Mercado fechado

Orkut aposta em 5 superpoderes para construir redes sociais mais saudáveis

Colaborador externo

*Por Orkut Buyukkokten

Vivemos na era da hiperconexão. A tecnologia que deveria melhorar a vida, criar conexões, empatia, tolerância e acolhimento às diferenças virou um espaço de autopromoção e de compartilhamento de momentos não-autênticos.

O resultado é milhões de pessoas conversando entre si, mas sem se entender, com dificuldades de compartilhar experiências e opiniões pessoais pelo medo do julgamento, da rejeição e da cultura do cancelamento. A hiperconectividade nos presenteia com a solidão e tristeza.

As redes sociais têm o poder de mudar o mundo já que dentro desse universo pessoas se conhecem, apaixonam, casam e defendem causas. A mudança desse espaço depende de quem cria dia a dia as narrativas dentro dos ambientes virtuais, ou seja, os usuários.

Para essa mudança acontecer é preciso resgatar super poderes esquecidos e desbloquear um potencial oculto. Você está pronto para desvendá-los?

1. Gentileza

Praticar a gentileza nas redes sociais pode ser desafiador, afinal não é fácil ser confrontado com ódio, raiva e rejeição e responder com gentileza e um sorriso no rosto, mas é saudável. Ser gentil nas redes sociais é estar ciente não apenas dos nossos próprios problemas, mas de todos que estão à nossa volta e sermos empáticos, como por exemplo, não dar ghosting em alguém e, de repente, sem nenhum aviso desaparecer sem comunicar o motivo claro da interrupção do contato.

A gentileza vem do cuidado de um com o outro, do respeito de um ao outro. A bondade nunca é desperdiçada, pois é capaz de abrir portas, construir pontes, derreter corações e trazer felicidade.

2. Autenticidade

As redes sociais nos condicionam a nos compararmos a todo momento com os nossos amigos virtuais e sentimos que nunca somos bons, inteligentes, atraentes ou dignos de amor o suficiente, mas toda pessoa é um micro-universo e uma das coisas mais interessantes das mídias sociais é poder explorar o universo do outro e encontrar as pequenas coisas que o torna especial e único. Estamos acostumados a nos comportar de acordo com as tendências, mas nossas diferenças nos dá individualidade e personalidade. Não tenha medo, as pessoas reais amarão o seu verdadeiro eu. Por que você gostaria de ser outra pessoa?

3. Expressão

Quando somos jovens não temos medo de expressar nossos sentimentos, mas com o passar do tempo desenvolvemos a necessidade de agradar ao outro e deixamos de ouvir nossos corações. Passamos a medir o amor, respeito e valor pelos números de seguidores e curtidas que recebemos. Nossas melhores conexões são nossas comunidades e elas provêm das conversas que temos e das experiências que compartilhamos uns com os outros no mundo real. À medida que passamos mais tempo online nas mídias sociais, estamos gastando cada vez menos tempo realmente se conectando. Nunca foi tão importante ser autêntico e nos expressar livremente online. Compartilhar é como nos conectamos. É assim que desenvolvemos confiança um com o outro e dissolvemos os muros que colocamos entre nós que nos dividem. Para formar laços estreitos, construir amizades verdadeiras, encontrar amor verdadeiro sempre expresse quem você realmente é, mesmo que isso o torne vulnerável.

4. Coragem

Os algoritmos nos prendem e nos fazem gastar bastante tempo rolando os infinitos feeds. Hoje, a mídia social não é otimizada para promover felicidade e união e é preciso coragem para deixarmos de fingir ser o que não somos para romper com esse ciclo e usá-la da forma mais saudável. Precisamos assumir o que somos para criarmos conexões verdadeiras e fazermos amigos e quem sabe encontrar um grande amor. A vulnerabilidade assusta, mas é libertadora. É preciso coragem para ser quem você realmente é. O segredo da liberdade é a coragem de ser você mesmo.

5. Amor

Nada é tão bonito quanto o amor. Sua maior responsabilidade é amar a si mesmo e saber que você é suficiente. Quando você se aceita como é e não tem medo de mostrar ao mundo quem você é, você se torna livre. Não importa quanto dinheiro ganhamos, não importa todos os confortos e luxos do mundo que podemos pagar, nada se aproxima dos confortos e luxos do amor. Ame-se de todo o coração. Lembre-se de que amar alguém é uma jornada. Cada jornada é diferente.

A tecnologia deve nos conectar e não nos dividir. As redes sociais devem se basear em nossos interesses comuns, em nossas paixões compartilhadas, não na autopromoção. Eles devem nos ajudar a conectar-se no mundo real, cara a cara. Quero conectar o mundo da maneira certa e, portanto, na Hello Network você pode ser você, não quem você pensa que deveria ser ou que o mundo gostaria de ver. Quero celebrar suas diferenças, não escondê-las!

*Orkut Buyukkokten é o engenheiro fundador da primeira rede social que engajou brasileiros, o orkut.com, e CEO da nova rede social para aplicativos, a Hello Network.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: