Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.647,99
    +1.462,52 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.798,38
    +658,14 (+1,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,66
    +1,35 (+1,66%)
     
  • OURO

    1.768,10
    -29,80 (-1,66%)
     
  • BTC-USD

    61.233,72
    -1.058,53 (-1,70%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.464,06
    +57,32 (+4,07%)
     
  • S&P500

    4.471,37
    +33,11 (+0,75%)
     
  • DOW JONES

    35.294,76
    +382,20 (+1,09%)
     
  • FTSE

    7.234,03
    +26,32 (+0,37%)
     
  • HANG SENG

    25.330,96
    +368,37 (+1,48%)
     
  • NIKKEI

    29.068,63
    +517,70 (+1,81%)
     
  • NASDAQ

    15.144,25
    +107,00 (+0,71%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3297
    -0,0741 (-1,16%)
     

Os 10 melhores filmes de drama para assistir na HBO Max

·6 minuto de leitura

Biografias, romance, ficção, obras de época, e muito, muito mais: o cinema dramático é uma tela em branco pronta para ser pintada por diretores de todo o mundo, além de transbordar o talento e toda a dedicação de elenco em frente às câmeras. Com uma experiência iniciada logo nas primeiras palavras do roteiro, o gênero já rendeu obras que se tornaram patrimônios da Sétima Arte e que não cansamos de reassistir e nos emocionar.

Listar apenas 10 filmes de drama parece ser uma difícil tarefa, mesmo quando filtrados em um único streaming. Mas o Canaltech aceitou o desafio de selecionar títulos do gênero que você não pode deixar de conferir e que estão disponíveis para serem assistidos no catálogo da HBO Max, a mais nova plataforma de entretenimento da WarnerMedia que desembarcou recentemente no Brasil.

Sendo assim, sem mais delongas, confira a seguir a nossa lista com os 10 melhores filmes de drama para assistir na HBO Max.

10. O Jogo da Imitação

Se você gosta de filmes ambientados na Segunda Guerra Mundial, provavelmente vai curtir O Jogo da Imitação. Aqui, Benedict Cumberbatch dá vida a Alan Turing, um matemático de 27 anos muito focado no estudo e no trabalho, com um dom para a lógica e nada sociável. Ele é chamado pelo próprio governo britânico para fazer parte de uma equipe cujo objetivo é desvendar o Enigma, um código que os alemães usam para enviar mensagens aos submarinos e é renovado diariamente, voltando todo o trabalho da equipe para a estaca zero.

9. O Gigante de Ferro

Separe os lencinhos, pois O Gigante de Ferro é de se emocionar! Essa animação da Warner Bros é ambientada nos anos 1950 e acompanha um gigantesco robô de origem desconhecida, mas que foi descoberto pelo pequeno Hogarth, um jovem que vive no Maine. Não demora para surgir um laço de amizade forte e genuíno entre os dois, mas o que a dupla não esperava é que assim que a existência do robô fosse revelada para conhecimento público, o governo logo partiria com interesses que vão além de uma simples amizade: agora Hogarth precisa proteger seu gigante de uma destruição muito maior do que imaginava.

8. O Caminho de Volta

Este filme segue a história de Jack Cunningham (Ben Affleck), ex-atleta de basquete e que atualmente é técnico do time de um colégio de ensino médio. Sua promissora carreira como jogador acabou por conta de diversos vícios, o que consequentemente impactou seu relacionamento com a esposa e toda a estrutura familiar que tinha em casa. Quando recebe a proposta de treinar um time mais jovem, ele vê a oportunidade como uma forma de reiniciar sua vida e enfim seguir em frente.

7. Moonlight

Prepare-se para se emocionar com este vencedor do Oscar dirigido por ninguém menos que Barry Jenkins, nome por trás do romance Se a Rua Beale Falasse. Em Moonlight: Sob a Luz do Luar, o público acompanha três fases importantes do desenvolvimento emocional e crescimento físico de Chiron, um garoto negro que mora em uma comunidade humilde de Miami. Interpretado por três atores diferentes ao longo do filme, a história mostra sua crise de identidade na adolescência e suas relações interpessoais, sobretudo envolvendo a sexualidade.

6. Maria Antonieta

Dirigido por Sofia Coppola e estrelado por Kirsten Dunst, Maria Antonieta acompanha a princesa austríaca que dá nome à obra desde o momento em que é enviada ainda adolescente para a França, justamente para se casar com o príncipe Luis XVI, um relacionamento arranjado que faz parte de um acordo entre dois países. Ao longo da história, sua vivência na corte de Versalles toma mais protagonismo, onde ela é submetida a rígidas regras de etiqueta, fofocas reais e disputas familiares. Procurando um escapismo, ela cria um universo dentro do caos, no qual pode se divertir e aproveitar o restante de sua juventude.

5. Lion: Uma Jornada para Casa

Este longa-metragem é estrelado por Dev Patel, nome que tem aparecido cada vez mais em Hollywood por conta de filmes como O Cavaleiro Verde e a A Vida Extraordinária de David Copperfield. Aqui, ele interpreta Saroo na vida adulta, um jovem indiano que quando tinha apenas cinco anos se perdeu do irmão numa estação de trem em Calcutá. Após o ocorrido, ele enfrenta inúmeros desafios para sobreviver num mundo preparado para engoli-lo, até ser adotado por uma família australiana.

4. À Procura da Felicidade

Um dos filmes mais importantes da carreira de Will Smith, afinal, foi À Procura da Felicidade que colocou seu filho Jaden Smith no cinema e rendeu duas indicações ao Globo de Ouro e uma ao Oscar, na categoria de Melhor Ator. O longa conta a história real de Chris Gardner, um pai de família que não só enfrenta problemas financeiros, como também tem de lidar com o fato de a esposa tê-lo abandonado. Despejado do apartamento e sozinho, ele agora tem de cuidar do filho de 5 anos, morando em abrigos e na esperança de que dias melhores virão.

3. A.I.: Inteligência Artificial

Com direção e roteiro de Steven Spielberg, Inteligência Artificial se passa na metade do século XXI, num mundo em que o efeito estufa derreteu uma grande parte das colatas polares da Terra. O caos natural fez com que praticamente todas as cidades litorâneas do mundo ficassem submersas, o que fez a humanidade recorrer à um auxílio tecnológico de um computador independente conhecido como A.I.. Nesse contexto, o jovem David Swinton (Haley Joel Osment), é adotado por um funcionário da Cybertronics e sua esposa, para tornar-se o primeiro menino-robô.

2. A Cor Púrpura

Baseado na obra literária homônima, A Cor Púrpura é um clássico dos anos 1980. Situada na Georgia, logo no início da década de 1900, a história acompanha a jovem Celie (Whoopi Goldberg), de apenas 14 anos, que sofreu abuso de seu próprio pai e acabou tornando-se mãe de duas crianças. Além do homem ter afetado sua fertilidade para sempre, Celie é separada dos filhos e da irmã, a única pessoa que ama no mundo. A garotinha é doada a "Mister" (Danny Glover), que a trata simultaneamente como escrava e companheira sexual. Triste e solitária, Celie transmite seus sentimentos em cartas, mas, um dia, a cantora de blues Shug (Margaret Avery) e Sofia (Oprah Winfrey), esposa de Harpo (Willard E. Pugh), filho de Mister, entram na sua vida, trazendo esperança para seus dias novamente.

1. A Rede Social

Há quem diga que A Rede Social é um dos melhores filmes da década passada (até mesmo Quentin Tarantino chegou a afirmar isso), e aqui no Canaltech esse longa de David Fincher merece estar no topo da lista. Acompanhando a jornada de Mark Zuckerberg (Jesse Eisenberg), um analista de sistemas graduado em Harvard, o filme retrata o momento em que ele resolve programar uma nova ideia, lá em 2003: o Facebook, a rede social que lhe tornaria o mais jovem bilionário da história — mas que também o colocaria em complicações em sua vida social e profissional.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos