Mercado fechará em 3 h 19 min
  • BOVESPA

    113.727,79
    +445,12 (+0,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.548,24
    +442,53 (+0,87%)
     
  • PETROLEO CRU

    75,48
    +1,50 (+2,03%)
     
  • OURO

    1.753,80
    +2,10 (+0,12%)
     
  • BTC-USD

    43.215,69
    -37,74 (-0,09%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.073,87
    -27,65 (-2,51%)
     
  • S&P500

    4.443,83
    -11,65 (-0,26%)
     
  • DOW JONES

    34.920,35
    +122,35 (+0,35%)
     
  • FTSE

    7.063,40
    +11,92 (+0,17%)
     
  • HANG SENG

    24.208,78
    +16,62 (+0,07%)
     
  • NIKKEI

    30.240,06
    -8,75 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    15.159,25
    -159,50 (-1,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2686
    +0,0130 (+0,21%)
     

Oppo apresenta carregador sem contato, power bank magnética e mais

·3 minuto de leitura

A OPPO apresentou nessa segunda-feira (23) seus novos dispositivos de carregamento sem fio magnético, batizados com a marca MagVOOC. No total são quarto produtos, incluindo um protótipo de carregador que dispensa a aproximação física com o smartphone, um adaptador semelhante ao MagSafe da Apple ou MagDart da Realme, uma power bank sem fio e uma base carregadora.

Base carregadora é o disposiitivo que carrega mais rápido dentre os demonstrados no evento (Imagem: Reprodução/GSMArena)
Base carregadora é o disposiitivo que carrega mais rápido dentre os demonstrados no evento (Imagem: Reprodução/GSMArena)

O produto que oferece maior velocidade de carregamento é a base carregadora MagVOOC. Ela tem potência de 40 W, o suficiente para carregar uma bateria de 4.000 mAh em 56 minutos. A agilidade depende da compatibilidade com o smartphone, e modelos mais antigos como o OPPO Find X3 carregam a 30 W. Essa base também suporta o padrão Qi e pode carregar dispositivos sem a certificação MagVOOC a 15 W.

Carregador portátil MagVOOC se assemelha ao MagSafe da Apple e ao MagDart da Realme (Imagem: Reprodução/Gizmochina)
Carregador portátil MagVOOC se assemelha ao MagSafe da Apple e ao MagDart da Realme (Imagem: Reprodução/Gizmochina)

O carregador portátil MagVOOC é um pouco mais fraco, mas pode ser facilmente transportado para qualquer lugar. Ele traz um máximo de 20 W e padrão Qi até 10 W. A marca afirma que esse acessório adota um design diferente de seus concorrentes por apresentar uma separação entre a bobina transmissora e a base principal. Isso acarreta em uma construção mais leve e mais fina, além de evitar que parte do calor gerado no carregamento seja transferido para o smartphone.

Nova power bank da Oppo tem 4.500 mAh, e pode carregar tanto com fio quanto wireless (Imagem: Reprodução/GSMArena)
Nova power bank da Oppo tem 4.500 mAh, e pode carregar tanto com fio quanto wireless (Imagem: Reprodução/GSMArena)

Já a power bank MagVOOC possui 4.500 mAh e suporte de carregamento a 20 W, capaz de dar uma carga completa em duas horas. Ela é compatível com o padrão Qi, mas também suporta conexão via USB-C, porém com apenas 10 W. O produto tem design pequeno e portátil, já que é voltado para viagens e outros deslocamentos que impeçam o carregamento via tomada por maiores períodos de tempo. Assim como nos outros acessórios, a porção magnética permite um alinhamento perfeito com os dispositivos a serem carregados.

Carregamento sem fios e sem contato físico

Um produto que está em fase de desenvolvimento menos avançada é o Oppo Air Charging, uma solução que transfere até 7,5 W de potência a smartphones com uma certa distância não especificada — as fotos indicam um espaço de cerca de 5 a 10 centímetros entre o aparelho e o carregador, mas a ideia é que isso aumente na versão final do produto.

Base pode ser colocada em cima de mesas e não requer encaixes precisos para carregamento (Imagem: Reprodução/GSMArena)
Base pode ser colocada em cima de mesas e não requer encaixes precisos para carregamento (Imagem: Reprodução/GSMArena)

Uma solução até mais ousada já foi apresentada pela Xiaomi em janeiro deste ano, chamada de Mi Air Charge, e também pela Motorola em parceria com a GuRu Wireless. No caso da solução da Xiaomi, a tecnologia seria capaz de carregar dispositivos em qualquer distância dentro do cômodo em que está localizada a base principal. Este dispositivo teria a capacidade de emitir ondas milimétricas que carregam a 5 W, com suporte a múltiplos aparelhos ao mesmo tempo. Já no caso da Motorola a transmissão seria individual, com distância de até um metro na demonstração.

Assim como nenhum dos dispositivos da Oppo apresentados hoje, os carregadores "pelo ar" de Xiaomi e Motorola não têm previsão de início das vendas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos