Mercado abrirá em 8 h 56 min
  • BOVESPA

    121.113,93
    +412,93 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    62,89
    -0,24 (-0,38%)
     
  • OURO

    1.777,90
    -2,30 (-0,13%)
     
  • BTC-USD

    57.017,68
    -2.676,93 (-4,48%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.297,22
    -94,49 (-6,79%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,67 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    29.219,06
    +249,35 (+0,86%)
     
  • NIKKEI

    29.794,75
    +111,38 (+0,38%)
     
  • NASDAQ

    14.043,00
    +13,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6719
    -0,0142 (-0,21%)
     

Os destaques e decepções na vitória do Flamengo sobre o Macaé pelo Cariocão

Antonio Mota
·2 minuto de leitura

O Flamengo venceu sem muitas dificuldades o Macaé por 2 a 0, no Maracanã, na noite do último sábado (6), pela 2ª rodada do Campeonato Carioca de 2021. Dominante, o Rubro-Negro comandou as ações da partida e pouco foi ameaçado pelo adversário e muito por conta da boa atuação coletiva e individual da equipe, sobretudo de algumas Crias do Ninho. Confira abaixo o que deu certo e o que não funcionou tão bem na vitória do Mais Querido frente ao Alvianil Praiano:

Destaques

1. Natan, Hugo Moura e sistema defensivo

Pool/Getty Images
Pool/Getty Images

O Flamengo ainda não sofreu nenhum gol no Campeonato Carioca e muito por conta da boa atuação de seu sistema defensivo, sobretudo da boa dupla de zaga Gabriel Noga e Natan – este último sendo um dos pilares da equipe. Além, claro, do goleiro Gabriel Batista e do volante João Gomes.

Já contra o Macaé, o Mais Querido contou com uma nova peça: Hugo Moura. O volante retornou ao clube após período de empréstimo no Coritiba e foi muito bem, dando consistência ao bloco de trás do time, liberdade aos laterais e até pisando na área do rival.

2. Matheuzinho e lado direito nos primeiros 45 minutos

SERGIO MORAES/Getty Images
SERGIO MORAES/Getty Images

Matheuzinho foi muito bem na partida contra o Macaé, principalmente na primeira etapa. Muito acionado, o lateral-direito ditou o ritmo em seu lado de campo e foi essencial para o Flamengo chegar com perigo. Ele, inclusive, deu o passe para o primeiro gol do time. Ele também não comprometeu na defesa.

3. Ramon e a correria pelo lado esquerdo na etapa final

Buda Mendes/Getty Images
Buda Mendes/Getty Images

Após o primeiro tempo de destaque de Matheuzinho, Ramon entrou no jogo e puxou os holofotes para o lado esquerdo do gramado do Maracanã. Inspirado, o lateral-esquerdo deu dribles, criou lances de perigo e deu uma bela assistência para Rodrigo Muniz fechar o placar.

4. Rodrigo Muniz e o faro de gol

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Sem Gabigol e Pedro, Rodrigo Muniz herdou o posto de goleador do Flamengo e não decepcionou. Contra o Macaé, o atacante incomodou, abriu espaços, chamou a responsabilidade e marcou dois gols. Uma noite especial para a Cria do Ninho.

Decepções

5. Michael, Pepê e setor ofensivo

Andressa Anholete/Getty Images
Andressa Anholete/Getty Images

O Flamengo contou com mais “veteranos” contra o Macaé: Michael e Pepê. Contudo, o atacante, que até começou bem, e o meia-atacante, que não assumiu o protagonismo esperado e ainda perdeu um pênalti, não entregaram o futebol esperado e erraram muito.