Mercado fechado

Os 7 melhores filmes sobre a Ditadura Militar no Brasil

O Brasil, assim como outros países da América Latina, viveu um período político sombrio entre os anos de 1964 e 1985. Naquela época, instaurou-se no país a Ditadura Militar, um governo autoritário marcado pela falta de liberdade de expressão, por pressões arbritárias e por tortura aos presos políticos.

No audiovisual, o tema foi mostrado em diversas produções, cuja finalidade é não deixar o público esquecer essa “época de chumbo” e retratar os absurdos ocorridos no período.

Entre tais produções destacam-se longa metragens e documentários, que fazem um retrato desse período histórico e contam, inclusive, com depoimentos de políticos e artistas que viveram a época.

Sabendo da importância do tema, o Canaltech listou os 7 melhores filmes que falam sobre a Ditadura Militar no Brasil.

7. O Pastor e o Guerrilheiro

Lançado em 2023, esse filme escrito e dirigido por José Eduardo Belmonte conta a história de dois jovens—João, um comunista e Zaqueu, um evangélico— que se encontram em uma prisão em Brasília, no ano de 1968.

Apesar das diferenças, os dois fazem amizade e prometem se reencontrar 27 anos depois, na Torre de TV da cidade, na noite do ano novo. Acontece que João morre na década de 1990, e o amigo fica sem notícias suas.

Anos mais tarde, Juliana, a filha bastarda de um coronel do exército, descobre que seu pai foi o torturador dos dois jovens, e que eles planejavam se reencontrar. Atordoada com a situação, ela decide, então, ir atrás de Zaqueu, e o encontro dos dois trará muitas surpresas para ambos.

Até o momento desta reportagem, O Pastor e o Guerrilheiro está em cartaz nos cinemas do Brasil. Para assisti-lo, garanta sua entrada pelo ingresso.com.

6. Batismo de Sangue

Baseado no livro homônimo do escritor Frei Betto, Batismo de Sangue foi gravado em um colégio em Belo Horizonte e conta a história de cinco frades dominicanos que lutaram contra a Ditadura Militar, na década de 1960. Por serem considerados comunistas, os religiosos foram presos e torturados.

Dirigido por Helvécio Ratton, o longa foi lançado em 2006 e traz no elenco Caio Blat, Daniel de Oliveira, Odilon Esteves, Luiz Arthur e Kassia Lumi Abe.

Batismo de Sangue está disponível no Looke e no YouTube.

5. O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias

Ambientado no ano de 1970, esse filme conta a história de Mauro, um garoto mineiro de 12 anos que adora futebol e jogo de botão. Um dia, ele é surpreendido pela notícia de que seus pais irão sair de férias e viajar. O que ele não sabia, no entanto, é que sua família na verdade está fugindo do Brasil, com medo de ser perseguida por serem de esquerda.

Confuso e perdido, o garoto passa a morar com o avô e, posteriormente, com Shlomo, seu vizinho judeu e solitário. Sem entender direito o que está acontecendo na sua vida, Mauro se divide entre a saudade dos pais e a alegria de ver o Brasil jogar na Copa do Mundo daquele ano.

Dirigido por Cao Hamburger e estrelado por Caio Blat, Liliana Castro e Simone Spoladore, O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias pode ser assistido no Google Play e no YouTube.

4. O Que é Isso, Companheiro?

Lançado em 1997 pelo diretor Bruno Barreto (Última Parada 174), esse filme mostra um grupo de jovens se organizando para a luta armada após o decreto do AI-5, Ato Inconstitucional mais repressor, decretado pelo presidente Artur da Costa e Silva, no ano de 1968. A ideia do grupo é sequestrar o embaixador dos Estados Unidos para, então, negociar o resgate de militantes presos.

Baseado em um livro de mesmo nome, o filme retrata o fato verídico na visão do jornalista Fernando Gabeira, que participou do movimento.

Você pode assistir O Que é Isso, Companheiro? no Globoplay e no YouTube.

3. Cabra Marcado Para Morrer

Esse documentário de Eduardo Coutinho começou a ser gravado em 1964, e se debruçou sobre a história de João Pedro Teixeira, o líder de uma liga camponesa na Paraíba que foi assassinado por ordem de latifundiários.

Quando explode a Ditadura Militar no Brasil, as gravações são interrompidas e retomadas apenas em 1981, quando o diretor volta ao projeto e vai em busca dos antigos participantes, agora com um olhar sobre como os anos de chumbo do Brasil também influenciaram suas vidas.

Você pode assistir ao documentário Cabra Marcado Para Morrer no Globoplay e no YouTube.

2. Zuzu Angel

Famoso pela bela atuação de Patrícia Pillar e por se basear em uma trama verídica, Zuzu Angel conta a história da estilista de mesmo nome que conquistava o mundo com seu talento. Sua vida era cercada de fama e sucesso, mas tudo mudou quando seu filho Stuart desapareceu na época da Ditadura Militar.

Desesperada, a estilista decidiu fazer justiça com as próprias mãos quando, anos mais tarde, descobriu que o rapaz foi torturado e morto.

Dirigido por Sérgio Rezende, o longa foi lançado em 2006 e traz no elenco Daniel de Oliveira e Leandra Leal. Você pode assistir Zuzu Angel na Apple TV.

1. Tatuagem

Outro filme que fala sobre a Ditadura Militar no Brasil e merece o play é Tatuagem, do diretor Hilton Lacerda. Lançado em 2013, ele é ambientado no ano de 1978 e acompanha a trupe teatral Chão de Estrelas, formada por um grupo de artistas circenses que realizam espetáculos repletos de deboche e de nudez.

O principal destaque do grupo é Paulete (Rodrigo Garcia), uma jovem exibida que adora desafiar os bons costumes da época. Um dia, ela recebe a visita de seu cunhado militar Fininha (Jesuíta Barbosa), que se apaixona rapidamente por Clécio.

Em meio à liberdade daquele lugar, Fininha precisa decidir se entrega-se ao amor ou se continua fiel à repressão imposta pelo governo militar.

Com um elenco de peso, Tatuagem é um filme sobre amor, luta e repressão. Você pode assisti-lo na Netflix, Google Play e Apple TV.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: