Mercado abrirá em 2 h 25 min

Operadores antecipam previsões de aumento dos juros pelo Fed

Stephen Spratt
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Preços do mercado indicam que operadores começam a antecipar as previsões de aumento dos juros pelo Federal Reserve em meio ao crescente otimismo com apostas de reflação. Ao mesmo tempo, há limites para a rapidez com que o banco central dos EUA poderia agir.

O Fed quer encerrar as compras de ativos antes de começar a subir as taxas de juros. Com isso, por volta do final de 2022 seria um momento “plausível” para um primeiro aumento dos juros, disseram estrategistas do Goldman Sachs, como Praveen Korapaty, em Nova York.

Os mercados de swap de taxas de juros agora precificam o primeiro aumento de 25 pontos-base pelo Fed em meados de 2023 em relação ao início de 2024 indicado no começo de fevereiro. Embora agora a previsão seja de 50 pontos-base de aumentos em 2024, qualquer nível acima disso pode ser difícil de sustentar, escreveram os estrategistas em relatório.

O otimismo crescente em relação aos gastos com estímulo dos EUA, distribuição de vacinas e recuperação econômica global impulsionou indicadores de inflação do mercado e estimulou uma onda vendedora de títulos ao redor do mundo. Os rendimentos dos títulos de 10 anos do Tesouro dos EUA deram um salto de quase 20 pontos-base em pouco mais de uma semana.

Com a mudança de postura do Fed para observar a inflação média, o ritmo de aumento dos juros deve permanecer relativamente gradual, disseram os estrategistas do Goldman Sachs. Uma perspectiva mais otimista poderia antecipar as previsões de aperto da política monetária, o que deve evitar que quaisquer prêmios de aumentos extras dos juros sejam precificados na parte 2023/2024 da curva futura, disseram.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.