Mercado fechado

Percepções sobre economia oscilam nas redes sociais, aponta monitoramento

Segundo monitoramento da .Map, a percepção dos usuários de redes sociais sobre a economia vêm oscilando.
Segundo monitoramento da .Map, a percepção dos usuários de redes sociais sobre a economia vêm oscilando.
  • Monitoramento mostra que a percepção dos usuários sobre a economia vem mudando nos últimos meses;

  • Segundo agência de análise de dados e mídia, cerca de 50% dos comentários sobre o cenário econômico são positivos;

  • Nas redes sociais, o número de mensagens de apoio à situação econômica atingiu seu pico em julho.

Monitoramento da agência de análise de dados e mídia .Map mostra que a percepção do público das redes sociais sobre a economia brasileira vem mudando nos últimos meses. Segundo a instituição, 50% dos comentários sobre o cenário econômico são positivos.

Em junho, esse número era de 37%, quando houve piora na inflação dos combustíveis. Os comentários de apoio à situação econômica chegaram ao seu pico em julho, quando bateram em 68%.

Leia também:

Ainda que o número de avaliações positivas sobre a economia brasileira tenha caído em agosto, o patamar está acima dos últimos oito meses.

No último mês, por exemplo, 60% dos comentários sobre o tema da inflação nas redes sociais tiveram uma abordagem confiante. Enquanto isso, assuntos sobre o mercado de trabalho tiveram 65% de aprovação.

Nas próximas semanas, a .Map planeja monitorar o tópico da fome nessas plataformas, que atualmente conta com apenas 1,5% de manifestações positivas.

De acordo com o monitoramento, a economia tem representado pouco mais de 10% dos debates nas redes sociais.

*Com informações do jornal Folha de S. Paulo.