Mercado fechado

Oppo prepara tecnologia capaz de recarregar um celular em apenas 15 minutos

Diego Sousa

A Oppo é dona da tecnologia de carregamento móvel mais rápido do mundo — o 65 W SuperVOOC Fast Charging 2, que é capaz de recarregar um celular de 4.000 mAh em apenas 30 minutos. Apesar da marca a ser batida, a fabricante chinesa estaria desenvolvendo a próxima geração do sistema já para o ano que vem — e a melhoria promete ser significativa.

De acordo com informações encontradas pelo site MySmartPrice, o chamado Super VOOC Fast Charging 3.0 terá 80 W de potência e poderá recarregar um dispositivo compatível em apenas 15 minutos — considerando uma bateria de 4.000 mAh. Caso confirmado, será uma marca realmente impressionante e ainda não alcançada por nenhuma empresa.

No entanto, vale mencionar algumas possíveis complicações com tamanha potência: a primeira é a temperatura bastante elevada, que exigirá uma dissipação de calor mais eficiente para não danificar os componentes internos; outro detalhe são os danos a longo prazo à bateria do dispositivo, uma vez que, na mesma velocidade que a tecnologia dá carga, também tende a tirar. Até o momento, a Oppo ainda não deu qualquer detalhes sobre tecnologias e arquiteturas futuras.

Carregamento ultrarrápido é o novo padrão

A Xiaomi também pretende entrar na briga pelo pódio do segmento com seu Super Charge Turbo, que terá potência de 100 W. Em 2019, a empresa veio à público afirmar que seu novo carregador será capaz de recarregar um celular de 4.000 mAh em apenas 17 minutos — o que, em números, seria inferior à suposta capacidade do SuperVOOC 3.0.

No entanto, nem tudo serão flores. Em fevereiro deste ano, um executivo da Xiaomi informou que a descarga de uma tecnologia tão rápida tende a ser até 20% maior, em comparação com uma carga de 30 W.

Apesar de ter sido anunciado em 2019, o supercarregador da Xiaomi ainda não deu as caras no mercado — sendo assim, o SuperVOOC 2.0 de 65 W se mantém no topo do gênero. No Brasil, o Galaxy S20 Ultra, da Samsung, é o atual campeão, com 45 W.

Fonte: Canaltech