, o suficiente para conseguirem seguir com suas rotinas sem se embriagar.

Druk está disponível para locação no YouTube Filmes e Google Filmes.

Soul

(Imagem: Divulgação / Pixar)
(Imagem: Divulgação / Pixar)

Deu a lógica e Soul foi vencedor da categoria de Melhor Filme de Animação no Oscar 2021. Mas além dessa, o filme ainda faturou a estatueta de Melhor Trilha Sonora, recebida por Jon Batiste, Atticus Ross e Trent Reznor. No filme, Joe é um professor de música do ensino médio apaixonado por jazz, sonhando diariamente em encontrar uma forma de viver da música, mesmo a vida lhe mostrando que as coisas não saíram do jeito que ele esperava. Ao viajar para outra realidade e descobrir que seu tempo na Terra já havia se esgotado, ele acaba tendo a missão de ajudar outra alma a encontrar sua paixão, descobrindo enfim o sentido da sua vida.

Soul está disponível no Disney+.

O Som do Silêncio

(Imagem: Divulgação / Amazon Studios)
(Imagem: Divulgação / Amazon Studios)

Vencedor das categorias de Melhor Edição (também chamada de Melhor Montagem) e Melhor Som, O Som do Silêncio segue Ruben, um baterista apaixonado por música e integrante de uma banda de heavy-metal com a namorada. Quando descobre que está ficando surdo e sua condição só tende a piorar, é levado para um lar de reabilitação a fim de evitar uma recaída e visando se adaptar à nova vida. Bem recebido no local, Ruben agora deve escolher entre seu novo normal ou a vida como conhecia.

O Som do Silêncio está disponível no Prime Video.

Mank

(Imagem: Divulgação / Netflix)
(Imagem: Divulgação / Netflix)

Mank foi o líder de indicações ao Oscar desse ano, mas acabou saindo com poucas estatuetas em relação ao número de categorias em que estava presente. A produção de David Fincher faturou as categorias de Direção de Arte (chamada também de Design de Produção) e Fotografia, mas acabou sendo superada nas outras nove indicações. A história acompanha Herman J. Mankiewicz, um roteirista alcoólatra que entra em disputa com Orson Welles pelos créditos do script da obra-prima do cinema dos anos 1940, Cidadão Kane. Em paralelo, o filme ainda revisita a relação do cineasta com grandes nomes da indústria cinematográfica da época, principalmente com o poderoso magnata da mídia William Randolph Hearst.

Mank está disponível na Netflix.

A Voz Suprema do Blues

(Imagem: Divulgação / Netflix)
(Imagem: Divulgação / Netflix)

A Voz Suprema do Blues era considerada por muitos o favorito a ganhar as categorias principais de atuação, mas foi superado por Frances McDormand e Anthony Hopkins. No entanto, a produção da Netflix conseguiu desbancar Emma. e até mesmo Mank nas categorias Melhor Figurino e Melhor Cabelo e Maquiagem, rendendo o primeiro Oscar para mulheres negras nesta última. O prêmio foi dado à Mia Neal e Jamika Wilson, além de Sergio Lopez-Rivera. O filme acompanha a cantora Ma Rainey em Chicago, em 1927, numa sessão de gravação de álbum mergulhada em tensão entre seu ambicioso trompista Levee. Enquanto isso, dois empresários brancos estão determinados a explorar a controlar a incontrolável Mãe do Blues, porém, uma conversa no local revela verdades que irão abalar a vida de todos os envolvidos.

A Voz Suprema do Blues está disponível na Netflix.

Minari

(Imagem: Divulgação / A24)
(Imagem: Divulgação / A24)

O elenco de Minari - Em Busca da Felicidade ganhou o coração do público com seu carisma no tapete vermelho, mas dentro do Teatro Dolby apenas uma estatueta foi entregue ao filme. Youn Yuh-Jung faturou o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante e superou nomes como Olivia Colman e Glenn Close, tornando-se a primeira mulher sul-coreana a levar a vitória na história da categoria. O filme se passa nos anos 80 e acompanha David, um menino coreano-americano de sete anos, que se depara com um novo ambiente e um modo de vida diferente quando seu pai, Jacob, muda sua família da costa oeste para a zona rural do Arkansas. Entediado com a nova rotina, David só começa a se adaptar com a chegada de sua vó. Enquanto isso, Jacob, decidido a criar uma fazenda em solo inexplorado, arrisca suas finanças, seu casamento e a estabilidade da família.

Minari está em cartaz nos cinemas.

Judas e o Messias Negro

(Imagem: Divulgação / Warner Bros.)
(Imagem: Divulgação / Warner Bros.)

Disposto a contar a história da ascensão e queda de Fred Hampton, o ativista dos direitos dos negros e revolucionário líder do partido dos Panteras Negras, Judas e o Messias Negro venceu todas as categorias de Melhor Ator Coadjuvante nas premiações da temporada e no Oscar não foi diferente: Daniel Kaluuya foi o grande vitorioso da noite. A surpresa, no entanto, veio na segunda estatueta: a de Canção Original. Fight For You, interpretada pela cantora H.E.R. também levou um Oscar e superou a favorita Io Si (Seen), de Rosa e Momo.

Judas e o Messias Negro está em cartaz nos cinemas.

Professor Polvo

(Imagem: Divulgação / Netflix)
(Imagem: Divulgação / Netflix)

Vencedor da categoria de Melhor Documentário, Professor Polvo acompanha o cineasta Craig Foster passou um ano forjando um relacionamento com um polvo-comum selvagem em uma floresta de algas sul-africana, e após ganhar a confiança do animal, o mergulhador tem a oportunidade de conferir seu mundo para ver como a criatura dorme, vive e se alimenta, ensinando uma lição sobre a fragilidade da vida e a conexão da humanidade com a natureza.

Professor Polvo está disponível na Netflix.

Tenet

(Imagem: Divulgação / Warner Bros.)
(Imagem: Divulgação / Warner Bros.)

Tenet foi o grande vencedor da categoria de Melhores Efeitos Visuais. O longa de Christopher Nolan segue um agente da CIA conhecido como O Protagonista quando é recrutado pela organização misteriosa que dá nome ao filme. Ele possui a tarefa de participar de uma missão de escala global e impedir que Andrei Sator, um renegado oligarca russo com meios de se comunicar com o futuro, inicie a Terceira Guerra Mundial. Capaz de fazer o tempo correr ao contrário devido a uma arma aos cuidados de Tenet, O Protagonista precisa usá-la como forma de se opor à ameaça que está por vir, impedindo que os planos de Sator se concretizem.

Tenet está disponível para aluguel na NET, Apple, Google, Looke e Microsoft.

Se Algo Acontecer... Te Amo

(Imagem: Divulgação / Netflix)
(Imagem: Divulgação / Netflix)

Se Algo Acontecer... Te Amo segue a história de dois pais enlutados enquanto juntos caminham para enfrentar a morte de sua filha, que foi assassinada em um tiroteio na escola. O curta-metragem foi um enorme sucesso na Netflix, permanecendo no Top 10 de conteúdos mais assistidos do Brasil durante semanas e venceu a categoria de Curta-Metragem de Animação no Oscar 2021.

Se Algo Acontecer... Te Amo está disponível na Netflix.

Dois Estranhos

(Imagem: Divulgação / Netflix)
(Imagem: Divulgação / Netflix)

Já na categoria de curta em live-action, o grande vencedor foi Dois Estranhos, em que o roteirista Emmy Travon e os diretores Free e Martin Desmond Roe trazem duas realidades cuja discrepância é dada por apenas um fator: o tom de pele. O filme acompanha as repetidas tentativas do cartunista Carter James de voltar para casa e encontrar seu cachorro, que são frustradas por um encontro mortal recorrente que o força a reviver o mesmo dia terrível outra vez.

Dois Estranhos está disponível na Netflix.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: