Mercado abrirá em 6 mins
  • BOVESPA

    108.013,47
    +1.345,81 (+1,26%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.823,23
    -408,97 (-0,77%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,79
    -0,17 (-0,20%)
     
  • OURO

    1.839,10
    -4,10 (-0,22%)
     
  • BTC-USD

    42.117,99
    +156,45 (+0,37%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.000,13
    +5,38 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.532,76
    -44,35 (-0,97%)
     
  • DOW JONES

    35.028,65
    -339,82 (-0,96%)
     
  • FTSE

    7.585,51
    -4,15 (-0,05%)
     
  • HANG SENG

    24.952,35
    +824,50 (+3,42%)
     
  • NIKKEI

    27.772,93
    +305,70 (+1,11%)
     
  • NASDAQ

    15.162,75
    +129,25 (+0,86%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1647
    -0,0027 (-0,04%)
     

Os aplicativos de Android mais baixados em 2021

·2 min de leitura

A empresa de desenvolvimento de software e análise de mercado EmizenTech divulgou uma listagem dos aplicativos mais baixados no Android em 2021. Os destaques ficam por conta das redes sociais, mensageiros e serviços de streaming de vídeo, que ocupam as primeiras colocações no ranking.

O levantamento geral reuniu estatísticas dos apps mais baixados por país, categoria, sistema operacional e outras temáticas importantes para compreender a indústria de softwares. No caso da Google Play Store (Android), foram somados os downloads em todas as localidades, exceto da China, onde as empresas locais não divulgam os dados.

Os aplicativos de Android mais baixados de 2021

  1. WhatsApp (mais de 5 bilhões de downloads)

  2. Facebook Messenger (mais de 5 bilhões de downloads)

  3. TikTok (mais de 1 bilhão de downloads)

  4. Instagram (mais de 1 bilhão de downloads)

  5. Snapchat (mais de 1 bilhão de downloads)

  6. Netflix (mais de 1 bilhão de downloads)

  7. Google Pay (mais de 500 milhões de downloads)

  8. Tubi (mais de 100 milhões de downloads)

  9. Cash App (mais de 50 milhões de downloads)

  10. Crypto.com (mais de 1 milhão de downloads)

Segundo a EmizenTech, o Crypto.com é uma das surpresas da listagem, pois o site possibilita o depósito, saque e movimentação financeira de criptomoedas via cartão de crédito. O site tem suporte a várias moedas fiduciárias, inclusive do Real (BRL), não cobra taxas de manutenção e está com avaliação de 4 estrelas na Play Store.

Outro destaque é o Tubi, um jovem serviço de publicidade de vídeo sob demanda, que pode alcançar até US$ 1 bilhão em receita até 2023, conforme as projeções do site. O serviço tem milhares de horas de conteúdos (filmes e séries) da Warner Bros, Paramount, Lionsgate e MGM — tudo gratuito e legalizado.

A Google Play Store tem vários apps em destaque neste ano (Imagem: Ivo/Canaltech)
A Google Play Store tem vários apps em destaque neste ano (Imagem: Ivo/Canaltech)

Como a pesquisa foi feita

Vale ressaltar que a companhia responsável pela pesquisa alega ter extraído os dados de "fontes confiáveis", mas não revela quais são. Também não há informações precisas sobre a quantidade exata de downloads em cada plataforma.

Os dados chamam a atenção pela ausência de alguns apps importantes que geralmente aparecem no topo dessas listas, como YouTube, Facebook, Amazon, Gmail e Telegram. Normalmente, os apps do Google costumam ter elevada quantidade de downloads no Android, porque os serviços integrados ao sistema operacional incentivam o uso.

Mesmo assim, o ranking dá um panorama interessante dos protagonistas de vários segmentos, com apps em destaque e setores que cresceram em 2021, como as criptomoedas e os pagamentos digitais.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos