Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.380,49
    -948,51 (-0,80%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.126,51
    +442,96 (+0,99%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,85
    +0,08 (+0,15%)
     
  • OURO

    1.853,20
    -2,00 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    32.350,01
    +247,93 (+0,77%)
     
  • CMC Crypto 200

    653,79
    -23,11 (-3,41%)
     
  • S&P500

    3.855,36
    +13,89 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    30.960,00
    -36,98 (-0,12%)
     
  • FTSE

    6.638,85
    -56,22 (-0,84%)
     
  • HANG SENG

    30.159,01
    +711,16 (+2,41%)
     
  • NIKKEI

    28.822,29
    0,00 (0,00%)
     
  • NASDAQ

    13.455,25
    -20,25 (-0,15%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6392
    -0,0128 (-0,19%)
     

Os 5 segmentos de clubes de assinatura que mais lucraram

Jessica Lima
·1 minuto de leitura

Os clubes de assinatura podem ser uma forma de construir uma relação duradoura com o consumidor.

Seu faturamento cresceu 10% até setembro deste ano, comparado com o mesmo período de 2019, de acordo com levantamento da Betalabs, especialista em tecnologia para gestão de comércio eletrônico.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Até o fim deste ano, a alta deve ser de 12%.

O setor contava com 300 empresas em 2015. Atualmente, são quase 4 mil, sendo que só durante a pandemia 800 novos clubes de assinatura foram abertos no Brasil.

Por dia, cerca de 600 novos consumidores assinam o serviço e só em 2019, esse mercado movimentou cerca de R$ 1 bilhão.

Os segmentos que mais se destacaram foram:

1- Livros (27%)

2- Bebidas (18%)

3- Alimentos (17%)

4- Cuidados pessoais (12%)

5- Pet (11%)

A maior parte dos clientes são de São Paulo (30%), Rio de Janeiro (13%), Minas Gerais (12%) e Rio Grande do Sul (9%).

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube