Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.632,92
    -168,29 (-0,14%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.134,93
    -60,50 (-0,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    69,15
    +1,00 (+1,47%)
     
  • OURO

    1.806,00
    -8,50 (-0,47%)
     
  • BTC-USD

    40.983,53
    +1.141,14 (+2,86%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.005,54
    +29,64 (+3,04%)
     
  • S&P500

    4.429,10
    +26,44 (+0,60%)
     
  • DOW JONES

    35.064,25
    +271,58 (+0,78%)
     
  • FTSE

    7.120,43
    -3,43 (-0,05%)
     
  • HANG SENG

    26.204,69
    -221,86 (-0,84%)
     
  • NIKKEI

    27.728,12
    +144,04 (+0,52%)
     
  • NASDAQ

    15.168,75
    +95,25 (+0,63%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2080
    +0,0897 (+1,47%)
     

Os semicondutores são mais importantes do que você pensa; entenda

·2 minuto de leitura
  • Os semicondutores estão presentes nos carros, nos navios e nos celulares

  • O mundo como um todo vem sofrendo com a falta dessas peças

  • O Brasil pode ter problemas na indústria durante o ano inteiro

A recente paralisação em algumas montadoras de veículos no Brasil ligou o sinal de alerta na indústria como um todo. O país pode parar como um todo? A questão passa, por entre outros aspectos, pelos semicondutores.

O que são os semicondutores

Apesar de não estarem expostos, os semicondutores são o coração, o cérebro e a alma de quase todos os aparelhos eletrônicos presentes em nosso cotidiano. Os transistores, unidades básicas de processamento de dados dos computadores; diodos - responsáveis pela emissão de luz nas telas de LED, células solares e chips são todos obtidos a partir de semicondutores.

Leia também:

Os mais tradicionais semicondutores usados na fabricação do transistor - a pedra fundamental da indústria eletrônica - são o silício, o germânio e o gálio.

A demanda mundial por esses itens vem crescendo de forma robusta desde o início da pandemia. Navios, automóveis, computadores, enfim, praticamente tudo que utilizamos hoje depende de alguma forma dos semicondutores.

Para complicar a situação, poucas nações têm o controle no fornecimento dessas peças - são os casos de China e Taiwan.

Fábricas lá fora e problemas no Brasil

EUA e Europa já deram sinais de que querem diminuir essa dependência pois sua produção foi afetada pela falta dos semicondutores. Incentivos para a construção de fábricas de última geração de semicondutores já estão sendo discutidos nesses lugares.

É claro que o problema da falta dessas peças atingiu o Brasil. Além da demanda fraca e o agravamento da pandemia, a indústria automobilística sofreu com a redução da oferta dos semicondutores como um todo.

A média das previsões aponta que a escassez global de semicondutores deverá causar estragos até o meio do ano, mas não se descarta uma falta pontual de alguns componentes até o fim de 2021. Ou seja, o ano promete muitas emoções para a indústria global.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos