Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,91 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,62 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,96
    -0,65 (-0,90%)
     
  • OURO

    1.753,90
    -2,80 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    47.949,84
    -453,62 (-0,94%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.193,48
    -32,05 (-2,62%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,44 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,91 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,71 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.530,00
    +12,25 (+0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1994
    +0,0146 (+0,24%)
     

Oppo revela sistema de zoom contínuo e outras tecnologias inovadoras de câmeras

·4 minuto de leitura

Em evento realizado nessa quinta-feira (19), a OPPO anunciou várias novidades que serão utilizadas nos sistemas de câmeras dos seus próximos aparelhos. Entre as inovações estão um mecanismo de zoom óptico contínuo com alcance de 85mm a 200mm, um novo sensor RGBW com sub-pixels brancos para maior captação de luz, uma tecnologia de estabilização de imagem com cinco eixos e uma série de algoritmos para aprimorar a qualidade de fotos tiradas com lentes abaixo do display.

Zoom óptico com alcance 85-200 mm

Sistema poderá ser implementado em aparelhos da marca no fututro. (Imagem: Divulgação/Oppo)
Sistema poderá ser implementado em aparelhos da marca no fututro. (Imagem: Divulgação/Oppo)

O módulo de câmera com grande variedade de alcance foi demonstrado na exibição, com o destaque para um túnel de magnetorresistência que permite uma movimentação suave e estável das lentes, além de um conjunto G+P (ou glass+plastic, vidro+plástico em tradução livre) para melhores efeitos ópticos. O objetivo é evitar que aparelhos precisem utilizar lentes diferentes para o zoom, o que costuma causar distinções no balanço de branco e esquema de cores entre elas.

Uma tecnologia similar já foi anunciada pela Vivo, no aparelho conceito Apex 2020. Contudo, este tem um alcance mais limitado, de 130-195mm. O conjunto apresentado hoje pela Oppo permite a utilização da mesma câmera tanto para fotos comuns como para telefotos de longa distância.

Sensor RGBW com sub-pixels brancos

A marca já tinha produzido uma solução semelhante em 2015, mas que não fez sucesso (Imagem: Divulgação/Oppo)
A marca já tinha produzido uma solução semelhante em 2015, mas que não fez sucesso (Imagem: Divulgação/Oppo)

A Oppo também desenvolveu um sensor RGBW, que intercala sub-pixels brancos com os tradicionais vermelho, verde e azul. Segundo a marca, a novidade permite uma captação de luz até 60% mais eficiente, com 35% de melhoria na redução de ruído das imagens.

A própria companhia já tinha desenvolvido um sistema semelhante em 2015, mas não obteve bons resultados. Os problemas incluíam a diminuição na precisão de cor e a ocorrência do efeito moiré (imagem abaixo) por conta de interferência entre os sub-pixels. A Oppo afirma que utilizou todos esses anos de evolução para solucionar os problemas por meio de DTI (Deep Trench Isolation, ou Isolamento Profundo de Trincheira, em tradução livre).

Efeito moiré era problema visto em sensores RGBW da Oppo em 2015. A marca afirmou que o empecilho foi resolvido (Imagem: ResearchGate)
Efeito moiré era problema visto em sensores RGBW da Oppo em 2015. A marca afirmou que o empecilho foi resolvido (Imagem: ResearchGate)

Também foi anunciado que a Oppo desenvolveu um algaritmo próprio que melhora significativamente a compatibilidade de plataforma cruzada dos sensores, o que aumenta a qualidade do processamento de imagem.

Estabilização de imagem em cinco eixos

Sistema é capaz de sincronizar movimento de lente e sensor (Imagem: Divulgação/Oppo)
Sistema é capaz de sincronizar movimento de lente e sensor (Imagem: Divulgação/Oppo)

No mesmo evento, a Oppo apresentou o primeiro sistema de estabilização de imagem em cinco eixos do mundo. Isso é possível graças ao movimento motorizado do sensor, assim como o deslocamento tradicional da lente. Tudo isso é comandado por um algoritmo desenvolvido pela marca, que identifica o movimento do aparelho e envia as informações necessárias para os componentes.

Essa função somente seria ativada de forma completa para grandes movimentos (ou, em outras palavras, imagens muito tremidas). Estabilizações leves só necessitariam da movimentação da lente. Segundo a marca, o sistema é capaz de fazer uma inclinação de até 3 graus, capaz de melhorar a estabilização óptica de imagem em 65%.

Sistema promete revolucionar a área de estabilização de imagem em smartphones (Imagem: Divulgação/Oppo)
Sistema promete revolucionar a área de estabilização de imagem em smartphones (Imagem: Divulgação/Oppo)

Algoritmos para câmeras abaixo da tela

Nova geração de câmeras abaixo da tela promete lentes mais invisíveis e melhor qualidade de imagens capturadas (Imagem: Divulgação/Oppo)
Nova geração de câmeras abaixo da tela promete lentes mais invisíveis e melhor qualidade de imagens capturadas (Imagem: Divulgação/Oppo)

A última novidade exposta pela Oppo na conferência faz referência à tecnologia de câmeras abaixo do display. A marca foi a primeira a apresentar esse tipo de solução em 2019, e agora chegou com uma segunda geração, que promete lentes mais invisíveis e maior qualidade nas fotos tiradas pelas lentes frontais.

A companhia chinesa identificou os principais problemas que afetam a tecnologia no momento. O primeiro é que as marcas costumam diminuir a densidade de pixels do display na área exatamente acima da câmera, o que provoca um efeito de granulação que é perceptível nos principais modelos, especialmente sob determinadas condições, como fundo branco. A Oppo diz que conseguiu passos significativos nesse sentido, agora com precisão de imagem constante em todas as áreas do display.

Além disso, uma desvantagem muito percebida atualmente é a qualidade das imagens capturadas, que são muito inferiores a outros smartphones com sistemas comuns de câmera frontal (em formato de gota ou furo, por exemplo). Segundo a Oppo, uma série de novos e aprimorados algoritmos é capaz agora de trazer melhor contraste e precisão de cores, além de evitar o efeito "nebuloso" das fotos, característico dessa nova tecnologia que ainda tem muito a se desenvolver.

Não foram dados detalhes sobre quando as tecnologias anunciadas chegarão aos produtos da Oppo ou de outras companhias, sejam do próprio grupo BBK Electronics ou de empresas parceiras, ficando a expectativa para novos lançamentos da linha Find X, que costuma inaugurar tecnologias disruptivas da marca.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos