Mercado abrirá em 6 h 31 min

Oracle trabalha para tornar suas máquinas virtuais compatíveis com o Windows 11

·3 minuto de leitura

Após conflitos entre a nova atualização do Windows 11 e as máquinas virtuais do software VirtualBox VM, a Oracle confirmou que fará ajustes para se adequar aos requisitos do sistema operacional. Em entrevista ao TechRadar, um porta-voz da empresa afirmou que os desenvolvedores já trabalham em um recurso de emulação do TPM 2.0, o que permitirá a execução normal do sistema da Microsoft.

Não foi estipulada uma data para lançamento da nova versão, mas a ideia é que ela seja disponibilizada antes ou junto do desembarque oficial do Windows 11, marcado para 5 de outubro. A Oracle também disse desenvolver um novo driver para funcionar como uma espécie de solução alternativa, com objetivo de garantir a compatibilidade com o TPM sem que o computador físico atenda ao requisito necessariamente.

Máquinas virtuais foram impedidas de atualizar para a versão recente do Windows 11 (Imagem: XatakaWindows/Twitter)
Máquinas virtuais foram impedidas de atualizar para a versão recente do Windows 11 (Imagem: XatakaWindows/Twitter)

Na semana passada, a Microsoft liberou uma atualização para o Windows 11 que causou transtornos para quem roda o sistema em máquinas virtuais. As pessoas que tinham o programa instalado teriam que ficar limitadas à versão atual, já que a companhia teria endurecido os requisitos para rodar o novo sistema, o que colocaria obviamente os usuários em risco.

No Twitter, várias manifestações de usuários no post oficial do perfil Windows Insider revelaram problemas de compatibilidade com o VMWare, da Oracle, embora outras fabricantes também tenham enfrentado dificuldades. Relatos como falhas na atualização, conflitos com componentes de áudio e outros bugs foram relatados no fio.

Cerco fechado para o TPM

Recentemente, a Microsoft já havia dito que o Windows 11 só será compatível com máquinas, inclusive virtuais, que apresentem suporte ao TPM 2.0 e Secure Boot, como forma de garantir a integridade dos dispositivos. Isso vai de encontro às previsões de que a companhia liberaria esses requisitos em troca de uma base de usuários maior.

A Microsoft já tinha avisado que suspenderia atualizações se os requisitos não fossem atendidos (Imagem: Reprodução/Microsoft)
A Microsoft já tinha avisado que suspenderia atualizações se os requisitos não fossem atendidos (Imagem: Reprodução/Microsoft)

Atualmente, apenas alguns serviços de VM atendem aos requisitos necessários para executar a versão mais recente. A Microsoft confirmou que a compilação fez um ajuste para alinhar a aplicação dos requisitos de sistema do Windows 11 em máquinas virtuais (VMs) para serem iguais aos de PCs físicos. No Hyper-V, as VMs precisam ser criadas como uma VM de geração 2. "A execução do Windows 11 em VMs em outros produtos de virtualização de fornecedores como VMware e Oracle continuará a funcionar, desde que os requisitos de hardware sejam atendidos", explicou a companhia em comunicado oficial.

Resta saber se a solução da Oracle será viável e aceita pela Microsoft ou se seria um mero paliativo para driblar a segurança momentânea, algo que os usuários certamente não ficariam satisfeitos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos