Mercado fechará em 1 h 40 min
  • BOVESPA

    107.843,32
    -878,26 (-0,81%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.523,14
    -525,91 (-0,97%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,75
    +2,64 (+3,56%)
     
  • OURO

    1.886,30
    +6,80 (+0,36%)
     
  • BTC-USD

    22.982,29
    -21,71 (-0,09%)
     
  • CMC Crypto 200

    528,40
    +2,45 (+0,47%)
     
  • S&P500

    4.115,88
    +4,80 (+0,12%)
     
  • DOW JONES

    33.833,41
    -57,61 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.864,71
    +28,00 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    21.298,70
    +76,54 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    27.685,47
    -8,18 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    12.571,75
    +56,25 (+0,45%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5476
    +0,0283 (+0,51%)
     

Os 20 melhores jogos disponíveis no Xbox Game Pass

Sem dúvidas, o Xbox Game Pass é o melhor serviço que existe atualmente no mundo dos games. Tornando-se um assinante, o jogador tem acesso a centenas de jogos, que podem ser aproveitados nos Xbox, no PC e até mesmo via nuvem com o Cloud Gaming.

No ar desde 2017 e custando a partir de R$ 29,90 por mês, o catálogo de jogos do Game Pass é renovado mensalmente, oferecendo novos jogos, DLCs, vantagens e itens para títulos já disponíveis nas plataformas. Ainda que muitos games deixem o serviço, sempre terá algo ótimo para você aproveitar, dos mais variados gêneros e para diferentes idades.

Para mostrar alguns dos grandes sucessos que compõem o parrudo catálogo do Game Pass, o Canaltech destacou os 20 melhores games que estão disponíveis agora para os assinantes.

20. Ryse: Son of Rome

Ryse: Sof of Rome foi um dos primeiros games anunciados para o então novato Xbox One. Desenvolvido pela Crytek, o game pode não ser dos mais divertidos devido ao seu combate um pouco repetitivo, mas o enredo criado para o jogo e os gráficos seguem chamando atenção até hoje. Vale — e muito — pela campanha.

Aqui, você está na pele do soldado romano Marius Titus, que teve sua vida transcorrida no game desde a infância até se tornar um dos chefes do exército da capital do mundo. Com enredo fictício, mas muitos personagens históricos presentes, Ryse trazia um combate simples, mas eficiente. Muito embora sua jogabilidade tenha sido criticada por ser repetitiva, a curva de aprendizado, a quantidade de inimigos e os movimentos verossímeis o tornava um jogo divertido.

19. Mortal Kombat 11

Melhor jogo da franquia Mortal Kombat em todos os tempos, Mortal Kombat 11 traz tudo aquilo que o fã de jogos de luta quer e precisa para se divertir, mas, claro, com as características únicas dessa histórica série. Com combate intenso, técnico e com uma enorme variedade de golpes, gráficos estonteantes e um modo história robusto, MK11 serviu para mostrar que era, sim, possível acrescentar novos elementos á série sem descaracterizá-la.

Depois de Mortal Kombat 9 e Mortal Kombat X seguirem mais ou menos a mesma linha, MK11 aprimorou tudo, fazendo deste o título definitivo em termos de mecânicas e técnicas de luta. O encaixe dos golpes está muito mais polido e necessita de maior precisão e agilidade na execução dos comandos por parte do jogador. Muito embora isso exija uma curva de aprendizado maior, é uma manobra interessante para atrair mais jogadores para o game. Os tutoriais, que são muito completos, podem ajudar muito nesse sentido, inclusive para veteranos de MK.

18. Dragon Ball FighterZ

Se você é fã de Dragon Ball e gosta de jogos inspirados no anime, certamente vai considerar Dragon Ball FighterZ perfeito. É o sonho de infância de muita gente que perdeu horas jogando os games do PlayStation 1, que nem tinham tanta qualidade assim, mas que conseguiam trazer um pouco da experiência da TV para as suas mãos.

No game desenvolvido pela ArcSystem Works, temos uma jogabilidade convidativa, gráficos perfeitos e semelhantes ao anime e toda a dinâmica que se espera de uma pancadaria envolvendo os personagens de Dragon Ball. É jogo obrigatório para quem assina o Game Pass.

17. Ori and The Will of the Wisps

Depois do sucesso de Ori and The Blind Forest, o novo Ori traz um novo mundo, com ainda mais locais para se explorar e criaturas para encontrar. Com novas mecânicas, o sucessor consegue ser tão bom quanto o original, oferecendo uma experiência para os fãs do título de 2015 e também para quem nunca tinha jogado.

Além disso, separe alguns lencinhos, porque você provavelmente vai derrubar algumas lágrimas já nos primeiros minutos de jogo. Saiba também que os chefões são desafiadores e vão exigir muita paciência e agilidade do jogador.

16. DOOM Eternal

Sucesso entre a crítica e os fãs da Bethesda, a sanguinária e metaleira aventura do Doom Slayer é um dos melhores shooters já lançados. Doom Eternal é ótimo para quem quer desligar a cabeça e meter bala nas criaturas demoníacas.

Caso você se importe com a história, recomendamos que jogue o DOOM de 2016 primeiro, já que o game também está disponível no catálogo do Game Pass.

15. Forza Horizon 5

A cada lançamento da franquia Forza Horizon, a Playground Games e a Microsoft se superam em seu jogo de corrida em mundo aberto. No quinto game da série, os corredores exploram o México com mais de 400 carros e centenas de ruas e avenidas para gastar pneu.

O game é capaz de agradar a todos, desde aqueles que só querem passear e querem uma experiência básica, até os que jogam usando volantes e pedais. Com um ambiente pulsante e corridas desafiadoras, Forza Horizon 5 é um dos melhores jogos do Game Pass.

14. Gears 5

Lançado em 2019, o FPS da The Coalition pode ser considerado uma revolução dentro da franquia. Além de trazer um enredo bem mais convincente do que seu antecessor, o game apresenta novos modos de jogo online e inclui elementos de RPG em sua jogabilidade

Gears 5 também apresenta um sistema de progressão inédito e gráficos estonteantes (os melhores da geração, para muitos).

13. UNSIGHTED

O indie brasileiro foi uma grata surpresa em 2021. Desenvolvido pelo estúdio Pixel Punk e publicado pela norte-americana Humble Games, parceira da Microsoft, o metroidvania Unsighted tem uma história muito sensível, vai fundo na diversidade e conta com ótimas mecânicas de combate e exploração.

12. Control

Lançando em 2019, a história de Control mostra a jornada de Jesse Faden, que busca entender como ela virou a Diretora de uma empresa que está sob uma ameaça sobrenatural, enquanto busca informações sobre o irmão.

A aventura misteriosa exige um pouco de atenção para entender a complexa trama de viagens no espaço tempo, mas foi um dos jogos mais elogiados do ano em que foi lançado.

11. Dragon Age: Inquisition

O amado RPG medieval da BioWare mora no coração dos fãs muito por conta de suas diversas possibilidades, em especial as opções de romance com NPCs. Para quem gosta de jogos com decisões importantes, Dragon Age: Inquisition é um prato cheio, pois praticamente toda ação tem uma consequência em algum momento do game.

Vale destacar que ele está disponível pelo EA Play, incluso na versão de PC e Ultimate do serviço.

10. Hellblade: Senua’s Sacrifice

Ambientado na mitologia nórdica, Hellblade: Senua's Sacrifice mostra a jornada de Senua, uma guerreira celta que vai até o submundo para buscar a alma de seu amor Dillion. Porém, no percurso, ela deve enfrentar poderosas inimigas: as vozes de sua cabeça.

O jogo foi desenvolvido com a ajuda de neurocientistas e pessoas com psicose para criar uma representação única de melancolia e angústia. A sequência Senua's Saga: Hellblade II já está em desenvolvimento pela Ninja Theory e, quando for lançada, chegará direto no Game Pass.

9. Psychonauts 2

A aparência engana aqui, já que o segundo jogo da aventura de Raz tem um visual que parece infantil. No entanto, o jogo traz mecânicas para os jogadores mais velhos e uma história focada em saúde mental com muito bom humor.

Como os desenhos antigos, há detalhes no game que só os adultos vão entender, mas Psychonauts 2 é uma aventura para todos, em especial os amantes de jogos de plataforma.

8. Star Wars Jedi: Fallen Order

Após a Ordem-66, os Jedi foram caçados e executados por todos os planetas e sistemas. Um dos sobreviventes do ataque dos Clones comandos pelos Sith foi Cal Kestis, que cresceu trabalhando em um lixão, sem revelar sua verdadeira natureza.

Depois de alguns problemas, ele deve voltar a sua natureza com a Força e ajudar a restaurar o equilíbrio — e é aqui que começa o game da EA. Apesar de alguns bugs e problemas de balanceamento, Star Wars: Jedi Fallen Order oferece uma ótima história para os fãs de Star Wars e tem combates incríveis com sabre de luz.

O jogo está disponível através do EA Play, ou seja, apenas para os assinantes do Ultimate e do pacote de PC.

7. Halo: Reach

Lançado em setembro de 2010 para o Xbox 360, Halo: Reach é considerado por muitos fãs da franquia como o melhor Halo já feito.

Com combate bem semelhante ao que vimos em Halo 3, em Reach somos dominados por uma narrativa sem precedentes dentro da franquia, trilha sonora cinematográfica e, claro, a jogabilidade viciante característica do shooter, com muitas armas e ação frenética.

6. Black

Um clássico da geração do primeiro Xbox, Black foi um jogo distópico em termos de jogabilidade, enredo e progressão. Desenvolvido pela Criterion Games (franquia Burnout), o game é sempre lembrado por fãs do gênero em muitas listas de melhores de todos os tempos. Aqui é onde se separam os homens dos meninos.

Com jogabilidade extremamente verossímil, o jogador precisa escolher bem que tipo de índole terá na progressão da campanha, pois a variedade de inimigos e a dificuldade é alta. Um dos motivos para isso é que só podemos carregar duas armas por vez, além de granadas, que ajudam em momentos de aperto (que são muitos).

5. Hades

Além de vencer diversos prêmios técnicos, artísticos e de melhor jogo entre 2020 e 2021, a saga de Zagreu faz jus a todos os prêmios e louros do público. O roguelike mistura uma ótima narrativa com diversos elementos da mitologia grega, indo do bom humor à momentos profundos.

Mesmo que você não goste do gênero, ainda vale a pena dar uma chance ao gameplay de Hades, que não pune o jogador por completo quando é derrotado. Sim, você terá que recomeçar a fuga do inferno do zero, mas será recompensado por isso.

4. Yakuza: Like a Dragon

A história de Yakuza: Like a Dragon acompanha o novo protagonista, Ichiban Kasuga, condenado a 18 anos de prisão após assumir a culpa por um crime que não cometeu. Fora do cárcere, ele descobre que a máfia japonesa não é mais como antes, o que reflete nas novidades do sétimo game.

O sistema de batalha foi alterado para combates dinâmicos de RPG, para se aproximar de outros sucessos japoneses como Dragon Quest, Pokémon e Persona 5. Agora, cada personagem possui uma profissão com habilidades e atributos próprios.

3. It Takes Two

Eleito Jogo do Ano no The Game Awards 2021, It Takes Two é um dos games cooperativos mais divertidos e originais já feitos. A história é bem “comum”, mostrando o divórcio entre Cody e May e como isso afeta a filha. O casal é transformado em bonecos e devem reaprender a conviver e a trabalhar juntos para voltarem a serem humanos.

O game mistura diversas mecânicas e conta com minigames muito divertidos, criando uma experiência completa para quem sente falta de bons “jogos de dois”. O título também faz parte do pacote EA Play, incluso no Xbox Game Pass Ultimate.

2. Halo Infinite

Depois de muita espera, os fãs da saga de Master Chief podem explorar uma experiência inédita na franquia. Com novas características no combate e na progressão, Halo Infinite pode ser considerado um dos melhores da franquia.

Quem é fã de longa data terá uma ótima experiência, mas quem nunca jogou também aproveitará muito o FPS, já que o jogo não depende totalmente dos títulos anteriores para funcionar e ser compreendido.

1. Gears of War 2

Em qualquer lista produzida sobre melhores jogos do Xbox em todos os tempos, independentemente se é sobre o serviço do Game Pass ou não, Gears of War 2 merece estar.

Simplesmente primososo, o jogo simplesmente pegou tudo o que seu antecessor fez e melhorou. Quase que uma unanimidade de crítica, quando ele foi lançado a sensação era de que tínhamos chegado ao ápice do que o entretenimento em videogames pode nos oferecer, já que conseguiu aliar, de fato, a melhor história (que nunca foi superada) a uma jogabilidade considerada perfeita para a época e que moldou os demais jogos desde então, muito mais do que o primeiro.

O enredo se passa 6 meses após os eventos de Gears of War, quando milhares de Locust sobreviveram ao embate contra a COG e estão usando um método para afundar cidades inteiras. A partir daí, Marcus Fenix e seu esquadrão precisam invadir o habitat dos monstros e tentar descobrir o que está tragando esses locais e acabando com o que restou de Sera. Mas, ao adentrar nesse novo mundo, o Esquadrão Delta descobre segredos obscuros e acaba descobrindo a real ideia dos Locust, algo que também acabou determinando o enredo até mesmo de Gears 5.

Com perdas irreparáveis (não vamos dar spoiler) e muita emoção, Gears of War 2 é, até hoje, o game da franquia com melhor enredo e narrativa. Na jogabilidade, o principal acréscimo foi o balanceamento das armas, sobretudo das mais pesadas. Os modos de jogo online também ganharam novidades, com a chegada, por exemplo, do modo Horda.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: