Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.690,17
    +1.506,22 (+1,35%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.004,19
    -373,28 (-0,80%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,96
    +0,13 (+0,20%)
     
  • OURO

    1.689,60
    -11,10 (-0,65%)
     
  • BTC-USD

    46.731,54
    -4.178,47 (-8,21%)
     
  • CMC Crypto 200

    933,85
    -53,36 (-5,41%)
     
  • S&P500

    3.768,47
    -51,25 (-1,34%)
     
  • DOW JONES

    30.924,14
    -345,95 (-1,11%)
     
  • FTSE

    6.650,88
    -24,59 (-0,37%)
     
  • HANG SENG

    28.836,13
    -400,66 (-1,37%)
     
  • NIKKEI

    28.444,32
    -485,79 (-1,68%)
     
  • NASDAQ

    12.353,50
    -101,50 (-0,81%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7821
    -0,0038 (-0,06%)
     

Oposição apresenta mais um pedido de impeachment de Bolsonaro

Ana Paula Ramos
·1 minuto de leitura
Oposição
Oposição protocola mais um pedido de impeachment de Jair Bolsonaro (Foto: Najara Araújo/ Câmara dos Deputados)

Diante do colapso da saúde em Manaus e as falhas do governo em relação à vacina contra o coronavírus, a pressão pelo impeachment do presidente Jair Bolsonaro tem aumentado. Partidos de esquerda como PT, PDT, PSB, PSOL, PCdoB, além da Rede, protocolam na Câmara, nesta quarta-feira (27), um pedido de afastamento de Bolsonaro, desta vez com mote “Pelo impeachment, pela vacina e pela renda emergencial”.

"Nesse pedido, identificamos 15 crimes cometidos por Bolsonaro relacionados especialmente à pandemia, que é o foco desse pedido de impeachment", disse o líder da minoria na Câmara, José Guimarães.

Guimarães também afirmou que a oposição está iniciando um processo de coleta de assinaturas para abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Câmara. "Estamos iniciando o processo de coleta de assinaturas para uma CPI na Câmara focada na análise do desempenho do governo federal na saúde pública", disse.

Leia também

Para que um pedido de CPI seja analisado pela presidência da Câmara, os deputados precisam reunir ao menos 171 assinaturas dos 513 deputados.

Na terça-feira, líderes evangélicos e católicos apresentaram um pedido de afastamento de Bolsonaro na Câmara dos Deputados, com o argumento de que ele agiu com negligência na condução da pandemia de covid-19.