Mercado abrirá em 21 mins
  • BOVESPA

    106.471,92
    +579,92 (+0,55%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.723,43
    -192,77 (-0,41%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,08
    -0,93 (-1,04%)
     
  • OURO

    1.802,20
    +11,00 (+0,61%)
     
  • BTC-USD

    24.111,60
    +1.042,47 (+4,52%)
     
  • CMC Crypto 200

    563,34
    +28,12 (+5,25%)
     
  • S&P500

    4.145,19
    -6,75 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    32.803,47
    +76,67 (+0,23%)
     
  • FTSE

    7.481,54
    +41,80 (+0,56%)
     
  • HANG SENG

    20.045,77
    -156,17 (-0,77%)
     
  • NIKKEI

    28.249,24
    +73,37 (+0,26%)
     
  • NASDAQ

    13.339,25
    +110,50 (+0,84%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2273
    -0,0393 (-0,75%)
     

Origem da covid-19 parece mesmo ser mercado de Wuhan que vendia animais

Muito se pesquisa acerca da origem da covid-19, desde o início da pandemia, mas um estudo publicado na revista Science sugere uma solução para o mistério: animais vivos vendidos no Mercado Atacadista de Frutos do Mar de Huanan (em Wuhan, na China) podem ter sido a fonte da doença.

Esse mercado vendia raposas, cães-guaxinins e outros mamíferos vivos suscetíveis ao vírus, e o estudo praticamente elimina cenários alternativos que foram sugeridos como origens da pandemia. Além disso, os autores concluem que a primeira disseminação para humanos de animais provavelmente ocorreu em dois eventos no mercado de Huanan no final de novembro de 2019.

O estudo examinou os locais dos primeiros casos conhecidos de covid-19, bem como amostras de retiradas de superfícies em vários locais do mercado, e então examinou o padrão geográfico dos casos do primeiro mês do surto, em dezembro de 2019. A equipe conseguiu determinar os locais de quase todos os 174 casos identificados pela Organização Mundial da Saúde naquele mês.

As análises mostraram que esses casos estavam agrupados em torno do mercado de Huanan, enquanto os casos posteriores estavam amplamente dispersos por Wuhan. Os pesquisadores descobriram que uma porcentagem notável dos pacientes morava perto do mercado, o que reforça a ideia de que o estabelecimento foi o epicentro da epidemia.

Origem da covid-19 envolve venda de animais em mercado de Wuhan, segundo estudo (Imagem: photocreo/Envato)
Origem da covid-19 envolve venda de animais em mercado de Wuhan, segundo estudo (Imagem: photocreo/Envato)

Os cientistas ainda descobriram que, enquanto os casos de dezembro de 2019 tinham o mercado como "um alvo”, os casos posteriores coincidiram com áreas de maior densidade populacional em Wuhan. "Isso nos diz que o vírus não estava circulando de forma criptográfica, e realmente se originou nesse mercado e se espalhou a partir daí", concluem os pesquisadores.

O estudo também analisou amostras de swab retiradas de superfícies de mercado, como pisos e gaiolas, depois que o mercado de Huanan foi fechado. As amostras que deram positivo para SARS-CoV-2 foram significativamente associadas a barracas que vendem animais selvagens vivos.

“Nossas análises das evidências disponíveis sugerem claramente que a pandemia de covid-19 surgiu de infecções humanas iniciais de animais à venda no mercado atacadista de frutos do mar de Huanan no final de novembro de 2019”, diz o estudo, por fim.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos