Mercado abrirá em 26 mins
  • BOVESPA

    111.539,80
    +1.204,97 (+1,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.682,19
    +897,61 (+2,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    60,69
    +0,94 (+1,57%)
     
  • OURO

    1.722,40
    -11,20 (-0,65%)
     
  • BTC-USD

    51.647,57
    +2.754,68 (+5,63%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.030,95
    +42,86 (+4,34%)
     
  • S&P500

    3.870,29
    -31,53 (-0,81%)
     
  • DOW JONES

    31.391,52
    -143,99 (-0,46%)
     
  • FTSE

    6.665,68
    +51,93 (+0,79%)
     
  • HANG SENG

    29.880,42
    +784,56 (+2,70%)
     
  • NIKKEI

    29.559,10
    +150,93 (+0,51%)
     
  • NASDAQ

    13.124,75
    +69,50 (+0,53%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,8791
    +0,0170 (+0,25%)
     

Oppo registra patente de celular com câmera móvel e com espelhos

Felipe Junqueira
·2 minuto de leitura

A Oppo trabalha em um sistema de câmera que tem bom potencial de revolucionar a fotografia móvel. A empresa pretende criar um celular sem câmeras aparentes e que ainda usa os mesmos sensores para selfies e conjunto principal, tudo isso graças a uma espécie de prisma com espelhos.

Na patente registrada pela fabricante chinesa na Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI), o celular traz tela com bordas finas e nenhum recorte ou furo para a câmera frontal. Atrás, nada de sensor fotográfico, também. São duas câmeras, que ficam escondidas na parte interna, voltadas para cima e com um espelho ou prisma triangular para cada sensor, que reflete a imagem a ser captada.

Os espelhos defletores ainda podem se movimentar, o que permite registrar selfies ou fotos regulares, além de gravar vídeos. O sistema também permite que cada câmera seja usada em uma direção para captar seu rosto em reação a algo que esteja na sua frente.

Câmera tipo periscópio

OPPO quer lançar celular sem câmeras aparentes (Imagem: Reprodução/Concept Creator/LetsGoDigital)
OPPO quer lançar celular sem câmeras aparentes (Imagem: Reprodução/Concept Creator/LetsGoDigital)

Para isso, a Oppo criou um sistema com uma unidade reflexiva que pode se movimentar para cima ou para baixo, como uma gaveta. As câmeras em si ficam dentro do aparelho, voltadas para cima, e captam a imagem desviada pelo prisma, em uma espécie de periscópio. Não confunda, porém, com câmera periscópica que usa um modelo semelhante somente para aproximar melhor a imagem.

Em outras palavras, é mais ou menos como o Galaxy A80 ou o Zenfone 6, que possuíam um mecanismo para aproveitar as câmeras principais como sensores de selfies. Mas neste caso da OPPO, as câmeras em si são fixas, e o que se mexe é o espelho, permitindo que você use uma câmera como frontal e outra como traseira ao mesmo tempo, recurso que os dois modelos citados não poderiam oferecer.

Esquematização deixa o sistema mais claro de se entender (Imagem: Reprodução/Concept Creator/LetsGoDigital)
Esquematização deixa o sistema mais claro de se entender (Imagem: Reprodução/Concept Creator/LetsGoDigital)

O mecanismo pode ser ativado, segundo a descrição da OPPO na patente, por um botão na lateral do celular para abrir e fechar a gaveta e operar os prismas, para definir se eles ficarão virados para a frente ou para trás, para tirar uma selfie ou uma foto tradicional. A alternativa é deixar o controle todo na tela, dentro do app de câmera.

O pedido de patente na OMPI foi registrado em março de 2020, e a documentação (em chinês) foi liberada em outubro passado. O designer Concept Creator criou algumas renderizações do que poderia ser o aparelho, utilizadas nesta reportagem. Não há imagens oficiais do smartphone e nem informações sobre a possível data de lançamento, nome comercial ou mais detalhes das especificações.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: