Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.036,79
    +2.372,79 (+2,20%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.626,80
    -475,80 (-1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,00
    +2,51 (+3,16%)
     
  • OURO

    1.672,20
    +0,20 (+0,01%)
     
  • BTC-USD

    18.988,17
    -318,87 (-1,65%)
     
  • CMC Crypto 200

    443,49
    +0,06 (+0,01%)
     
  • S&P500

    3.585,62
    -54,85 (-1,51%)
     
  • DOW JONES

    28.725,51
    -500,09 (-1,71%)
     
  • FTSE

    6.893,81
    +12,22 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    17.222,83
    +56,93 (+0,33%)
     
  • NIKKEI

    25.937,21
    -484,89 (-1,84%)
     
  • NASDAQ

    11.011,75
    -23,75 (-0,22%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3040
    -0,0039 (-0,07%)
     

Oppo, 5ª maior marca de smartphones, chega ao Brasil; saiba mais

Companhia vendeu 24,7 milhões de aparelhos no segundo trimestre de 2022 e primeiro smartphone a ser comercializado no Brasil é o Reno 7 (Photo by Wang Haizhou/Xinhua via Getty Images)
Companhia vendeu 24,7 milhões de aparelhos no segundo trimestre de 2022 e primeiro smartphone a ser comercializado no Brasil é o Reno 7 (Photo by Wang Haizhou/Xinhua via Getty Images)
  • Oppo chega ao mercado brasileiro na próxima semana;

  • Primeiro modelo de smartphone a ser vendido por aqui é o Reno 7, com preço sugerido de R$ 2.999;

  • Smartphone será vendido inicialmente apenas no site da Amazon e em lojas físicas da operadora Vivo.

A Oppo, uma das maiores fabricantes de dispositivos móveis da Ásia e com sede na China, chega ao mercado brasileiro na próxima semana. O primeiro modelo de smartphone a ser vendido por aqui é o Reno 7, com preço sugerido de R$ 2.999.

Fundada em 2004, a Oppo é a 5º marca que mais vende smartphones no mundo, atrás de Samsung, Apple, Xiaomi e Vivo. De acordo com dados da consultoria IDC, a companhia vendeu 24,7 milhões de aparelhos no segundo trimestre de 2022, número que corresponde a 8,6% do mercado global.

Em entrevista ao portal g1, o presidente-executivo da Oppo no Brasil, Jim Zhang, explicou que inicialmente as vendas do Reno 7 serão feitas por lojas parceiras e que esse período será fundamental para para conhecer o mercado interno. Ele também não descartou a possibilidade de abrir uma fábrica no país.

"Nós entendemos que o imposto de importação, inclusive os outros custos financeiros e impostos, são elevados. Por isso, a gente pretende no futuro, iniciar a nossa operação de fabricação local. Mas nesse momento, a gente precisa saber mais do contexto geral de como iniciar esta operação de fabricação local".

O Oppo Reno 7, que começa a ser vendido no dia 26 de setembro no site da Amazon e em lojas físicas da operadora Vivo, possui tela de 6,43 polegadas com painel AMOLED, resolução Full HD+, câmera de selfie com 32 megapixels, câmera traseira tripla com sensor principal de 64 megapixels, 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento.

Mas atenção para um detalhe: o aparelho não é compatível com a conexão 5G. A Oppo optou por ainda não disponibilizar o modelo com uma tecnologia que ainda está se popularizando no Brasil.