Mercado fechará em 1 h 1 min
  • BOVESPA

    107.136,43
    +889,28 (+0,84%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.480,83
    +1.086,80 (+2,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    112,01
    +2,42 (+2,21%)
     
  • OURO

    1.839,70
    +23,80 (+1,31%)
     
  • BTC-USD

    30.194,96
    +1.056,43 (+3,63%)
     
  • CMC Crypto 200

    671,71
    +19,47 (+2,99%)
     
  • S&P500

    3.928,21
    +4,53 (+0,12%)
     
  • DOW JONES

    31.437,78
    -52,29 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.302,74
    -135,35 (-1,82%)
     
  • HANG SENG

    20.120,68
    -523,62 (-2,54%)
     
  • NIKKEI

    26.402,84
    -508,36 (-1,89%)
     
  • NASDAQ

    11.991,50
    +56,00 (+0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1847
    -0,0336 (-0,64%)
     

Os 5 melhores jogos de Pokémon

Pokémon é uma franquia que atravessa gerações. Com 26 anos desde a primeira vez que vimos Pikachu e companhia, a Game Freak lançou 8 gerações de jogos, por isso, resolvemos listar os melhores jogos da marca a seguir.

Nessa lista, consideramos os jogos que seguem o conceito principal da franquia: caçar monstrinhos de bolso em um RPG por turnos. Ou seja: jogos como Pokémon Stadium, Pokémon Pinball ou New Pokémon Snap, por mais que sejam excelentes, não foram considerados, combinado? Também é importante mencionar que a lista não segue uma ordem de preferência.

5. Pokémon Black e White/Black e White 2

Os jogos da quinta geração de Pokémon continuam a mudança de tom no estilo da franquia iniciado em Diamond e Pearl. Apesar de manter o foco em uma organização tentando causar o caos e dominar o mundo, em Unova, o rival N mostra uma vertente parecida com o sentimento de “Pokémon são amigos” que os treinadores bonzinhos possuem.

A diferença é que N entende que nenhum humano além dele acredita nisso, por isso, quer libertar todos os Pokémon do mundo, forçando que outros treinadores se separem para sempre de seus fiéis companheiros.

Em Black e White 2, algo novo acontece na franquia de Pokémon. Enquanto os outros jogos contavam com uma terceira versão que aglutinava os dois jogos principais e apresentava algumas mudanças, BW2 continua a história anterior, sendo uma sequência direta dos acontecimentos que envolveram N, o Team Plasma, Reshiram e Zekrom. Dessa vez, o pai de N e líder do Neo Team Plasma é quem causa o caos na região de Unova, e cabe os novos treinadores acabarem de uma vez por todas com os planos de Ghetsis.

Com um rival com motivações que vão além de enfrentar o personagem principal para melhorarem suas habilidades de combate, Pokémon Black e White, bem como sua sequência, são quatro excelentes jogos que se complementam como um dos melhores jogos de Pokémon.

Pokémon Black e White e Pokémon Black e White 2 são exclusivos de Nintendo DS.

4. Pokémon Legends: Arceus

O formato dos jogos de Pokémon é considerado batido para muitos fãs e sempre existe um debate interminável na comunidade sobre como a marca pode se renovar e se adequar às novas gerações. Pokémon Legends: Arceus busca esse respiro para os fãs que já estavam sem paciência para a fórmula dos outros games da franquia.

Com um mundo “semi-aberto”, onde o jogador vai até grandes áreas exploráveis nos mapas, Pokémon de vários tipos são encontrados na selva, vivendo, se alimentando e preparados para atacar algum treinador desavisado que tentar provocá-los. Se passando nos primórdios da região de Sinnoh, aqui chamada Hisui, um jovem é transportado do futuro por Arceus para completar a “Pokédex” do passado.

Usando várias mecânicas novas, como os Mass Outbreaks e também os Alpha Pokémon, Pokémon Legends: Arceus pode pecar bastante no poderio gráfico, mas compensa mudando os rumos da franquia para finalmente evoluir de vez.

Pokémon Legends: Arceus é exclusivo de Nintendo Switch

3. Pokémon X e Pokémon Y

Situados na região de Kalos, Pokémon X e Pokémon Y são os primeiros jogos da franquia para o Nintendo 3DS. Com novidades como as Mega Evoluções e o salto gráfico que o console portátil proporciona, a charmosa região inspirada na França entrega uma aventura sobre a amizade entre humanos e Pokémon, e sobre como esse sentimento pode perdurar por milhares de anos e ser o motivo para grandes catástrofes no mundo da franquia.

Da trama envolvendo AZ, sua Floette e a guerra que aconteceu na região e marcou o começo das Mega Evoluções, até as belas paisagens inspiradas em cidades francesas, Kalos é uma das regiões mais celebradas de Pokémon, e com muita razão.

Pokémon X e Y são exclusivos de Nintendo 3DS.

2. Pokémon Diamond/Pearl/Platinum

A região de Sinnoh foi a pedra fundamental para a mudança de tom na franquia Pokémon. O Team Galactic tenta usar os poderes de Palkia e Dialga para reconstruir o universo e dominar o mundo inteiro, realizando seu grande plano maligno. E, obviamente, cabe ao jogador impedir o caos cósmico e que o universo seja destruído. Pouca coisa nos ombros de uma criança de 11 anos, não é?

Brincadeiras a parte, o jogo oferecia também a retrocompatibilidade com títulos do Game Boy Advance, através do Pal Park, em que era possível armazenar os seus monstrinhos de outros games e trazê-los para a região da quarta geração.

As bases subterrâneas, que ficaram conhecidas durante Pokémon Ruby e Sapphire, retornam também nessa geração. A Global Trade Station, forma de trocar Pokémon com pessoas ao redor do mundo, é até hoje utilizado nos jogos, apesar de ter sofrido algumas modificações. Em Pokémon Platinum, assim como em outros títulos da franquia que possuem um terceiro título, foca em um lendário completamente novo — nesse caso, Giratina.

Pokémon Diamond, Pearl e Platinum são jogos exclusivos para o Nintendo DS.

1. Pokémon HeartGold e SoulSilver

Lançado em comemoração aos 10 anos de Pokémon Gold e Pokémon Silver, os remakes da segunda geração são um exemplo prático de como refazer uma obra respeitando o material original, mas sem deixar as novidades de lado. Adicionando um sistema que permite que o primeiro Pokémon da sua equipe caminhe ao lado do treinador, o jogo pega o conceito usado em Pokémon Yellow com o Pikachu e transporta para uma versão em que você pode ter qualquer um dos seus monstrinhos de bolsos preferidos andando ao seu lado.

A história é a mesma dos originais, com seu personagem sendo um jovem treinador de New Bark Town que recebeu seu Pokémon inicial do Professor Elm e tem Silver como rival. O jogador explora o continente de Johto, descobre mistérios sobre os três cães lendários e finalmente chega em Kanto, região da primeira geração de monstrinhos, para acabar com a Equipe Rocket de uma vez por todas.

No fim da jornada, ainda existe uma impressionante batalha contra Red, o personagem principal de Pokémon Red e Blue, que no remake é a nova versão do lendário treinador, apresentada em Pokémon Fire Red e Leaf Green.

Esses são os cinco melhores jogos de Pokémon, na nossa opinião. Discorda de algum deles? Acredita que faltou algum game na lista? Compartilhe nas redes sociais e conte qual é o seu game favorito da franquia.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos