Mercado abrirá em 7 h 30 min
  • BOVESPA

    118.328,99
    -1.317,41 (-1,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.810,21
    -315,50 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,48
    -0,65 (-1,22%)
     
  • OURO

    1.862,10
    -3,80 (-0,20%)
     
  • BTC-USD

    31.146,34
    +578,62 (+1,89%)
     
  • CMC Crypto 200

    617,42
    -62,49 (-9,19%)
     
  • S&P500

    3.853,07
    +1,22 (+0,03%)
     
  • DOW JONES

    31.176,01
    -12,37 (-0,04%)
     
  • FTSE

    6.715,42
    -24,97 (-0,37%)
     
  • HANG SENG

    29.480,11
    -447,65 (-1,50%)
     
  • NIKKEI

    28.641,34
    -115,52 (-0,40%)
     
  • NASDAQ

    13.349,75
    -45,75 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5142
    +0,0058 (+0,09%)
     

Os aplicativos mais baixados de 2020

Diego Sousa
·5 minuto de leitura

Em um ano completamente atípico, marcado pelo fechamento de comércios e as medidas de distanciamento social para conter a disseminação da COVID-19, os aplicativos para celular figuraram entre os principais aliados das pessoas para permanecerem em contato com familiares, amigos e colegas de trabalho.

Diante desse contexto, a lista dos apps mais baixados do mundo em 2020 é uma boa descrição de como foram esses 12 meses para muitas pessoas. O ranking foi apurado pela consultoria de mercado AppAnnie e engloba tanto o número de downloads da App Store (iOS) quanto da Play Store (Android).

10. Likee (Android | iOS)

Um dos principais rivais do TikTok, o Likee é uma plataforma de edição e compartilhamento de vídeos que se tornou um dos aplicativos mais baixados do mundo em plena pandemia de COVID-19. Na Play Store, já são mais de 500 milhões de downloads e uma média de avaliação de 4,3 / 5.

O aplicativo tem uma comunidade própria, onde é possível encontrar vídeos de diversas categorias como status, memes, comédias, slow motion e clipes de música, além de lives de influenciadores digitais.

Likee é uma rede social de edição e compartilhamento de vídeos concorrente do TikTok (Foto: Diego Sousa/Canaltech)
Likee é uma rede social de edição e compartilhamento de vídeos concorrente do TikTok (Foto: Diego Sousa/Canaltech)

9. Telegram (Android | iOS)

Os aplicativos de mensagens foram um dos principais meios de comunicação durante a pandemia de COVID-19 e o Telegram registrou um crescimento significativo em 2020, subindo 10 posições no ranking em relação a 2019. Entre os principais mensageiros do mundo, o app só ficou atrás do WhatsApp e do Facebook Messenger.

Somente na Play Store, já são mais de 500 milhões de downloads, além de uma média de avaliação de 4,5 / 5, índice mais alto até que seu principal rival, o WhatsApp.

Além de um excelente mensageiro, Telegram é permite assistir animes (Foto: Diego Sousa/Canaltech)
Além de um excelente mensageiro, Telegram é permite assistir animes (Foto: Diego Sousa/Canaltech)

8. Snapchat (Android | iOS)

O Snapchat já foi muito mais popular do que é atualmente, principalmente antes da onda dos stories do Instagram. No entanto, ele também sofreu um aumento significativo durante a pandemia de COVID-19, fechando o ano na oitava posição dos aplicativos mais baixados do mundo em 2020, segundo a consultoria AppAnnie. O aplicativo já ultrapassou a marca de 1 bilhão de downloads na Play Store.

Snapchat perdeu muita popularidade para o Instagram, mas continua entre os mais baixados (Foto: Diego Sousa/Canaltech)
Snapchat perdeu muita popularidade para o Instagram, mas continua entre os mais baixados (Foto: Diego Sousa/Canaltech)

7. Google Meet (Android | iOS)

Principal app de videoconferências do Google, o Meet, ao lado do rival Zoom, foi usado principalmente por empresas, faculdades e escolas que precisaram marcar aulas e reuniões de trabalhos. O interessante é que o aplicativo nunca havia aparecido no ranking e terminou o ano de 2020 adiante de grandes nomes como Telegram e Snapchat.

Google Meet é um concorrente do ZOOM (Foto: Diego Sousa/Canaltech)
Google Meet é um concorrente do ZOOM (Foto: Diego Sousa/Canaltech)

6. Facebook Messenger (Android | iOS)

O Messenger dispensa apresentações, mas, durante essa pandemia, o Facebook o tornou um concorrente de peso no segmento de videoconferências. Muitas pessoas podem associar o sucesso do mensageiro ao Facebook, mas ele recentemente ele ganhou a possibilidade de fazer transmissões para usuários mesmo sem ter uma conta na redes social, o que é muito bom.

Praticamente todo mundo tem Messenger instalado no PC ou celular (Foto: Diego Sousa/Canatltech)
Praticamente todo mundo tem Messenger instalado no PC ou celular (Foto: Diego Sousa/Canatltech)

5. Instagram (Android | iOS)

Provavelmente você que está lendo essa matéria possui uma conta no Instagram, e isso já mostra por que ele está entre os aplicativos mais baixados do mundo. As transmissões ao vivo foram talvez o principal impulsionador para o sucesso da rede social durante esse período de pandemia, bastante usada por cantores e influenciadores digitais para se manter conectado com seus fãs.

Instagram passou a ser considerado uma plataforma de compras (Foto: Diego Sousa/Canaltech)
Instagram passou a ser considerado uma plataforma de compras (Foto: Diego Sousa/Canaltech)

4. Zoom (Android | iOS)

Entre todos os aplicativos na lista de mais baixados em 2020, o Zoom foi quem mais surpreendeu. Para se ter uma ideia do destaque do aplicativo, ele subiu nada menos que 219 posições no ranking em apenas um ano, claro, devido à procura tremenda de serviços de reuniões online. Nem mesmo um grande vazamento de dados que comprometeu informações de mais de 500 mil usuários foi suficiente para abalar o seu sucesso.

O ZOOM foi o principal destaque desse ano, subindo 219 posições no ranking (Foto: Diego Sousa/Canaltech)
O ZOOM foi o principal destaque desse ano, subindo 219 posições no ranking (Foto: Diego Sousa/Canaltech)

3. WhatsApp (Android | iOS)

Outro aplicativo que dispensa apresentação é o WhatsApp, terceiro mais baixado do mundo em 2020. Durante a pandemia, mensageiro não só foi usado por familiares e amigos para conversação, como também para aproximar clientes e estabelecimentos, estes últimos que sofreram bastante com o fechamento dos comércios.

WhatsApp dispensa apresentação, estando presente em cerca de 97% de todos os smartphones brasileiros (Foto: Diego Sousa/Canaltech)
WhatsApp dispensa apresentação, estando presente em cerca de 97% de todos os smartphones brasileiros (Foto: Diego Sousa/Canaltech)

2. Facebook (Android | iOS)

Sentiu falta de algum aplicativo na lista até o momento? Pois é, o Facebook é o app com o maior número de usuários ativos mensais do mundo, mas no ranking dos mais baixados ele fica em segundo lugar. Isso explicação possível para isso é que os antigos usuários se mantiveram na rede social.

O Facebook também virou uma plataforma de compras (Foto: Reprodução/Diego Sousa)
O Facebook também virou uma plataforma de compras (Foto: Reprodução/Diego Sousa)

1. TikTok (Android | iOS)

O TikTok foi quem liderou a lista mensal de aplicativos mais baixados do mundo na maior parte de 2020, então já era esperada a sua posição no ranking anual. Importante mencionar o fato de o aplicativo ter conseguido tal feito mesmo sofrendo perseguição do governo dos Estados Unidos, que o acusou de espionagem e determinou o seu banimento das lojas de apps.

Caption
Caption

Fato é que o TikTok foi quem mais divertiu as pessoas durante os últimos 12 meses, um refúgio nesses tempos difíceis. Você também se rendeu à brincadeira e fez um TikTok? Conte-nos abaixo, no campo de comentários!

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: