Mercado fechado

Os melhores celulares até R$ 3.000 para comprar na Black Friday

A Black Friday pode ser uma boa oportunidade para aproveitar ofertas e levar um celular topo de linha para ser seu companheiro por muitos anos. A boa notícia é que não precisa gastar muito para ter um dos melhores celulares de 2022.

Por até R$ 3.000, já é possível encontrar modelos muito interessantes, com bom equilíbrio entre tela, desempenho, câmeras e bateria. Você não precisa sacrificar muito nenhum desses quesitos ao optar por um dos celulares desta lista.

Melhor celular para quem busca conjunto equilibrado

Realme 9 Pro Plus

O Realme 9 Pro Plus é um intermediário que fica à altura da linha Galaxy A. O celular se destaca em todos os aspectos principais, da tela à bateria, passando pelo ótimo desempenho e um bom conjunto de câmeras — algo raro em marcas concorrentes de Samsung e Apple.

Design do Realme 9 Pro Plus é realmente diferenciado (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech)
Design do Realme 9 Pro Plus é realmente diferenciado (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech)

A tela Super AMOLED de 6,4 polegadas tem taxa de atualização de 90 Hz e resolução Full HD. E o aparelho conta com o Dimensity 920, um processador tão potente que você pode se questionar se há mesmo necessidade de investir em um topo de linha.

A câmera principal de 50 MP entrega cores vivas e alcance dinâmico equilibrado. Só o pós-processamento tende a elevar um pouco os níveis de saturação e contraste, mas isso pode agradar a muitos usuários. Até mesmo a macro de 2 MP tira fotos boas.

Por que comprar o Realme 9 Pro Plus?

  • Conjunto equilibrado

  • Fotos de boa qualidade

  • Bateria com boa duração

Você encontra o Realme 9 Pro Plus na casa de R$ 3.000, contando estoque já no Brasil. É possível que apareçam promoções de Black Friday que baixem um pouco este valor.

Melhor celular para quem prioriza visual

Xiaomi 12 Lite

Outra boa opção de intermediário premium, o Xiaomi 12 Lite traz câmeras competentes e bom desempenho com o Snapdragon 778G. O design de topo de linha é um atrativo a mais para quem preza pelo visual do celular.

Com uma tela AMOLED de 6,55 polegadas, o celular da Xiaomi conta com taxa de atualização de 120 Hz e resolução Full HD. Com isso, entrega imagem de boa definição e fluidez digna de um topo de linha.

A câmera principal de 108 MP é um dos seus diferenciais, com fotos de boa nitidez e cores equilibradas. Apenas a macro, que tem só 2 MP, fica devendo. A bateria de 4.300 mAh também fica devendo um pouco, mas o carregador de 67 W compensa com recarga bem veloz.

Por que comprar o Xiaomi 12 Lite?

  • Design de topo de linha

  • Tela de ótima qualidade em 120 Hz

  • Carregamento rápido de 67 W

O Xiaomi 12 Lite está no seu menor valor histórico neste final de novembro, na faixa de R$ 2.700. Mas existe a possibilidade de baixar um pouco mais em promoções da Black Friday.

Melhor celular para quem busca velocidade acima de tudo

Xiaomi 11T Pro

Se você não faz questão de levar um Xiaomi do ano para casa, o Xiaomi 11T Pro é uma opção interessante. Trata-se de um topo de linha de 2021, com Snapdragon 888, câmera de 108 MP e carregador de 120 W. Um celular bastante completo.

Xiaomi 11T Pro é um poderoso celular da marca chinesa (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Xiaomi 11T Pro é um poderoso celular da marca chinesa (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Seu principal ponto é a velocidade oferecida pelo processador potente da Qualcomm. As fotos também ficam com nitidez impressionante, por conta do sensor de alta resolução. E a bateria de 5.000 mAh carrega em menos de 20 minutos, segundo a Xiaomi.

E claro que a tela também não decepciona. O display AMOLED tem 6,67 polegadas e conta com taxa de atualização de 120 Hz e resolução Full HD.

Por que comprar o Xiaomi 11T Pro?

  • Processador topo de linha

  • Câmera de alta resolução

  • Bateria com boa duração e recarga rápida

Dá para encontrar o Xiaomi 11T Pro com estoque já no Brasil por menos de R$ 3.000. Por se tratar de um celular já um pouco mais antigo, quem sabe não aparecem ofertas na Black Friday derrubando ainda mais.

Melhor celular para quem quer uma opção compacta

Zenfone 8

O Zenfone 8 pode não ser o celular topo de linha mais compacto do mundo, pois o iPhone 14 tem dimensões um pouco menores. Mas é o um dos menores Android da atualidade, com potência de topo de linha e preço de intermediário premium.

Zenfone 8 é um dos celulares topo de linha mais compactos do mercado (Imagem: Divulgação/Asus)
Zenfone 8 é um dos celulares topo de linha mais compactos do mercado (Imagem: Divulgação/Asus)

As dimensões do aparelho são de apenas 148 x 68,5 x 8,9 mm. Ele conta com tela Super AMOLED de 5,9 polegadas e taxa de atualização de 120 Hz e bateria de 4.000 mAh.

O conjunto de câmeras tem uma principal de 64 MP e uma ultrawide de 12 MP. A frontal tem 12 MP, e as fotos ficam com bom nível de texturas, faixa dinâmica razoável e boa nitidez.

Por que comprar o Zenfone 8?

  • Tela AMOLED de 120 Hz e HDR10+

  • Ótimo conjunto de câmeras

  • Carregador rápido de 65 W que já vem na caixa

O Zenfone 8 pode ser encontrado normalmente por cerca de R$ 2.700. Já apareceram promoções dele por menos de R$ 2.600 no Canaltech Ofertas, e pode ser que ele chegue a ficar até mais em conta na Black Friday.

Melhor celular para quem quer o melhor conjunto

iPhone 11

O iPhone 11 pode não ser considerado uma boa opção para quem pensa em celular da Apple atualmente. Mas, por menos de R$ 3.000, não tem um conjunto tão poderoso quanto o modelo da Maçã.

Apesar da tela LCD, ele ainda tem exibição de imagem superior a muito intermediário Android. O processador A13 Bionic ainda tem velocidade maior que muitos modelos que rodam o sistema operacional do Google.

Ou seja, se você quer um celular realmente poderoso, com boas câmeras e tela, o iPhone 11 ainda pode ser uma boa opção nesta Black Friday. Considerando, claro, que você não quer gastar mais de R$ 3.000.

Por que comprar o iPhone 11?

  • Roda jogos pesados

  • Bom conjunto de câmeras

  • Excelente para redes sociais

O iPhone 11 já pode ser encontrado por pouco mais de R$ 2.900. Como ele deixou de ser produzido pela Apple, é possível que algumas lojas aproveitem a Black Friday para esgotar estoque e baixem ainda mais o preço.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: