Mercado fechado

Os 5 problemas que o novo presidente do Botafogo vai ter que resolver

Antonio Mota
·2 minuto de leitura

O Botafogo escolheu na última terça-feira (24) o seu novo presidente. Eleito, Durcesio Mello vai ocupar o cargo máximo do Glorioso pelos próximos quatro anos (2021/24) e vai ter muito trabalho, mas quais serão os problemas que deverão ser vistos como prioridade pelo sucessor de Nelson Mufarrej? Confira abaixo 5 pontos que o cartola vai ter que dar uma atenção extra.

1. Crise financeira

O Botafogo tem uma dívida muito alta, e Mello vai ter que encará-la. | Buda Mendes/Getty Images
O Botafogo tem uma dívida muito alta, e Mello vai ter que encará-la. | Buda Mendes/Getty Images

O Botafogo vive uma situação financeira desastrosa, com pessoas importantes de dentro do clube falando até em “falência”, e essa certamente será o principal foco da dor de cabeça do cartola. Atualmente, o clube tem uma dívida de mais de R$ 890 milhões, segundo publicação da Gazeta Esportiva, o que acarreta em penhoras, dificuldades para arcar com compromissos básicos etc.

2. Cuidados com a ‘base’

O Glorioso tem perdido suas crias muito fácil. | Buda Mendes/Getty Images
O Glorioso tem perdido suas crias muito fácil. | Buda Mendes/Getty Images

O Botafogo enfrenta vários problemas por conta de sua forte crise financeira e um deles é a “fragilidade” das categorias de base. Isto é, o clube tem uma base muito boa e sempre revela jogadores, mas não consegue mantê-los e acaba perdendo-os facilmente e sem uma compensação financeira adequada.

Recentemente, por exemplo, o Alvinegro vendeu o garoto Luis Henrique para o Olympique de Marseille por 8 milhões de euros, mas ficou com apenas 3,9 milhões, uma vez que tinha somente 40% do passe do atacante.

3. Futebol

O Botafogo vive uma crise, também, dentro de campo. | Bruna Prado/Getty Images
O Botafogo vive uma crise, também, dentro de campo. | Bruna Prado/Getty Images

Outro ponto que vai precisar de muita atenção: o futebol alvinegro. Eliminado de todos os torneios que disputou no ano, o Botafogo não consegue emplacar no Campeonato Brasileiro. Atualmente, o time é o vice-lanterna da competição e tem apenas 20 pontos – aproveitamento de apenas 31.7%. A chance de rebaixamento é cada vez mais real.

E mais: Mello também vai ter que dar uma atenção maior para o departamento de futebol do clube. Foram muitas contratações e poucas deram algum retorno.

4. Sócio-torcedor

O Botafogo tem uma torcida apaixonada e precisa dela. | Wagner Meier/Getty Images
O Botafogo tem uma torcida apaixonada e precisa dela. | Wagner Meier/Getty Images

O Botafogo tem uma torcida super apaixonada e precisa dela para se levantar. O clube tem que pensar em formas de fazer com que os seus adeptos se tornem uma fonte de renda maior. Atualmente, o time tem apenas 31.663 sócios-torcedores, o que é pouco para uma equipe tão grande.

5. Botafogo S/A

A S/A vai sair ou não? | Bruna Prado/Getty Images
A S/A vai sair ou não? | Bruna Prado/Getty Images

O Botafogo fala há mais de um ano sobre a S/A e até agora nada. Se essa é a solução, como tanto falam sócios, dirigentes, especialistas etc., é hora de correr atrás e encontrar uma forma de fazer com que isso aconteça. Mello se diz otimista sobre o assunto, mas é preciso mais. É preciso fazer acontecer.