Mercado abrirá em 2 h 23 min
  • BOVESPA

    115.882,30
    -581,70 (-0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.262,01
    -791,59 (-1,76%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,32
    -0,53 (-1,00%)
     
  • OURO

    1.842,40
    -6,50 (-0,35%)
     
  • BTC-USD

    31.463,29
    -217,21 (-0,69%)
     
  • CMC Crypto 200

    633,12
    +5,46 (+0,87%)
     
  • S&P500

    3.750,77
    -98,85 (-2,57%)
     
  • DOW JONES

    30.303,17
    -633,83 (-2,05%)
     
  • FTSE

    6.447,69
    -119,68 (-1,82%)
     
  • HANG SENG

    28.550,77
    -746,76 (-2,55%)
     
  • NIKKEI

    28.197,42
    -437,79 (-1,53%)
     
  • NASDAQ

    12.940,75
    -164,75 (-1,26%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5480
    -0,0057 (-0,09%)
     

Os 10 melhores carros avaliados pelo Canaltech em 2020

Felipe Ribeiro
·12 minuto de leitura

O ano de 2020 foi bem diferente para todos nós. Em meio a uma pandemia e a necessidade de nos isolarmos em casa, a cobertura de eventos e de lançamentos em diversos segmentos ficou seriamente comprometida. Foram muitas lives, transmissões e, dentro do possível, testes com produtos incríveis nos mais variados formatos e estilos.

Um dos produtos que se tornaram mais importantes nesse difícil período da humanidade foram os automóveis. Além da clara evolução que muitos dos modelos apresentaram no aspecto tecnológico, foi com eles que tentamos nos locomover com o máximo de segurança e conforto. Durante esse ano, pudemos avaliar alguns dos principais lançamentos do mercado e abordar suas principais características.

Além disso, em vários casos, essas avaliações serviram como um bom guia de compras para nossos leitores, que puderam identificar quais modelos lhe serviriam melhor, tanto nos aspectos mais "clássicos" desse setor, como consumo, potência e conforto, quanto em características que, hoje, são essenciais nessas máquinas, como conectividade, segurança e tecnologia embarcada.

O ano de 2021 promete inúmeros lançamentos e com muitos avanços tecnológicos, mas, enquanto essas novidades não chegam, que tal vermos qual foram os 10 melhores carros testados pelo Canaltech em 2020?

Para o critério de avaliação, levamos em conta diversos fatores. Mesmo com a diferença de preço e equipamentos entre vários deles, chegamos a um denominador comum e montamos uma lista com nosso coeficiente, que vai aliar conforto, segurança, desempenho e tecnologia.

E aí, quais foram os melhores?

10. Chevrolet Tracker

A nova geração do Chevrolet Tracker chamou a atenção. Lançado no auge da pandemia, o SUV compacto teve uma estratégia de vendas ousada por parte da General Motors, que ofertou o carro, inicialmente, de modo 100% on-line. Hoje, esse produto disputa a liderança do segmento com importantes concorrentes, como o Jeep Renegade e o Volkswagen T-Cross.

Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech
Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech

Falando especificamente do veículo, o Tracker Premier vem com um bom e competente motor 1.2 turbo de 133cv, que manteve a agilidade do SUV, mas o deixou, digamos, mais comportado se compararmos com sua antiga geração. O espaço interno agrada e os itens de tecnologia e segurança são fartos, como a central multimídia My Link, que tem Wi-Fi nativo, alerta de colisão frontal e sistema de frenagem de emergência.

É uma boa pedida pelo preço que é ofertado atualmente, na casa dos R$ 115 mil.

9. Hyundai HB20

Também com uma nova geração, o Hyundai HB20 evoluiu absurdamente. Com um novo motor, itens tecnológicos e pacote de segurança visto somente em veículos mais caros, o compacto da Hyundai tem fortes armas para competir pela liderança do seu segmento, algo que acontece há anos.

Seu novíssimo motor 1.0 turbo de 120cv pode ser considerado o melhor entre os modelos compactos vendidos no mercado brasileiro, já que consegue aliar bom desempenho, com confiabilidade e economia de combustível.

Imagem: Matheus Argentoni/ Canaltech
Imagem: Matheus Argentoni/ Canaltech

Falando mais de tecnologia, o novo HB20 dispõe de uma boa central multimídia, sistema de som competente e, na versão Diamond Plus, o veículo dispõe de sistema de alerta e frenagem autônomo e alerta de mudança de faixa — itens únicos no segmento —, monitoramento de pressão dos pneus (TPMS) e câmera de ré com monitoramento da traseira.

Apesar do design um pouco controverso, foi uma grata surpresa. Vale a compra.

8. Fiat Toro Ranch

O Fiat Toro é um sucesso absoluto de mercado e não é à toa. A picape, que é uma das mais vendidas do Brasil e domina seu segmento, dispõe de um bom conjunto mecânico, conforto acima da média e robustez mais do que bem-vinda. Seu design diferenciado e bom nível de acabamento também chamam a atenção.

A bordo desse monstro, tudo é bem gostoso. O Toro é equipado com um motor 2.0 turbodiesel de 170cv e 35,7 kgf/m de torque a 1750rpm, o que lhe garante uma relativa agilidade e poderio muito bom para andar nas grandes cidades e na estrada. O câmbio automático de nove marchas lhe garante um conforto absurdo, seja qual for a situação, mas é mesmo na estrada que vimos o quão eficiente ele é. E isso pode ser aferido pelo consumo: apesar dos seus 1871kgs, o Fiat Toro Ranch foi capaz de fazer 13,5 km/l nas rodovias e 11 km/l na cidade. Seu 0 a 100 km/h é em 10 segundos.

Imagem: Matheus Argentoni/ Canaltech
Imagem: Matheus Argentoni/ Canaltech

Sua central multimídia é uma das melhores entre as picapes que avaliamos, contendo espelhamento com Android Auto e Apple Car Play, GPS nativo e sistema de som de primeira.

Se você quer o conforto de um SUV e a versatilidade de uma picape, o Toro é a melhor pedida.

7. Volkswagen Nivus

Uma das maiores novidades do mercado automotivo brasileiro, o Volkswagen Nivus "fundou" uma nova categoria, um novo segmento, o de SUVs Cupês. Posicionado entre o Polo e o T-Cross, a missão desse carro é de trazer um público jovem para os utilitários, aliando design moderno, conectividade e desempenho.

Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech
Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech

Seu motor é o já conhecido 1.0 turbo de 128cv, que lhe rende um bom comportamento seja na rua, seja na estrada. Mas, seu destaque, vai mesmo para a nova central multimídia da Volkswagen, a VW Play, a melhor lançada este ano no mercado. Com aplicativos nativos e uma série de serviços e funcionalidades, esse aparelho é uma quebra de paradigmas.

6. Chevrolet Bolt

O Chevrolet Bolt é um dos únicos carros elétricos disponíveis no mercado brasileiro. Extremamente bem equipado, seguro e tecnológico, este produto encanta por sua eficiência e modernidade, nos colocando no que, no médio prazo, pode ser o futuro da mobilidade urbana globalmente.

Apesar de pesar 1616kgs, o Chevrolet Bolt, nem de longe, é um carro pesadão e lento. Ele, aliás, é um daqueles casos que ajudam o repórter a desmistificar a fama infundada de que carros elétricos não são divertidos de guiar. Os números, claro, justificam: o Bolt tem um motor elétrico que despeja excelentes 202cv e 36,7 kgf/m de torque imediatos, o que o torna muito ágil e com arrancadas que te colam no banco. O 0 a 100 km/h, segundo nossas medições, foi feito em 7,4 segundos.

Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech
Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech

Com autonomia média de 416 quilômetros, o Chevrolet Bolt só perde em capacidade para os SUVs luxuosos Audi e-Tron e Jaguar i-Pace, que conseguem oferecer um pouco mais. Considerando seu preço mais acessível - ou menos caro -, a escolha acaba se tornando óbvia se você pensa em ter o Bolt como seu único carro na garagem.

Além de toda a eficiência que o Chevrolet Bolt esbanja, ele é um carro muitíssimo bem equipado, com itens dignos de carros premium. São 10 airbags, assistente de permanência na faixa, alerta de ponto cego, aviso de tráfego traseiro cruzado, alerta de colisão frontal e sistema de frenagem automática com detecção de pedestres para mitigar acidentes. Além disso, o modelo que testamos vem com as novas câmeras de alta definição para visão 360º, que auxiliam, e muito, em manobras de estacionamento, e ficam localizadas nas extremidades do veículo, melhorando a visibilidade. A definição dessas câmeras, aliás, são um capítulo à parte no Bolt, sendo uma das melhores que vimos aqui no Canaltech.

5. Fiat Strada

A nova geração da Fiat Strada foi um dos produtos mais surpreendentes dentro do mercado automotivo em 2020. Além de ganhar melhorias de estrutura e motorização, a picape, que é a mais vendida do Brasil, ficou mais confortável, equipada e tecnológica.

Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech
Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech

Dentre suas virtudes, estão o maior espaço interno, sendo a maior de sua categoria, e sua central multimídia, que espelha Android Auto e Apple Car Play sem a necessidade de utilização de fios. Seu desempenho também é bem interessante, graças ao motor 1.3 FireFly de 109cv, e sua capacidade de carga é otimizada em função de um novo sistema de tração inteligente.

O design também é algo que merece ser destacado e coloca a Strada como uma boa opção não apenas para o trabalho, mas para o lazer.

4. Toyota Corolla XEi

Reinando absoluto entre os sedãs médios, a versão intermediária do Corolla pode ser considerada um dos melhores e mais honestos carros vendidos no Brasil. Com bom pacote mecânico, conforto, segurança e tecnologia, este veículo faz justiça à fama que tem.

Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech
Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech

Seu motor 2.0 de 177cv é capaz de entregar desempenho e economia mesmo na contramão do mercado, que adotou motores menores e turbinados em carros de mesmo segmento. Além disso, a confiabilidade e segurança do sedã japonês são trunfos que não podem ser ignorados.

Mesmo com os SUVs dominando o mercado de veículos premium, o Corolla consegue sobreviver e dá aula de eficiência.

3. Volkswagen Golf GTE

Único Golf disponível no Brasil, o Golf GTE é, sem dúvidas, o melhor carro da Volkswagen em nosso mercado. Capaz de aliar a esportividade de um Golf GTI com o consumo de um carro popular, é muito, mas muito difícil mesmo não se apaixonar por ele.

Os números não mentem: ele anda demais! Sua motorização é composta por dois propulsores; o já conhecido 1.4 TSI de 150cv e 25,9 kgf/m de torque à gasolina e o elétrico de 102cv e 33,6 kgf/m. Quando combinados, esses motores oferecem 204cv e 35,7 kgf/m de torque, mas com ele chegando quase que de imediato por conta, justamente, da eletrificação. Tudo isso atrelado ao também conhecido câmbio automatizado de dupla embreagem, com seis velocidades.

Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech
Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech

O que impressiona além do desempenho, porém, é seu consumo, que pode ser explicado de várias maneiras. O Golf GTE é um híbrido plug-in, ou seja, sua bateria é maior e mais potente do que dos híbridos convencionais. Isso lhe proporciona uma autonomia e velocidade maiores quando utilizado apenas o propulsor elétrico.

Sua bateria de 8,8 kWh, dá ao GTE uma autonomia de 39 quilômetros sem gastar uma gota de combustível. Durante nossa experiência como GTE, adotamos algumas estratégias para fazer o melhor uso da bateria e do que ela poderia nos oferecer. Para deslocamentos curtos, sempre usamos o carro no modo híbrido, que é o que melhor se encaixa para a nossa realidade. Nesse modo, o carro sempre vai priorizar o motor elétrico, mas, em subidas ou acelerações fortes, o motor 1.4 ajuda. Sendo assim, o consumo ficou na casa dos 25 km/l.

Além de tudo o que o Golf GTE oferece em termos de desempenho e conforto, podemos citar, claro, seu recheado pacote tecnológico, com uma competente central multimídia e sistemas de segurança semiautônomos, como o Controle de Cruzeiro Adaptativo e a frenagem automática de emergência.

2. Audi e-Tron

Primeiro carro 100% elétrico da Audi, o e-Tron é espetacular. Com pegada esportiva e conforto de carro de família, esse SUV altamente tecnológico é apaixonante e traz um gostinho de futuro.

Montado sobre a plataforma MEB e com tração integral, o e-Tron é equipado com dois motores elétricos realmente silenciosos, que combinam para uma potência total de 408 cv com 66,4 kgf/m de torque – as forças são distribuídas em 135 kW de potência e 30,9 kgf/m de torque na frente e 165 kW de potência e 35,5 kgf/m no motor traseiro. Por ter torque instantâneo, ele é capaz de fazer um 0 a 100 km/h em 5,7 segundos, mesmo pesando 2.655kgs.

Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech
Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech

De acordo com a Audi, o e-Tron é capaz de rodar até 436km em circuito misto, privilegiando sempre a cidade e deslocamentos mais curtos.

Como itens de segurança, são de série os faróis Full LED com assistente de farol alto, controle de cruzeiro adaptativo com assistente de saída de faixa, abertura e fechamento elétrico do porta-malas com sistema hands-free, abertura de veículo por proximidade, auxílio de estacionamento plus com display 360º, indicador de pressão dos pneus, espelho retrovisor interno com função antiofuscante automática e oito airbags.

Outro destaque, porém, vai para a ausência de retrovisores, que foram substituídos por câmeras de alta definição.

1. Volvo XC40 T5 Plug-In Hybrid

Ser o vencedor em uma lista com os concorrentes acima não é para qualquer um e, o primeiro lugar é mais do que merecido quando pensamos no que o Volvo XC40 T5 Plug-In Hybrid pode nos entregar em termos de conforto, tecnologia e segurança. O SUV compacto da fabricante escandinava é um deleite.

O XC40 em sua versão híbrida plug-in traz o novíssimo motor T5 Engine FWD, composto por dois propulsores: um elétrico, de 82cv e outro turbo, movido à gasolina, e que gera bons 180cv. Com tudo funcionando junto, temos um SUV capaz de despejar 262cv de potência, com 42,5 kgf/m de torque. Mesmo com tamanha potência, seu consumo ficou na casa dos 25 km/l.

Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech
Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech

E, por ser um híbrido plug-in, o XC40 Hybrid te permite percorrer até 47 quilômetros com apenas uma carga de bateria. Isso, na cidade, é basicamente o mesmo que ir e voltar do trabalho sem gastar uma gota de gasolina.

E como um bom Volvo, segurança também é o seu forte. O conjunto de radar e câmera integra sistemas como o Pilot Assist que, com o Controle de Cruzeiro Adaptativo (ACC), mantém a velocidade e uma distância predefinida do veículo à frente, corrigindo a direção para manter o carro na faixa (até 130 km/h).

Além disso, o SUV é equipado com o City Safety, um sistema de frenagem automática; o LKA, um sistema de alerta de mudança de faixa com assistente de direção; o HSA, que é um assistente de partida em aclives; o HDC, que auxilia em descidas; e, para completar, os alertas de colisão dianteiro e traseiro. Já o Chassi Sport reforça os aspectos exclusivos da versão R-Design, que ainda traz sistema de alerta de ponto cego (BLIS) com Cross Traffic Alert.

Completam os itens de segurança os sete airbags, câmera de ré com alta resolução, retrovisores rebatíveis eletronicamente, porta-malas com tampa automática, chamada de assistência emergencial Volvo on Call (concierge), indicador de fadiga, faróis direcionais, controles de estabilidade, controle de tração, conjunto óptico em LED e o leitor de placas de velocidade.

E aí, Canaltechers, a lista foi justa? Deixem nos comentários!

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: