Mercado abrirá em 6 h 59 min
  • BOVESPA

    113.430,54
    +1.157,53 (+1,03%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.564,27
    +42,84 (+0,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,22
    +0,35 (+0,44%)
     
  • OURO

    1.941,60
    -3,70 (-0,19%)
     
  • BTC-USD

    23.141,24
    +279,12 (+1,22%)
     
  • CMC Crypto 200

    524,33
    +5,54 (+1,07%)
     
  • S&P500

    4.076,60
    +58,83 (+1,46%)
     
  • DOW JONES

    34.086,04
    +368,95 (+1,09%)
     
  • FTSE

    7.771,70
    -13,17 (-0,17%)
     
  • HANG SENG

    21.902,35
    +60,02 (+0,27%)
     
  • NIKKEI

    27.345,35
    +18,24 (+0,07%)
     
  • NASDAQ

    12.110,00
    -42,00 (-0,35%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5184
    +0,0028 (+0,05%)
     

Os 10 melhores jogos de tiro para PlayStation 3

Terceira geração do popular console da Sony, o PlayStation 3 não teve um início de vida muito positivo — devido à sua arquitetura customizada, o aparelho deu trabalho aos desenvolvedores, resultando em games mal otimizados, que não conseguiam extrair a alta performance prometida pela gigante japonesa. Mesmo assim, com o tempo e auxílio da fabricante, títulos de peso foram lançados, garantindo uma biblioteca respeitável ao console.

A vasta variedade de games lançados para o PS3 contou com alguns dos jogos de tiro que não apenas definiram a geração, como também são referência até hoje. Pensando nisso, o Canaltech listou 10 dos melhores jogos de tiro lançados para o PlayStation 3.

10. Binary Domain

Título obscuro desenvolvido pela Ryu Ga Gotoku Studio, mesmo grupo responsável pela série Yakuza, e publicado pela Sega, Binary Domain é um game de tiro em terceira pessoa (TPS) que coloca o jogador no papel de um esquadrão na Tóquio de 2080 com a missão de impedir que um exército de robôs, que já controla a capital japonesa, domine o mundo.

Com gameplay sólido, mecânicas únicas, elementos estratégicos para derrotar as máquinas e algumas batalhas absurdas, o game proporciona uma experiência imersiva e um tanto divertida, mas não chegou a gerar a comoção esperada.

9. Borderlands

Uma das franquias de tiro mais populares, Borderlands teve início na era do PS3 com o título original, que leva os jogadores a enfrentarem um cenário apocalíptico no planeta Pandora em meio a uma trama surpreendentemente densa.

Com personagens carismáticos, gameplay bem polida, armas absurdas e um modo multiplayer cooperativo extremamente caótico e divertido, o game conquistou espaço e atualmente encontra-se em seu terceiro título numerado, acompanhado de séries spin-off populares como Tales from the Borderlands e Tiny Tina’s Wonderlands.

8. Vanquish

Umas das primeiras apostas da Platinum Games, lendária produtora de games de ação populares como Bayonetta e Metal Gear Rising: Revengeance, Vanquish chamou atenção pelo gameplay intenso que mescla mecânicas de tiro e hack ’n’ slash — uma das marcas registradas do estúdio —, incluindo movimentação ágil e até o famoso bullet time, fugindo da fórmula tradicional de cada gênero.

Também baseada em um cenário futurista, a produção leva os jogadores a enfrentarem terroristas que atacam uma grande estação de energia solar, desenvolvida para contornar o colapso energético da humanidade, com batalhas extremas e algumas reviravoltas pelo caminho.

7. Spec Ops: The Line

Mais um integrante do gênero TPS, Spec Ops: The Line apresenta um gameplay simples, mas sólido, e realmente chama atenção pelo enredo, inspirado no longa Apocalypse Now e no romance O Coração das Trevas.

No game, o jogador assume um grupo de soldados norte-americanos em operação para buscar sobreviventes em uma Dubai arrasada por uma gigantesca tempestade de areia, e no processo acabam tendo a “moralidade desafiada” (como aponta a própria descrição do game) com decisões complexas e grandes reviravoltas.

6. Bulletstorm

Título desenvolvido pelo time da People Can Fly, estúdio também responsável pelo desenvolvimento de Gears of War: Judgment e, mais recentemente, Outriders, Bulletstorm foi outro jogo de tiro em primeira pessoa que chegou ao PS3 desafiando os conceitos tradicionais do gênero.

Além das armas, os jogadores tinham acesso a poderes especiais que incluíam manipular a gravidade para aumentar a pontuação ao obter mortes estilosas, em meio a um enredo de vingança e sobrevivência.

5. Crysis 3

Terceiro título da franquia que é referência em gráficos até os dias atuais, Crysis 3 não é o título mais aclamado da saga, mas poliu elementos dos antecessores e levou o PlayStation 3 ao limite (até demais, como métricas de desempenho comprovaram). O título coloca os jogadores de volta em Nova York, agora tomada pela vegetação, trazendo algumas novidades interessantes para o gameplay, como a adição de arco e flecha.

Crysis 3 (assim como os títulos anteriores) recebeu uma versão remasterizada para PS5, Xbox Series X e S, Nintendo Switch e PC com desempenho aprimorado e inúmeras melhorias visuais, incluindo elementos de iluminação com Ray Tracing.

4. Killzone 3

Último título da franquia de tiro da Guerilla Games para o PlayStation 3, Killzone 3 foi o mais grandioso da saga até então e outro título a levar o PS3 ao limite. O game se destacava pelo grande foco na narrativa, com momentos épicos, e teve sucesso com o modo multiplayer, mesmo em meio a gigantes como Call of Duty e Battlefield.

Killzone 3 também fez parte da leva de jogos exclusivos que marcaram o retorno dos fortes investimentos da Sony na América Latina e no Brasil, contando com localização completa com dublagem para PT-BR.

3. Call of Duty: Modern Warfare 2

Call of Duty: Modern Warfare 2 não apenas é um dos melhores jogos de tiro do PS3, como ainda um dos títulos mais aclamados da franquia, com gameplay bem ajustado e momentos intensos na campanha que geraram discussões internet afora, incluindo o tiroteio em uma favela fictícia no Rio de Janeiro e a polêmica cena no aeroporto russo.

O game também ficou conhecido pelo multiplayer online popular, e as missões Spec Ops, que colocavam o jogador para cumprir tarefas específicas em situações de guerra com a possibilidade de realizá-las em modo cooperativo. Modern Warfare 2 recebeu um remake completo com inúmeras melhorias visuais para PS4, PS5, Xbox One, Xbox Series X e S e PC.

2. Max Payne 3

Último título de uma das mais icônicas franquias da Rockstar Games, Max Payne 3 foi outra vitrine das capacidades do PS3, elevando as mecânicas de gameplay dos jogos anteriores e, como de costume para a desenvolvedora, entregando gráficos bastante impressionantes para a época (incluindo uma mudança visual para Max Payne que gerou discussões).

No game, agora um ex-policial tomado pelo vício em analgésicos, Max deixa Nova York para trás e se torna segurança particular de uma família abastada em São Paulo, no Brasil, buscando fugir do passado. Após o sequestro da esposa de um de seus novos empregadores, o protagonista acaba envolvido em uma trama complexa, buscando entender o que realmente estava acontecendo.

1. Bioshock

Fortemente inspirado por títulos clássicos como System Shock, Bioshock foi apresentado ao mundo na era do PS3, estabelecendo alguns dos pilares e mecânicas de gameplay adotadas em jogos de tiro modernos.

Seu principal diferencial na época do lançamento foi a adição dos Plasmids, poderes que inseriram um elemento mais estratégico à jogatina, possibilitando, por exemplo, eletrocutar múltiplos inimigos ao lançar eletricidade em uma área tomada pela água.

O enredo também chamou atenção, tanto pelo ritmo e inspiração nos anos 1950, quanto pelo enorme plot twist presente no final. Assim como alguns dos outros títulos desta lista, Bioshock foi remasterizado para os consoles atuais com refinamentos gráficos e melhorias significativas de desempenho.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: