Mercado abrirá em 1 h 3 min
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,69 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,11 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    67,90
    +1,64 (+2,48%)
     
  • OURO

    1.781,90
    -2,00 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    47.480,74
    -1.826,75 (-3,70%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.213,27
    -228,49 (-15,85%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,72 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.168,18
    +45,86 (+0,64%)
     
  • HANG SENG

    23.349,38
    -417,31 (-1,76%)
     
  • NIKKEI

    27.927,37
    -102,20 (-0,36%)
     
  • NASDAQ

    15.626,00
    -91,75 (-0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3739
    -0,0214 (-0,33%)
     

Os melhores pets dos games

·7 min de leitura

Na vida real, ter um bichinho de estimação gera momentos divertidos e também nos dá mais responsabilidade; com grandes chameguinhos, vem grandes sujeiras pela casa, mas sabemos que estas companhias são insubstituíveis. Nos videogames, a situação não é muito diferente. De cachorros a criaturas místicas, ter um parceiro animal para ajudar nos desafios da jornada muda muito a experiência de jogo.

Alguns seres estão ali só para deixar que a gente faça carinho neles (o que é ótimo), mas outros são verdadeiros coadjuvantes e brilham mais que os protagonistas em alguns momentos. Pensando nisso, o Canaltech separou os melhores pets do mundo dos games, para você relembrar ou conhecer cães, gatos, aves, dinossauros e outros parceiros icônicos. A lista não segue uma ordem de preferência, mas sim cronológica, de acordo com a data de estreia de cada um dos escolhidos.

12. Chocobo (Franquia Final Fantasy, 1988)

O grande pássaro é uma figura muito presente na franquia e é tão popular que teve até mesmo jogos próprios; como o Chocobo GP, um game de corrida à la Mario Kart. Em Final Fantasy, as criaturas aviárias são como cavalos, e usados por NPCs e jogadores como montaria, animais de carga e outras funções semelhantes.

O amarelo, e mais famoso, não voa. Mas as outras variações de raça, como o azul, vermelho, preto e dourado, podem levantar voo e ainda são capazes de nadar. Em alguns títulos da franquia, ainda é possível ter fazendas das criaturas para criar variações e usá-los para alcançar lugares inacessíveis a pé.

11. Yoshi (Série Mario, 1990)

Um dos dinossauros mais amados do mundo dos games apareceu pela primeira vez em Super Mario World (com certeza você o sacrificou para alcançar um lugar distante, pelo menos uma vez) e depois foi um personagem jogável em games próprios, como em Mario Kart e em tantos outros jogos do universo da Nintendo. Yoshi até chegou a ganhar games próprios, como Super Mario World 2: Yoshi's Island, Yoshi's Woolly World e o mais recente Yoshi's Crafted World.

Inicialmente, ele seria um cavalo, mas devido a limitações técnicas dos videogames da época, ele teve que ser adaptado para outro parceiro animal. Até que deu muito certo, né? Yoshi, você é icônico!

10. Dogmeat (Série Fallout, 1997)

Um cão com o nome de "comida de cachorro" em um universo apocalíptico já tem tudo pra ser marcante. O simpático animal apareceu no primeiro Fallout, e desde então sempre pode ser um "cãopanheiro" do jogador nas lutas contra ameaças e na busca por suprimentos. A companhia de Dogmeat é indispensável nesta jornada radioativa e muitas vezes solitária.

Diversas aparições de Dogmeat (em sentido horário) em Fallout Sheltter, Fallout 4, Fallout 3 e Fallout (Imagem: Reprodução/Fallout Wiki)
Diversas aparições de Dogmeat (em sentido horário) em Fallout Sheltter, Fallout 4, Fallout 3 e Fallout (Imagem: Reprodução/Fallout Wiki)

9. Pikachu e outros (Pokémon Yellow, 1998)

O icônico rato elétrico amarelo tornou-se muito popular por conta do anime de Pokémon, mas graças ao jogo de Game Boy Color os jogadores tiveram a experiência de passear por Kanto acompanhados por Pikachu, assim como Ash Ketchum. A função de passear com um dos monstrinhos também se repetiu em HearthGold & SoulSilver, Let's Goo Pikachu & Eevee e via expansão de Sword & Shield.

Pokémon Yellow, HeartGold e Let's Go(Imagem: Reprodução/Nintendo/Poke Mythology/Amazon)
Pokémon Yellow, HeartGold e Let's Go(Imagem: Reprodução/Nintendo/Poke Mythology/Amazon)

8. Epona (Franquia Zelda, 1999)

A égua deu seus primeiros galopes em The Legend of Zelda: Ocarina of Time, de Nintendo 64, para ser a companheira e fiel escudeira de Link em todas suas aventuras dali em diante. Vivendo no Lon Lon Ranch e cuidada pela fazendeira Malon, Epona é muito selvagem, mas é domada pelo protagonista quando ele toca uma canção na Ocarina. Quando o assunto são companheiros equinos nos games, a égua certamente é a mais conhecida e amada.

7. Chop (Grand Theft Auto V, 2013)

O rottweiler bonachão sai das nada confiáveis mãos de Lamar para a vida tranquila (ou quase) com Franklin. Na campanha de GTA 5, é até possível controlar o cão em uma missão de rastreamento. Já fora das atividades, o protagonista pode brincar com ele nas ruas, passear e até usar o app iFruit para cuidar dele como um bichinho virtual, trocar a cor da coleira e ainda ensinar truques.

(Imagem: Divulgação/Rockstar Games)
(Imagem: Divulgação/Rockstar Games)

6. Riley (Call of Duty: Ghosts, 2013)

A agente canina do Esquadrão Ghosts é um personagem secundário e tem as mesmas funções que os cachorros usados pela polícia e o exército. A simpática pastor-alemão é capaz de farejar explosivos e até atacar inimigos de forma furtiva, ajudando seus tutores David “Hesh” Walker e Logan Walker e todo o batalhão especial em diversas missões da campanha.

Para criar Riley, a equipe de desenvolvimento teve a ajuda das Forças de Operações Especiais da Marinha dos Estados Unidos, que levaram um agente K9 (os cachorros treinados por órgãos de defesa pelo mundo) para o estúdio entender como é sua rotina, comportamentos e capturar seus movimentos.

5. Walt (Valiant Hearts, 2014)

O dobermann é um dos fiéis companheiros e grandes ajudantes de quem joga o emocionante game da Ubisoft. Além de ajudar o jogador nos quebra-cabeças e nas tarefas espalhadas pelo mapa, o adorável cachorro teve sua história explorada nos quadrinhos interativos lançados para celular, em 2014.

O game já é triste o suficiente sozinho, mas um spoiler do bem é que Walt é o único personagem que não pode morrer, independente das ações tomadas ao longo do game.

4. Morgana (Persona 5, 2016)

O mais legal do gato preto e branco é que nem ele escapa dos dilemas dos demais personagens do quinto Persona. Sem se lembrar muito de como foi seu passado, Morgana tem essa figura de felino, mas se identifica um pouco mais como humano, algo que pode ser muito explorado no gameplay.

Ao longo do jogo e de produções derivadas, vemos o felino assumindo uma forma humana de fato, mas também de um gato doméstico convencional e até mesmo de uma van.

As diversas formas de Morgana (Imagem: Reprodução/Wiki Megami Tensei/wryytart)
As diversas formas de Morgana (Imagem: Reprodução/Wiki Megami Tensei/wryytart)

3. Trico (Last Guardian, 2016)

A criatura parte felina, parte cachorro e parte pássaro é uma grande fofura (literalmente) do exclusivo de PS4. O amigo, protetor e companheiro do protagonista de The Last Guardian começa muito hostil ao menino, mas logo eles criam um lindo laço que é explorado e aprimorado ao longo do game. Há muitas lágrimas envolvidas.

Trico ajuda a resolver puzzles e tarefas, mas também está no combate com inimigos e ameaças que aparecem na jornada. Uma característica curiosa dele é que seus olhos mudam de cor conforme seu humor, um detalhe sutil mas que o deixa ainda mais legal.

2. Spider-Man (Marvel's Spider-Man: Miles Morales, 2020)

Sim, o nome do gatinho de uma mercearia do Harlem é Spider-Man. O parceiro é desbloqueado junto com um traje após a missão "Bom Felino", em que o simpático explorador acaba sendo pego por bandidos e cabe ao novo amigo da vizinhança resgatá-lo. A roupa nova de Miles é muito bacana e conta com uma mochila para levar o pequeno pet. Fora que ele ainda usa máscara, para proteger sua identidade felina dos vilões.

1. Chorizo e Guapo (Far Cry 6, 2021)

Desde Far Cry Primal, a Ubisoft colocou a possibilidade de ter animais como amigos. Chamados de "parças", eles ajudam o jogador nos combates e na exploração. No sexto jogo da série principal, conhecemos o dachshund (famoso cachorro salsicha) Chorizo e o crocodilo Guapo, os ferozes e fofos integrantes da Guerrilha. Os amigos de quatro patas encontram recursos e itens e também acabam com os guardas de Castillo.

(Imagem: Montagem/Reprodução/Ubisoft/Canaltech)
(Imagem: Montagem/Reprodução/Ubisoft/Canaltech)

Vale também fazer uma menção honrosa ao Boomer, o cachorro sem raça definida que faz sua primeira aparição em Far Cry 5 e também volta para a sequência para ajudar Dani Rojas.

(Imagem: Reprodução/Ubisoft)
(Imagem: Reprodução/Ubisoft)

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos