Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.512,38
    +480,38 (+0,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.801,68
    +163,32 (+0,34%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,13
    +0,60 (+0,69%)
     
  • OURO

    1.790,40
    -7,70 (-0,43%)
     
  • BTC-USD

    23.909,93
    -113,02 (-0,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    569,15
    -2,76 (-0,48%)
     
  • S&P500

    4.305,20
    +8,06 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.152,01
    +239,61 (+0,71%)
     
  • FTSE

    7.536,06
    +26,91 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    19.830,52
    -210,38 (-1,05%)
     
  • NIKKEI

    28.868,91
    -2,87 (-0,01%)
     
  • NASDAQ

    13.652,00
    -6,25 (-0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2318
    +0,0533 (+1,03%)
     

Os 7 melhores filmes nacionais na HBO Max

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

As produções nacionais têm ganhado destaque nas telas dos cinemas e também dos streamings. A HBO Max reúnem em seu catálogo diversos títulos brasileiros para todos os gostos.

Tem desde as comédias Uma Loucura de Mulher e Bem Casados, até o romance Entre Idas e Vindas, passando pela biografia Bingo: O Rei das Manhãs que mostra a vida do ator que interpretou o palhaço Bozo, um dos mais populares da televisão brasileira da década de 1980.

Outra produção nacional que merece destaque é o longa Legalize Já- Amizade Nunca Morre que mostra Skunk e Marcelo D2 se conhecendo e formando a banda Planet Hemp.

Esses são só alguns dos títulos disponíveis na HBO Max. O Canaltech listou 7 outras produções nacionais para você maratonar na plataforma.

7- Flores Raras

Lançado em 2013, esse filme de Bruno Barreto (Última Parada 174) conta a história de Elizabeth Bishop (Miranda Otto) uma poetisa insegura e tímida que só tem coragem de mostrar seus versos para seu amigo Robert Lowell (Treat Williams).

Em busca de inspiração e motivação para escrever, ela decide viajar até o Rio de Janeiro, onde conhece a arquiteta Lota de Macedo Soares (Glória Pires). A princípio as duas mulheres não se dão bem, mas logo surge uma paixão.

Inspirado em uma história real, o filme além de trazer um romance homoafetivo tem como pano de fundo o período do golpe militar de 1964.

6- Nise: O Coração Da Loucura

Outro filme com Glória Pires que não poderia ficar de fora da nossa lista é esse longa de 2015. Baseado na história real da psiquiatra Nise da Silveira, o filme é ambientado na década de 1950 e mostra a luta da médica contra os tratamentos convencionais para esquizofrenia.

Desse modo, ela decide assumir o setor de terapia ocupacional e traz tratamentos inovadores para pessoas com doenças mentais. Tratamentos esses que eram humanizados e iam contra a tortura aplicada a muitos pacientes.

Com uma atuação impecável de Glória, o filme é um dos nacionais mais bem elogiados e recebeu avaliação positiva de 88% da audiência e dos críticos no site Rotten Tomatoes.

5- Boa Sorte

Com Deborah Secco no elenco, esse filme de Carolina Jabor, conta a história de João (João Pedro Zappa), um jovem problemático de 17 anos que é internado pelo seus pais em uma clínica psiquiátrica.

Lá ele conhece Judite, uma mulher de 30 anos, portadora do vírus HIV e dependente química. Os dois se apaixonam e vivem um romance intenso, mas esse amor está com os dias contados, uma vez que a moça tem pouco tempo de vida.

Além de um texto bem escrito, o filme chama atenção pela caracterização dos personagens. Deborah teve que emagrecer muito para dar vida a Judite e sua caracterização ficou primorosa.

4- O Lobo Atrás da Porta

Esse suspense brasileiro mostra Bernando (Milhem Cortaz) e Sylvia (Fabiula Nascimento), pais de uma criança desaparecida, indo até à delegacia para prestarem queixa.

O delegado (Juliano Cazarré) resolve interrogá-los separadamente e descobre que Bernando tem uma amante; Rosa (Leandra Leal), que também é levada à delegacia para averiguações. A partir desse momento, o policial irá descobrir uma rede de mentiras, vingança e ciúmes envolvedo o trio.

3- O Nome da Morte

Nesse filme conhecemos Júlio Santana (Marco Pigossi); um cidadão de bem, homem caridoso e orgulho para os pais, mas que esconde um segredo; sua verdadeira profissão é ser matador de aluguel! Em seu currículo ele acumula 492 mortes e carrega o desafio de manter essa vida dupla sem que ninguém descubra.

Misturando drama e thriller, o diretor Henrique Goldman acerta ao construir uma narrativa profunda e bem estruturada. Além de Pigossi, completam o elenco Fabiula Nascimento, André Mattos, Tony Tornado, entre outros.

2- O Vendedor de Passados

Adaptado do livro homonimo de José Eduardo Agualusa, esse longa mostra Vicente (Lázaro Ramos), um homem que vende passados às pessoas, criando documentos, fotos e outros indícios falsos.

Tudo vai bem, mas sua vida muda quando uma cliente bonita e misteriosa aparece em seu escritório encomendando uma nova história e fazendo apenas uma exigência: ela quer que em seu passado conste que cometeu um crime.

Dirigido por Lula Buarque de Hollanda, o filme tem no elenco Alinne Moaraes, Odilon Wagner, Ruth de Souza, Mayana Neiva e mais.

1- Júpiter

Esse filme de Marco Abujamra fala sobre família, relações amorosas, confiança e amizade. Com um texto delicado, ele nos apresenta Júpiter (Rafael Vitti), um jovem jogador de xadrez que após perder a mãe vai morar com seu pai, Mário (Orã Figueiredo); um homem que mal conhece.

Acontece que Mario é um detetive particular especialista em revelar casos de adultério, e vai descobrir que seu filho é fruto de um relacionamento extra-conjugal, o que abala seu relacionamento de 25 anos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos