Oposição alemã alerta contribuintes sobre calote grego

O líder da oposição na Alemanha, Peer Steinbrueck, alertou que os contribuintes alemães podem ter que pagar a conta, caso a Grécia não consiga cumprir com os empréstimos, segundo entrevista divulgada no site do jornal Bild Zeitung neste sábado.

"Os cidadãos alemães precisam ser avisados que existe a possibilidade de um calote no crédito estendido à Grécia", afirmou Steinbrueck. "Na Alemanha, nós temos que fazer sacrifícios para manter a Europa unida", disse ele.

O Partido Social Democrata (SPD) recentemente nomeou Steinbrueck para desafiar a chanceler alemã, Angela Merkel, nas próximas eleições gerais do ano que vem. A legenda prometeu que o tratamento dado pelo governo à crise na zona do euro será um dos principais componentes da campanha.

Na entrevista ao diário, Steinbrueck disse que a Grécia não conseguirá retornar aos mercados de capitais nos próximos oito anos e precisará encontrar formas de resolver as suas necessidades financeiras durante este período. Ele acrescentou que a Alemanha ainda não pagou "um único centavo" para a Grécia, apenas assumiu garantias.

Steinbrueck foi ministro de Finanças de 2005 a 2009, quando atuou sob o governo de Merkel em uma coalizão de Democratas Cristãos e Sociais Democratas. Ele deixou o cargo pouco antes do estouro da crise de dívida na Grécia. "Estávamos prontos para depositar muito dinheiro na Reunificação Alemã, ideia que todos os nossos vizinhos acolheram, apesar de experiências negativas conosco", afirmou. "Agora precisamos nos perguntar quanto a Europa vale para nós." As informações são da Dow Jones.

Carregando...