Mercado abrirá em 8 h 6 min
  • BOVESPA

    109.114,16
    -2.601,84 (-2,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.808,56
    -587,38 (-1,29%)
     
  • PETROLEO CRU

    77,23
    +0,52 (+0,68%)
     
  • OURO

    1.638,90
    +5,50 (+0,34%)
     
  • BTC-USD

    20.056,03
    +1.185,68 (+6,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    459,22
    +26,12 (+6,03%)
     
  • S&P500

    3.655,04
    -38,19 (-1,03%)
     
  • DOW JONES

    29.260,81
    -329,60 (-1,11%)
     
  • FTSE

    7.020,95
    +2,35 (+0,03%)
     
  • HANG SENG

    17.665,85
    -189,29 (-1,06%)
     
  • NIKKEI

    26.567,26
    +135,71 (+0,51%)
     
  • NASDAQ

    11.404,50
    +88,25 (+0,78%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1954
    +0,0160 (+0,31%)
     

Oppo revela conceito de celular com tela enrolável

·2 min de leitura

A fabricante chinesa de celulares Oppo realizou nesta terça-feira (17) seu evento INNO Day 2020, voltado para apresentar as tecnologias em desenvolvimento pela empresa. O principal destaque foi o aparelho conceito X 2021, celular com tela enrolável que se transforma em um tablet.

A Oppo obteve recentemente a patente para um aparelho com tela enrolável, mas o X 2021 possui algumas diferenças em relação ao modelo registrado. A começar pelo tamanho da tela, que na patente tem um formato quase quadrado, enquanto o novo aparelho conceito tem as medidas tradicionais de um smartphone.

Segundo a Oppo, a tela do X 2021 mede 6,7 polegadas quando fechada, se expandindo para 7,4 polegadas, tamanho geralmente encontrado em tablets.

O modelo conta com três tecnologias desenvolvidas pela própria Oppo, incluindo o sistema motorizado, a base 2-em-1 e o película de tela Warp Track, que promete resistência à tela OLED.

As imagens divulgadas pela Oppo respondem uma das dúvidas levantadas pela patente, posicionando a porta USB-C para o carregador e transferência de dados em uma das pontas do aparelho.

Assim como na edição 2019 do Inno Day, a OPPO deixou claro que se trata apenas de um celular conceito, sem se comprometer a lançá-lo no mercado. Mesmo assim, o evento anterior antecipou alguns recursos incorporados na linha 2020, incluindo os carregadores SuperVOOC (com fio) e WirelessVOOC (sem fio).

Realidade aumentada

Além do Oppo X 2021, o evento contou ainda com os óculos de realidade aumentada Oppo AR Glass 2021 e o aplicativo CybeReal AR. O AR Glass conta com duas telas OLED de 0,71 polegada e promete ser 75% mais leve que seu antecessor. O aparelho inclui ainda uma câmera olho de peixe, um sensor ToF, além de uma câmera tradicional.

Já o app CybeReal oferece tecnologias para cálculo e análise do ambiente, com ferramentas para reconhecimento de cena. A Oppo promete não apenas informar com alta precisão a atual localização do usuário, como também fazer a reconstrução virtual do local com precisão de centímetros.

AR Glass lembra mais o Google Glass do que o Oculus Quest (Imagem: divulgação/Oppo)
AR Glass lembra mais o Google Glass do que o Oculus Quest (Imagem: divulgação/Oppo)

3+N+X

O evento serviu ainda para a empresa apresentar sua estratégia 3+N+X — curiosamente parecida com o 1+8+N da Huawei — o nome faz referência a três pontos chave para o planejamento da Oppo nos próximos anos:

  • 3 — tecnologias base: hardware, software e serviços;

  • N — número de recursos essenciais: IA, segurança, privacidade, etc.;

  • X — tecnologias de ponta.

Apesar de parecer vazio como uma promessa de campanha, vale ficar de olho para acompanhar se a Oppo vai colocar em prática a estratégia ou é mais uma proposta bonita apenas para preencher a página de “missão e valores”.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: