Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.202,23
    +2.512,23 (+2,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.342,54
    +338,34 (+0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,28
    +0,19 (+0,29%)
     
  • OURO

    1.698,20
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    49.944,38
    +1.319,27 (+2,71%)
     
  • CMC Crypto 200

    982,93
    +39,75 (+4,21%)
     
  • S&P500

    3.841,94
    +73,47 (+1,95%)
     
  • DOW JONES

    31.496,30
    +572,20 (+1,85%)
     
  • FTSE

    6.630,52
    -20,36 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    29.098,29
    -138,51 (-0,47%)
     
  • NIKKEI

    28.864,32
    -65,78 (-0,23%)
     
  • NASDAQ

    12.652,50
    -11,25 (-0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7806
    -0,0053 (-0,08%)
     

Oposição comemora e aliados criticam prisão de deputado Daniel Silveira

Ana Paula Ramos
·3 minuto de leitura
O deputado federal Carlos Jordy (PSL-RJ) publica foto ao lado de outros parlamentares sem máscara na Câmara
O deputado federal Carlos Jordy (PSL-RJ) publica foto ao lado de outros parlamentares sem máscara na Câmara, entre eles Daniel Silveira

A prisão em flagrante do deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ) foi comemorada nas redes sociais pela oposição ao governo de Jair Bolsonaro e causou indignação entre os apoiadores do presidente.

O parlamentar foi preso por determinação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), após publicar na internet um vídeo com ataques a ministros da Corte.

Silveira é alvo de dois inquéritos no Supremo - um apura atos antidemocráticos e o outro, fake news.

A líder do PSOL, deputada Talíria Petrone (RJ), informou nesta quarta-feira (17) que o partido vai entrar no Conselho de Ética com pedido de cassação de Daniel Silveira. “Estamos articulando para que outros partidos de oposição também assinem. Como deputado, ele não pode ameaçar as instituições democráticas e a imunidade parlamentar não pode ser desculpa para isso”, afirmou.

Parlamentares da oposição comemoraram a prisão de Daniel Silveira e lembraram a participação dele no ato em que, junto com o deputado estadual Rodrigo Amorim (PSL-RJ), quebrou a placa criada em homenagem à vereadora Marielle Franco durante a campanha eleitoral de 2018.

Daniel Silveira ironizou a reação dos deputados da oposição e disse que “só vai dormir fora e provar para o Brasil quem são os ministros dessa suprema corte”.

"VAGABUNDO"

O deputado Carlos Jordy (PSL-RJ) chamou o ministro Alexandre de Moraes de “vagabundo” e disse que “não irá recuar”. Ele cobrou ainda que o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) se posicione “contra esses ditadores”.

Lira declarou que a vontade e posição da maioria devem sempre ser respeitados e afirmou que vai conduzir o caso com “serenidade e consciência de suas responsabilidades”. A Mesa da Câmara se reúne nesta tarde para decidir se confirma ou nega a prisão do deputado bolsonarista.

O deputado Filipe Barros (PSL-PR) afirmou que a prisão é inconstitucional e que “não importa o que Daniel Silveira disse”.