Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.523,47
    -1.617,17 (-1,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.049,05
    +174,14 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,23
    -2,65 (-3,49%)
     
  • OURO

    1.865,90
    -50,40 (-2,63%)
     
  • BTC-USD

    23.442,87
    +120,94 (+0,52%)
     
  • CMC Crypto 200

    535,42
    -1,43 (-0,27%)
     
  • S&P500

    4.136,48
    -43,28 (-1,04%)
     
  • DOW JONES

    33.926,01
    -127,93 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.901,80
    +81,64 (+1,04%)
     
  • HANG SENG

    21.660,47
    -297,89 (-1,36%)
     
  • NIKKEI

    27.509,46
    +107,41 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.616,50
    -230,25 (-1,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5385
    +0,0488 (+0,89%)
     

Os 10 melhores filmes da Netflix em 2022

A Netflix não economizou esforços e muito menos dinheiro para trazer grandes filmes em 2022. Impulsionada pelo bom desempenho de suas produções e pelas indicações ao Oscar que seus lançamentos tiveram em 2021, a empresa investiu pesado para manter um cronograma de grandes estreias — e foi exatamente isso o que vimos ao longo desse período.

Em 2022, fomos bombardeados com grandes títulos de diferentes gêneros — uma avalanche de conteúdo que era até difícil de acompanhar. Assim, é bem provável que alguma coisa tenha ficado para trás ou mesmo passado despercebido em seu radar de novidades.

Assim, se você quer aproveitar a última semana de 2022 para ficar em dia com o streaming, confira esta lista com os 10 melhores filmes da Netflix em 2022 e faça suas apostas para quais devem ser os escolhidos da plataforma para concorrer ao Oscar.

10. A Fera do Mar

Começamos nossa lista com uma ótima pedida para as crianças em férias. A Fera do Mar é uma divertida animação do mesmo diretor de Moana, o que dá a ela um DNA bastante familiar para muita gente. Isso significa que temos uma aventura simpática com personagens carismáticos e visuais incríveis.

A história é centrada em uma pequena menina que sonha em se tornar uma caçadora de monstros marinhos. Para isso, entra clandestinamente em um navio e acaba perdido em alto mar ao lado do caçador que tanto admira. E é nessa parceria improvável que eles precisam se apoiar para conseguirem sobreviver.

9. Enola Holmes 2

Depois do sucesso estrondoso do primeiro filme, era óbvio que a história da irmã caçula de Sherlock Holmes ia ganhar uma sequência. E em Enola Holmes 2 a personagem de Millie Bobby Brown precisa encarar seu primeiro caso oficial como detetive e desvendar o mistério em torno do desaparecimento de uma garota.

Para isso, ela vai precisar contar com a ajuda de seu irmão Sherlock — vivido pelo quase desempregado Henry Cavill — e de novos amigos. Até porque, para além do crime em si, Enola ainda precisa lidar com o próprio amadurecimento.

8. Agente Oculto

A grande aposta da Netflix no cinema de ação em 2022 foi, sem sombra de dúvidas, com Agente Oculto. Não apenas por apostar em grandes nomes no elenco, como Chris Evans (Capitão América: Guerra Civil) e Ryan Gosling (Blade Runner 2049), ou ter trazido os Irmãos Russo (Vingadores: Ultimato) para a direção. A maior prova do quanto a produção não tinha freios é o fato de esse ser o filme mais caro da plataforma, custando mais de US$ 200 milhões.

O longa é a adaptação de uma popular série de livros de espionagem e a tentativa do streaming de emplacar uma nova franquia — que vai ter seguimento, já que o segundo filme foi confirmado. A trama é centrada em um habilidoso agente secreto dos EUA que é enviado em uma missão para eliminar um alvo, mas acaba descobrindo segredos sobre sua própria agência. Com isso, ele se torna o novo alvo e precisa achar um jeito de escapar.

A história é mais simples do que ela se propõe a ser, mas não há como negar o fato de que a ação grandiosa enche os olhos e impressiona.

7. O Enfermeiro da Noite

Baseado em uma história real, O Enfermeiro da Noite se apoia na febre do true crime que tomou conta dos streamings para contar a história do serial killer americano Charles Cullen (Eddie Redmayne), que usava sua posição privilegiada como enfermeiro para matar livremente suas vítimas.

E o longa parte justamente do ponto em que as suspeitas sobre o assassino começam a surgir. Sob o ponto de vista da enfermeira Amy (Jessica Chastain), a trama mostra como ela passa a desconfiar de seu companheiro do turno da noite e como ela juntou as pontas para descobrir a verdade para que ele fosse capturado.

6. Arremessando Alto

Adam Sandler parece ter encontrado sua redenção ao se mostrar um ótimo ator dramático ao invés do astro de comédia que sempre tentou ser. Em Arremessando Alto, por exemplo, ele vive um olheiro de basquete sem muita sorte e que vê sua carreira acabar, mas que ganha uma nova chance quando finalmente encontra uma promessa para o esporte.

O problema é que esse atleta é estrangeiro e ele decide apostar todas suas fichas no jogador, levando-o para os Estados Unidos sem a autorização do time e arriscando muito mais do que a sua credibilidade nesse lance. Mais do que isso, ele passa a se envolver muito mais no drama do próprio jogador, o que torna essa investida cada vez mais pessoal.

5. O Milagre

É óbvio que a Netflix não ia deixar o fenômeno Florence Pugh passar batido e logo tratou de arranjar um filme para que a nova queridinha de Hollywood protagonizasse. Só que O Milagre é muito mais do que uma vaga para a atriz, sendo uma história intrigante que mistura segredos mundanos com os mistérios da fé.

Pugh vive uma enfermeira britânica que é enviada para um pequeno vilarejo irlandês para investigar um suposto milagre em torno de uma menina que está há meses em jejum. E, à medida que ela mergulha nessa história, passa a duvidar do seu próprio ceticismo ao mesmo tempo em que encara seus próprios demônios e desvenda os segredos desse estranho local.

4. O Desconhecido

Histórias de policiais que precisam se infiltrar em um grupo criminoso durante uma investigação não são nada novas, mas O Desconhecido desponta como um dos melhores filmes de 2022 na Netflix mesmo com essa premissa já bastante batida. Isso porque parte dela é usada para ousar e trazer coisas realmente inesperadas.

A começar pelo fato de que ele é baseado em fatos reais. Tudo começa a partir do desaparecimento de um garoto, o que leva a polícia a acreditar que ele foi vítima de um pedólilo recém-libertado. Só que as coisas não são tão óbvias assim e um policial se disfarça e cria uma conexão intensa com o suspeito de assassinato para arrancar uma confissão. E é a partir disso que as coisas parte para o imprevisível.

3. Jaula

A Netflix também apostou nos grandes suspenses ao longo de 2022 e Jaula é um dos grandes nomes da plataforma no ano. O filme conta a história de um casal que encontra uma menina no meio da estrada e, sem saber o que fazer, decide ajudá-la e a leva até um hospital. E é quando eles se veem dentro de um esquema muito maior e mais sombrio.

Enquanto todos tentam descobrir a identidade da garota, ela passa a apresentar um comportamento muito estranho — a começar pelo fato de que ela só consegue andar dentro de uma área pintada com giz no chão.

É aquele tipo de filme que segue em uma crescente de eventos bizarros e situações absurdas, criando um incômodo constante que nos conduz do começo ao fim. Não por acaso, é um dos melhores suspenses do ano.

2. Nada de Novo no Front

Adaptar Nada de Novo no Front não é tarefa simples. Além de ser um dos livros mais influentes do século XX em termos de seu discurso contra a guerra, o relato sobre a situação dos soldados nas trincheiras da Primeira Guerra Mundial já havia sido levado para o cinema antes. Então como modernizar essa história sem perder sua essência?

Pois a nova versão do clássico consegue fazer isso muito bem ao apostar naquilo que há de melhor na obra original: o retrato cru e até indigesto do que é estar na linha de frente de uma guerra. Do fascínio infantil com a imagem de heróis e batalhas ao desespero de encarar a morte, a nova adaptação traduz muito bem a mensagem do livro e não economiza esforços na hora de mostrar como a guerra é uma máquina de moer gente — quase que literalmente.

1. Pinóquio por Guillermo del Toro

Com Pinóquio, Guillermo del Toro e a Netflix fizeram o que muita gente jurava ser impossível: venceram um queda de braço com a toda poderosa Disney. Embora o conto do boneco de madeira que queria ser um menino de verdade não seja criação da Casa do Mickey, é a versão do estúdio que povoa nosso imaginário. E, mesmo assim, o filme da Netflix consegue dar uma nova cara ao clássico.

E isso acontece no mesmo ano em que a própria Disney lança uma nova versão em live action do seu boneco. Só que, contrariando as expectativas, foi a releitura de del Toro quem saiu ganhando, apresentando uma releitura muito mais charmosa da saga do menino tanto em termos narrativos quanto na própria estética. Um dos melhores filmes de 2022 com relativa folga.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: