Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.221,19 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,64 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,66
    -1,87 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.733,00
    -42,40 (-2,39%)
     
  • BTC-USD

    44.642,89
    -2.647,14 (-5,60%)
     
  • CMC Crypto 200

    912,88
    -20,25 (-2,17%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,64 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    28.980,21
    -1.093,96 (-3,64%)
     
  • NIKKEI

    28.966,01
    -1.202,26 (-3,99%)
     
  • NASDAQ

    12.905,75
    +74,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7583
    +0,0194 (+0,29%)
     

Operadoras chinesas podem investir US$ 210 bi em redes sem fio

Shirley Zhao
·1 minuto de leitura

(Bloomberg) -- As operadoras de telefonia móvel da China devem investir US$ 210 bilhões em redes sem fio até 2025, com 90% do capital dedicado à tecnologia 5G, segundo relatório da GSMA.

A China, que já tem a maior presença 5G do mundo, adicionou mais de 200 milhões de conexões às suas redes super-rápidas em 2020, o que elevou a participação do país nas conexões 5G globais para 87%, disse a organização com sede em Londres que representa mais de 750 operadoras de telefonia móvel mundialmente.

A China é líder mundial na implementação do 5G, e muitos de seus fornecedores de equipamentos nacionais, como Huawei Technologies e ZTE, têm sido alvo da rivalidade tecnológica entre as duas maiores economias do mundo. Apesar dos esforços dos Estados Unidos para que seus aliados bloqueiem a Huawei por motivos de segurança, a gigante de Shenzhen continua a atrair clientes em mercados como Rússia, África e partes da Ásia.

Tendo investido mais de US$ 40 bilhões em redes 5G, a China instalou 718 mil estações base 5G em todo o país, ou cerca de 70% do total mundial, disse na terça-feira Liu Liehong, vice-ministro do Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação, durante o Mobile World Congress organizado pela GSMA em Xangai.

Yang Jie, presidente do conselho da China Mobile, maior operadora do país, manifestou a intenção da empresa de liderar o desenvolvimento do 6G, tecnologia sem fio da próxima geração que pode ser 100 vezes mais rápida do que o 5G.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.