Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.669,90
    -643,10 (-0,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.627,67
    -560,43 (-1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,34
    -0,26 (-0,44%)
     
  • OURO

    1.744,10
    -14,10 (-0,80%)
     
  • BTC-USD

    60.033,12
    -258,38 (-0,43%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.235,89
    +8,35 (+0,68%)
     
  • S&P500

    4.128,80
    +31,63 (+0,77%)
     
  • DOW JONES

    33.800,60
    +297,00 (+0,89%)
     
  • FTSE

    6.915,75
    -26,47 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    28.698,80
    -309,30 (-1,07%)
     
  • NIKKEI

    29.768,06
    +59,06 (+0,20%)
     
  • NASDAQ

    13.811,00
    +63,25 (+0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7625
    +0,1276 (+1,92%)
     

Oppo Find X3 Pro recebe atualização na tela com frequência entre 1 e 120 Hz

Diego Sousa
·2 minuto de leitura

Um dia após a OnePlus revelar que seu próximo lançamento terá tela adaptativa entre 1 e 120 Hz de taxa de atualização, a Oppo começou a soltar uma atualização que habilitou o recurso no Find X3 Pro, lançado no último dia 11. Antes do lançamento, a fabricante havia prometido que lançaria seu topo de linha com a funcionalidade, mas acabou ficando de fora.

O Find X3 Pro chegou ao mercado com uma das melhores telas do mundo, podendo adaptar-se ao conteúdo exibido e alternar automaticamente a taxa de atualização entre 5 e 120 Hz — para comparação, o Samsung Galaxy S21 Ultra foi apresentado com a mesma possibilidade, porém alternando entre 10 e 120 Hz. Na prática, quanto maior for a diferença, menos energia a tela consumirá, o que deve aumentar a autonomia de bateria.

Com a atualização, o Find X3 Pro promete consumir ainda menos energia durante tarefas simples, como ler uma matéria no Canaltech, já que o display seria atualizado apenas uma vez por segundo. Um vídeo publicado no YouTube mostra a funcionalidade em ação, alternando automaticamente a quantidade de vezes que a tela é atualizada de acordo com o conteúdo exibido; confira abaixo:

Assim como as telas do futuro OnePlus 9 e do Galaxy S21 Ultra, o Find X3 Pro só consegue alcançar esse número devido à presença do painel LTPO, que permite aos display reduzir significativamente a taxa de atualização para diminuir o consumo de energia.

O fato de o novo OnePlus 9 ser lançado com a mesma tela do "rival" não chega a ser uma surpresa — para quem não sabe, Oppo e OnePlus são praticamente irmãs, já que pertencem à BBK Electronics, ou seja, elas compartilham algumas tecnologias, embora tenham diferentes linhas de celulares. Até por isso, os dois celulares alcançaram nota máxima do DisplayMate, referência no que diz respeito a displays mobile.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: