Mercado fechado
  • BOVESPA

    101.252,93
    -662,52 (-0,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.119,96
    +421,24 (+0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,30
    -0,88 (-1,33%)
     
  • OURO

    1.781,80
    +5,30 (+0,30%)
     
  • BTC-USD

    57.085,76
    -509,02 (-0,88%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.454,90
    -14,19 (-0,97%)
     
  • S&P500

    4.539,35
    -27,65 (-0,61%)
     
  • DOW JONES

    34.195,07
    -288,65 (-0,84%)
     
  • FTSE

    7.168,68
    +109,23 (+1,55%)
     
  • HANG SENG

    23.658,92
    +183,66 (+0,78%)
     
  • NIKKEI

    27.935,62
    +113,86 (+0,41%)
     
  • NASDAQ

    16.027,75
    -122,75 (-0,76%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4153
    +0,0453 (+0,71%)
     

Os 5 países onde a tecnologia 5G é mais utilizada e popular

·3 min de leitura
Woman wearing augmented reality glasses at night
Woman wearing augmented reality glasses at night

Com a promessa de revolucionar a maneira como nos conectamos, a tecnologia 5G (evolução do 3G e 4G), já está presente em 65 países, totalizando 1.662 cidades. O levantamento foi divulgado em junho desse ano, pela Viavi Solutions, empresa atuante no fornecimento de redes e serviços de telecomunicação.

No Brasil, a tecnologia ainda não foi implementada. Está previsto para o próximo dia 4 de novembro o leilão realizado pela Anatel (Agência Nacional das Telecomunicações) das faixas de frequência 5G para o país e já é esperado que o certame atraia uma grande quantidade de interessados e movimente cerca de R$ 50 bilhões. A previsão para o país é que até julho de 2022 a tecnologia esteja presente nas 26 capitais e em Brasília.

Enquanto não chega por aqui, alguns países desde 2019 já utilizam o 5G que oferece vantagens para os usuários como acessar jogos, fazer downloads com maior qualidade e assistir vídeos por streaming com uma velocidade muito maior do que a oferecida pelo 4G. Outros avanços proporcionados pela tecnologia incluem um aumento de dispositivos conectados por área, o que leva a uma maior cobertura.

Veja a seguir quais são os países que mais utilizam a tecnologia 5G, ou seja, que tem a maior proporção de usuários e tempo em uma conexão ativa:

  1. Coréia do Sul

  2. Arábia Saudita

  3. Kuwait

  4. Hong Kong

  5. Estados Unidos

Coréia do Sul

O país asiático é o que mais utiliza a nova geração de internet móvel. São usuários conectados em 28,1% do tempo a uma conexão 5G. A Coréia do Sul foi o primeiro país do mundo a lançar o 5G comercialmente, em abril de 2019. Atualmente, são 85 cidades do país que possuem cobertura 5G.

Arábia Saudita

Em segundo lugar está Arábia Saudita, com usuários conectados em 26,6% do tempo a uma conexão 5G. O lançamento da tecnologia foi implementado pela empresa STC Group e ocorreu em junho de 2019. A velocidade média de download no país é de 414,2 Mbps, o que é na atualidade a maior velocidade de 5G no mundo.

Kuwait

O Kuwait foi pioneiro na introdução do 5G em 2018, mas o lançamento para uso comercial ocorreu em junho de 2019. O país é o terceiro no ranking de usuários conectados ao 5G. São 26,3% do tempo utilizando a nova tecnologia.

Hong Kong

Em segundo lugar, com 25,3% do tempo utilizado pelos usuários para estar conectado à cobertura 5G, está Hong Kong. A tecnologia chega a 11 dos 18 distritos do território, embora o serviço esteja disponibilizado em 90% das principais áreas do país que é uma Região Administrativa da China.

Estados Unidos

O país norte-americano também está entre os mais populares no uso do 5G. São 20,8% do tempo utilizado pelos usuários que substituem o 4G pelo 5G. A empresa Verizon foi a implementadora da nova tecnologia no país em abril de 2019, iniciando pelas cidades de Chicago e Minneapolis.

*Com informações da Revista Exame e Olhar Digital.

**Os números referentes a tempo e usuários do 5G foram levantados pela Statista, empresa alemã especializada em dados de mercado e consumidores.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos