Mercado fechará em 2 h 32 min
  • BOVESPA

    111.531,30
    -2.281,57 (-2,00%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.528,99
    -200,81 (-0,41%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,39
    +0,89 (+0,98%)
     
  • OURO

    1.763,10
    -8,10 (-0,46%)
     
  • BTC-USD

    21.517,63
    -1.879,83 (-8,03%)
     
  • CMC Crypto 200

    512,37
    -29,23 (-5,40%)
     
  • S&P500

    4.234,85
    -48,89 (-1,14%)
     
  • DOW JONES

    33.780,42
    -218,62 (-0,64%)
     
  • FTSE

    7.550,37
    +8,52 (+0,11%)
     
  • HANG SENG

    19.773,03
    +9,12 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    28.930,33
    -11,77 (-0,04%)
     
  • NASDAQ

    13.290,50
    -232,75 (-1,72%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2075
    -0,0063 (-0,12%)
     

Os 10 melhores filmes de artes marciais para assistir online

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O cinema criou uma aura quase mágica em torno das artes marciais. Mais do que apenas estilos de luta, os filmes passaram a retratar as técnicas orientais de uma forma tão específica que não é de se estranhar como elas ganharam uma conotação quase mística em nosso imaginário. É uma mistura de precisão, velocidade e leveza misturada à filosofia que contrasta com a porradaria brucutu e que sempre rende sequências muito boas.

Não por acaso, surgiu todo um subgênero de ação baseado nessas lutas. São filmes em que o cerne são as lutas muito bem coreografadas e com uma agilidade ímpar — às vezes até exagerada e apoiada em muitos cabos e arames. Do kung-fu ao caratê, passando pelo muay-thai e o arame-fu, não faltam boas opções para quem busca uma luta de cair o queixo.

E a boa notícia é que esses filmes de artes marciais estão espalhados em praticamente todos os streamings, o que significa que é muito fácil conferir uma dessas histórias.

10. O Grande Dragão Branco

Começamos nossa lista por aquele estilo mais farofa e que se baseia muito no modo como o Ocidente encara as lutas orientais. O Grande Dragão Branco é um dos grandes clássicos do gênero e foi, ao longo dos anos 1980 e 1990, um dos reis das locadoras. Responsável por levar Jean-Claude van Damme ao estrelato, ele é a epítome do subgênero do subgênero: o filme do torneio.

Essa era uma categoria que foi muito popular nesse nicho por praticamente dispensar um roteiro. Bastava uma justificativa para colocar o herói em uma arena e fazê-lo passar uma horae meia trocando porrada. A diferença é que O Grande Dragão Branco se apoiava muito no carisma de seus personagens e no fato de ser “baseado em fatos reais”.

Quer dizer, mais ou menos isso. Van Damme interpreta Frank Dux, um homem que realmente disse ter sido treinado por um mestre de artes marciais ao longo de toda sua vida e que foi o primeiro ocidental a vencer um torneio secreto. É uma história tão incrível que logo se descobriu que era mentira. O lado bom é que, pelo menos, serviu para trazer esse clássico que nos lembrou de que tijolo não revida.

O Grande Dragão Branco está disponível no Oldflix.

9. Karatê Kid: A Hora da Verdade

Ainda na mesma linha de filmes que trazem uma versão quase imaginária do que é a arte marcial, Karate Kid traz essa versão do esporte bastante idealizada, mas ainda assim muito divertida. Até porque ele é muito mais focado na filosofia e nas malandragens do Mestre Miyagi (Pat Morita) do que realmente na luta, o que serviu para dar ao longa uma identidade própria.

Isso fez com que o filme se tornasse um clássico que apresentou o karatê para toda uma geração. Quem cresceu na década de 1980 com certeza tentou o golpe da garça ou quis ser o Daniel-San por um dia. Isso sem falar que a luta final no torneio é divertida até hoje, ainda mais quando engatamos isso com a série Cobra Kai, que dá todo um novo significado àquela história.

Karate Kid está disponível na Netflix.

8. O Grande Mestre 3

Com Jet Li e Jackie Chan deixando o mundo da ação, outros nomes passaram a ocupar o vácuo deixado pelos mestres do passado. E um ator que vem fazendo um ótimo trabalho nesse campo é Donnie Yen, que já emplacou diversas produções do gênero e até já chamou a atenção de Hollywood com seu estilo de luta ágil em filmes igualmente incríveis.

Em O Grande Mestre 3, ele entrega tudo aquilo que o cinema asiático tem de melhor no campo da ação. Com uma trama simples ambientada na década de 1950, acompanhamos a história desse lutador que decide proteger uma escola de kung-fu em Hong Kong que é ameaçada por membros da máfia local. A partir daí, esse misterioso homem vai mostrar como é que se luta e que, na verdade, não há maneira melhor de conseguir respeito do que com uma voadora na cara.

O Grande Mestre 3 está disponível na Netflix.

7. Matrix

Ok, Matrix não é um filme de artes marciais propriamente dito, mas é inspirado no estilo e no cinema oriental. Basta ver as lutas de Neo (Keanu Reeves) para perceber o quanto isso é verdade. Tanto que o treinamento feito por Morpheus (Laurence Fishburne) é todo feito dentro dessa estética, em um dojo clássico.

Assim, o primeiro filme da franquia serve para mostrar o quanto todo esse mundo das lutas orientais influencia Hollywood da mesma forma que continua alimentando nosso imaginário. Além disso, o sucesso de Matrix ajudou também a manter toda essa mística de “quando a porrada encontra a filosofia” que segue até hoje.

Matrix está disponível na HBO Max.

6. Herói

Herói é um filme interessante não apenas por trazer Jet Li em ótima forma apelando para aquele arame-fu que ele sempre fez tão bem, mas por colocar tudo isso dentro de um contexto histórico chinês, mostrando um período anterior ao império chinês e usando as lutas como forma de mostrar todo o caráter épico relacionado a essa época.

O longa se passa em uma época em que a China Antiga era dividida em diferentes reinos e que o comandante de uma dessas regiões convoca esse herói sem nome para ajudá-lo a travar uma guerra para tentar unificar esse território. Assim, temos não só boas lutas com o melhor do kung-fu como incríveis cenas de guerra em enormes batalhas campais.

Herói está disponível no Paramount+.

5. Cão de Briga

Outro ótimo filme de Jet Li e que traz o ator completamente descontrolado na bela arte da porradaria. Até porque essa é a história do seu personagem por aqui: um homem escravizado que cresceu sendo tratado como um animal cuja única função é lutar.

É uma trama bem interessante dentro desse universo das artes marciais, pois traz uma abordagem bem diferente a esse universo de submundo do crime. Assim, ao mesmo tempo que é incrível ver esse homem que vive literalmente encoleirado se livrar das suas amarras e virar uma máquina de socar gente, ele também traz toda uma jornada de descoberta da própria humanidade desse homem que sempre foi visto como uma fera.

Cão de Briga está disponível no Prime Video.

4. Operação Invasão

Os filmes de artes marciais andaram um bom tempo em baixa, mas o gênero ganhou um novo respiro e ar de renovação com a estreia de Operação Invasão — ou simplesmente The Raid, para os íntimos. O longa indonésio pegou todo mundo de surpresa com a sua história envolvente e o ritmo frenético da ação, lembrando a era de ouro desse tipo de produção.

A trama em si é bem simples e não vai muito longe daquilo que a gente já tinha visto. Ou seja, temos um local dominado pela máfia e uma equipe policial se preparando para combatê-los. O grande charme está no modo como isso é apresentado. Esse chefão criminoso se esconde no alto de um prédio e temos esse grupo de agentes treinados subindo, andar por andar, dando porrada em capangas para resolver a questão.

Lembra-se de como todo mundo elogiou as cenas em plano-sequência de Demolidor, que usava todo o ambiente e o clima claustrofóbico de corredores e becos para gerar lutas muito boas? Pois Operação Invasão faz isso por 1h40.

3. A Lenda do Mestre Invencível 2

Um dos melhores filmes de Jackie Chan e um dos responsáveis por transformá-lo em um dos grandes astros do arame-fu, A Lenda do Mestre Invencível 2 explora muito bem o carisma do ator, além de mostrar o quanto ele é realmente habilidoso. E a combinação dessas duas características é o grande destaque por aqui.

A trama é bem simples e foca em um lutador atrapalhado que, sem querer, tem suas bagagens trocadas e passa a ser perseguido por criminosos que tentam recuperar os artefatos roubados que agora estão com ele. Só que a forma com que Chan vive esse personagem é o grande charme da coisa toda. Com um estilo desajeitado, ele traz um tom mais cômico às lutas que funciona muito bem e contrasta com a agilidade de seus movimentos e seu estilo de luta bastante incomum — e tudo isso feito sem dublês ou computação gráfica.

A Lenda do Mestre Invencível 2 está disponível no Looke e no NetMovies.

2. O Tigre o Dragão

É quase impossível falar de filme de artes marciais sem citar O Tigre o Dragão, um longa que trouxe o lado mais filosófico e poético do kung-fu para o Ocidente. Mais do que apresentar esse estilo de luta mais exagerado para muita gente, a produção passou a ser referência quando o assunto é cinema chinês. Tanto que, quando a Marvel lançou Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis, as comparações vieram de imediato.

E toda essa fama tem razão de ser. Dirigido por Ang Lee, O Tigre o Dragão incorpora muito bem essa estética chinesa em uma história muito interessante ambientada na Dinastia Ching. O destino de duas mulheres se cruza e é marcado justamente pelos confrontos, que são retratados com essa pancadaria mais exagerada e acrobática.

O Tigre e o Dragão está disponível na HBO Max.

1. Operação Dragão

Para ser honesto, essa lista inteiramente dedicada a Bruce Lee, o grande nome das artes marciais no cinema. Ele é considerado uma lenda até hoje, inspirando toda uma geração que veio na sequência, assim como alimentando todo um imaginário sobre o lutador chinês. Quando a gente fala em lutador de kung-fu, é a imagem de Lee que vem à mente.

E de todos os seus 24 filmes, Operação Dragão é um dos melhores e que sintetiza tudo aquilo que o icônico ator e lutador representa — além de ser seu último trabalho antes de sua morte, em 1973.

A história é centrada em um chefão do crime que organiza um grande torneio de artes marciais para mascarar uma megaoperação de tráfico de ópio. E, no meio dessa competição forjada, temos Bruce Lee se aliando a outros agentes para tentar desmantelar o esquema. E isso inclui nomes como Jim Kelly e Chuck Norris.

Operação Dragão está disponível na HBO Max.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos